Notícias

20 de setembro de 2021

O Ministério da Saúde de Cabo Verde assinalou o #DiaMundialdaSegurançadoDoente com um webinar sobre o tema #CuidadosMaternoseNeonataisSeguros”

Com base no lema “Cuidados maternos e neonatais seguros” escolhido este ano, pela Organização Mundial da Saúde para assinalar o Dia Mundial da Segurança do Doente que se assinala a 17 de setembro, o Ministério da Saúde através do Programa da Segurança do Doente da Direção Nacional da Saúde, em parceria com a OMS e o Instituto Nacional de Saúde Pública, realizou uma série de atividades, durante a semana de 13 a 17 de setembro, para marcar a efeméride em Cabo Verde.

O Dia Mundial da Segurança do Doente foi assinalado, nas diferentes ilhas, com atividades de sensibilização dos profissionais de saúde para este tema, com palestras, exposição, participação de especialistas em programas de televisão e rádio sobre a importância dos cuidados pré-natais e neonatais entre outras atividades.

O ponto alto da programação foi o Webinar sobre a segurança do doente, que teve lugar nesta sexta-feira 17 de setembro cuja abertura foi presidida pelo Ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, e contou também com a presença do Representante da OMS em Cabo Verde Daniel Kertesz e da Presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública, Maria da Luz Lima.
Leia mais aqui.


Notícias

17 de setembro de 2021

Ordem dos Farmacêuticos de Cabo Verde assinala o Dia Mundial do Farmacêutico

No quadro das comemorações do Dia Mundial do Farmacêutico, a Ordem dos Farmacêuticos de Cabo Verde está a preparar um conjunto de atividades sendo uma delas um webinar a realizar-se no dia 25 de setembro, entre as 10h e 12h de Cabo Verde.

O programa do webinar que terá a abertura pela Bastonária da Ordem dos Farmacêuticos de Cabo Verde inclui a apresentação da evolução do perfil epidemiológico da COVID-19 em Cabo Verde pelo Diretor Nacional da Saúde (DNS), Dr. Jorge Noel Barreto, segurança e eficácia das vacinas aprovadas em Cabo Verde pelo técnico de regulação da Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS), Dr. José Carlos Carvalho e a intervenção Farmacêutica na Vacinação COVID-19 pela Diretora Executiva da Associação de Farmacêuticos dos países de língua portuguesa (AFPLP), Doutora Djamila Reis.
O acesso ao webinar é por Zoom, através do link:

https://us06web.zoom.us/j/87681336246?pwd=c2NDTXkxb1BocDQxRlpvSjZBNUtyQT09

 

ID da reunião: 876 8133 6246

Senha de acesso: 695462


Notícias

11 de setembro de 2021

Projeto BERC-Luso organiza Estágio intensivo na CEIC e INFARMED. I.P.

O estágio do Projecto BERC-Luso, com o tema “Investigação Biomédica e Ensaios Clínicos: Capacitação Regulamentar e Ética”, irá decorrerá de 12 a 18 de Setembro, em Lisboa, na Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, I.P. (INFARMED) e na Comissão de Ética para a Investigação Clínica (CEIC).


Este estágio consiste num projecto de formação prática de 6 dias, num total de 50 horas de contacto. O programa pode ser consultado no link abaixo.


O estágio decorrerá em sistema presencial, garantindo todas as precauções e restrições no âmbito do controlo da pandemia contra a COVID-19.


Programa: descarregar


Notícias

7 de setembro de 2021

Webinar AFPLP-FIP sobre Formação Farmacêutica na África Subsariana e a Resolução da AFPLP sobre Áreas nucleares de formação pré-graduada para farmacêuticos no espaço lusófono

A Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa (AFPLP) e a Federação Internacional Farmacêutica (FIP), realizam no dia 15 de setembro, às 18h (Portugal) um webinar sobre “Formação Farmacêutica na África Subsariana e a Resolução da AFPLP sobre Áreas nucleares de formação pré-graduada para farmacêuticos no espaço lusófono

Será feito um enquadramento no ponto de vista do Fórum Farmacêutico Africano da FIP, partilhada a perspetiva da FIP com a apresentação do Relatório sobre a Formação Farmacêutica na África Subsariana, serão transmitidas as experiências nacionais de Angola, Moçambique e Nigéria. Para finalizar será apresentada a Resolução da AFPLP, instrumento disponibilizado para suporte à atualização ou desenvolvimento de um plano curricular nuclear para a formação académica pré-graduada de farmacêuticos nos países que integram a AFPLP. 

A inscrição é gratuita e deverá ser feito pelo formulário, cujo link abaixo se indica.

https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=lCYI-XlTEkm74Rxem2c315cl2a2dkL5KnLImkHmO0OBUMFZZNUdESkVFOEJPWFBUUDFNVExBRFlaMC4u

Este evento integra o ciclo de webinares conjuntos da Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa (AFPLP) e da Federação Internacional Farmacêutica (FIP), iniciados em março de 2021, denominado “Desafios e Oportunidades para a profissão farmacêutica no espaço lusófono”. 

Nesta sessão, será abordada a problemática da Formação Farmacêutica em África, com olhos postos no desafio da harmonização e o painel contará com as ilustres participações de:

Prosper Hiag – Presidente do Fórum Farmacêutico Africano da FIP

Nilhan Uzman – Diretora das Políticas de Educação e Implementação da FIP

Cyril Usifoh - Professor e ex-Reitor da Universidade do Benin, Nigéria

André Neto - Decano do Curso de Ciências da Saúde da Universidade Jean Piaget e da Faculdade de Medicina de Malanje, Angola

Saquina Rugunate – Coordenadora do Curso de Ciências Farmacêuticas do ISCTEM, Moçambique

Djamila Reis – Diretora Executiva da AFPLP



O objetivo é de promover um grupo de trabalho para permitir a visibilidade das experiencias no espaço lusófono, facilitar aproximação no quadro do Fórum Farmacêutico Africano da FIP e promover assim uma discussão em prol da qualidade e adequação da Formação Farmacêutica.

Participe!


Notícias

24 de agosto de 2021

​Ministério da Saúde de Cabo Verde prepara profissionais em primeiros socorros psicológicos nos cuidados primários para atenderem crianças e adolescentes

O Ministério da Saúde tem em andamento uma campanha para promover a saúde mental dos adolescentes e crianças em Cabo Verde que está a ser implementado pelo Programa Nacional de Saúde dos Adolescentes. Um grupo de profissionais de saúde dos cuidados primários de saúde da Cidade da Praia, (psicólogos, assistente sociais, enfermeiros e médicos clínicos gerais) iniciaram, a 3 de agosto, uma ação de capacitação sobre os primeiros socorros nos Cuidados Primários para Crianças e Adolescentes.

O objetivo segundo Coordenadora do Programa Nacional de Saúde do Adolescente, Belmira Miranda, é prepara os serviços e as equipas nos cuidados primários para dar uma atenção à saúde mental desta faixa etária e prevenir o desenvolvimento de transtornos mentais na idade adulta.

Segundo salientou ainda a ideia é prevenir, intervir precocemente de poder se evitar agravamento de situações e seus impactos a nível social.

“Nós sabemos do Impacto da pandemia de Covid-19, o confinamento, o fato de muitos adolescentes deixarem de contactar e brincar com os pares, de correr ao ar livre, de ir à escola, daí toda essa situação pode ter impactos na vida de crianças e adolescentes. Por isso esta ação de capacitação”.

O facto de algumas crianças e adolescentes terem presenciado situações de violência, de terem sido vitimas de violência ou ainda a questão de algumas restrições de conivência com figuras de vínculo como os amigos, os professores, são alguns fatores que levam os profissionais de saúde a terem uma atenção especial para a saúde mental desta franja da população.

O Diretor Nacional de Saúde que presidiu a cerimónia de abertura da formação, congratulou-se com a pareceria de outros sectores nesta ação que segundo disse vai ajudar a dar uma resposta cada vez mais integrada a estas situações, conforme é o caso dos assistentes sociais e da Direção Nacional de Educação.


Notícias

18 de agosto de 2021

Aprovação do Certificado COVID-19 de Cabo Verde

Foi aprovada a admissibilidade do Certificado COVID-19, enquanto documento comprovativo do baixo risco de o seu titular ser doente COVID-19 ativo. Fica também aprovado o regime de emissão, verificação e aceitação de Certificados COVID de Cabo Verde e de reconhecimento de Certificados COVID emitidos por países terceiros ou instituições multilaterais.

Leia mais aqui.


Notícias

16 de agosto de 2021

Arranca a campanha de vacinação contra o HPV em Cabo Verde

Investir nas crianças e apostar nas gerações futuras é garantir a sustentabilidade de um país e um desenvolvimento harmonioso.

As Nações Unidas em Cabo Verde, e em particular a #UNICEF, que tem sido um dos principais parceiros do Governo de Cabo Verde nesta iniciativa, congratulam-se com mais este passo gigante do país, em favor das suas crianças, do seu direito à saúde de qualidade e ao seu pleno desenvolvimento.

Mãe, pai, familiares, fiquem atentos às informações das autoridades nacionais sobre a campanha de vacinação contra o HPV que irá decorrer a partir do dia 16 de Agosto de 2021 e que irá abranger as meninas de 10 anos de idade.

O HPV, transmitido por contactos sexual, é responsável por 70 por cento (%) dos casos do cancro do colo do útero registados a nível mundial.


Notícias

11 de agosto de 2021

AFPLP assina protocolo de colaboração com o IHMT

A Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa – AFPLP, representada pelo Presidente Professor Doutor Helder Mota Filipe, estabeleceu um protocolo de colaboração com o Instituto de Higiene e Medicina Tropical – IHMT, representado pelo Diretor Professor Doutor Filomeno Fortes.

Leia mais aqui.


Notícias

9 de agosto de 2021

OMS disponibiliza formação on-line sobre cólera em português

A cólera é uma infeção diarreica aguda causada pela ingestão de água ou alimentos contaminados. Este curso providencia uma introdução geral à cólera e é dirigido aos profissionais que responde a surtos em emergências complexas ou em contextos onde as infraestruturas básicas ambientais foram danificadas ou destruídas.

Inscrições gratuitas em Cólera: Introdução | OpenWHO

Leia mais aqui.


Notícias

2 de agosto de 2021

Cabo Verde - As pessoas que já tiveram COVID-19 só precisam esperar 3 meses para tomarem a sua vacina contra a COVID-19

O anuncio foi feito a 19 de julho, pelo Diretor Nacional da Saúde, Jorge Noel Barreto, durante a conferência de imprensa semanal sobre a evolução da pandemia da COVID-19 no país.

Segundo Jorge Noel, com base nas informações científicas já disponíveis, chegou a conclusão que a partir de hoje vai ser reduzido o intervalo de tempo para as pessoas que já tiveram COVID-19, para que em vez de esperarem 6 meses, agora podem esperar 3 meses para serem vacinados.

As pessoas que tiveram COVID-19 devem contar 3 meses a partir da data que tiveram o seu diagnóstico ou que o resultado deu positivo para COVID-19, para se inscreverem ou procurarem um centro de saúde para se vacinarem.

Saiba mais aqui e aqui


Notícias

28 de julho de 2021

Workshop Regional do Fórum Farmacêutico Africano

O Fórum Farmacêutico Africano (APF) é o quinto fórum regional da Federação Internacional Farmacêutica (FIP) e tem o seu secretariado regional na Rua Faramobi Ajike, 32, Lagos, Nigéria, cortesia da Sociedade Farmacêutica da Nigéria.

O APF está a organizar o seu Workshop Regional 2021 presencial e virtual, que decorre a 31 de julho de 2021 com o tema “Inovações tecnológicas para a farmácia na África na pandemia de COVID-19” a ser ministrado pelo Dr. John Serbe Marfo, da Universidade Kwame Nkrumah de Ciência e Tecnologia (KNUST), Accra, Gana.

O AFP convida todos os farmacêuticos africanos a participar no workshop, que decorre no Hotel Ibis, Rua Toyin, Ikeja, Lagos, pelas 11h00.

O workshop será presencial e virtual com a maioria dos participantes online via zoom, YouTube e Facebook. A tradução para francês, português e espanhol está disponível através de links dedicados do YouTube.

Visite https://apf2021.online para se inscrever no workshop. As opções de idioma para registo podem ser selecionadas no canto superior direito da tela. O zoom ou o acesso ao YouTube será feito através do login neste site no dia do workshop.

Os subtemas e palestrantes do workshop são os seguintes:

Subtema I - Criação de uma Associação Africana de Faculdades de Farmácia, pelo Prof. Cyril Usifoh, da Universidade de Benin, Nigéria

Subtema II - Vacinação em contexto de farmácia, por Jackie Maimin, da Associação de Farmácias Comunitárias Independentes da África do Sul

A organização do fórum acolhe a participação de todos os farmacêuticos, e convida à massiva divulgação deste convite para farmacêuticos e académicos


Notícias

28 de julho de 2021

AFPLP torna-se Observador Consultivo da CPLP

Na XXVI Reunião Ordinária do Conselho de Ministros (ROCM) da CPLP, realizada a 16 de julho corrente, em Luanda, foi aprovada a candidatura da Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa (AFPLP) à categoria de Observador Consultivo da CPLP.

Num comunicado à AFPLP feito pela Representante Permanente de Portugal junto da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), Embaixadora Maria Rita Ferro, foi dado a conhecer a decisão relativa a este processo.

A Representação Permanente de Portugal junto da CPLP felicitou a Associação e congratulou-se com a atribuição da mencionada categoria.

Mais informações aqui.


Notícias

19 de julho de 2021

Angola recebeu a presidência da Comunidade de Países de Língua Portuguesa das mãos de Cabo Verde.

O grande legado do mandato excecional de três anos, devido à pandemia de covid-19, foi o acordo da mobilidade, assinado dia 17 de julho, durante a XIII conferência de chefes de Estado e de Governo, que se realizou em Luanda. Um legado que foi alcançado de forma laboriosa, como explicou o Presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca.

Agora, sob a batuta de João Lourenço, Presidente de Angola, a comunidade lusófona vai concentrar esforços no pilar económico. Um dos homens que vai ter como missão a concretização deste objetivo é Zacarias da Costa. O próximo secretário-executivo, apontado por Timor-Leste e eleito por unanimidade, manifestou satisfação por ver todos os países finalmente comprometidos com este fim.

Leia a notícia completa aqui.


Notícias

14 de julho de 2021

Profissionais de saúde da Guiné-Bissau recebem formação em Suporte Básico de Vida

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) de Portugal formou 40 profissionais de saúde na Guiné-Bissau no âmbito de uma parceria com a Organização Mundial da Saúde e com o Alto-Comissariado para a Covid-19, anunciou a 13 de julho a agência das Nações Unidas.

Em comunicado, a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou que o INEM formou 40 profissionais de saúde de várias regiões sanitárias da Guiné-Bissau em Suporte Básico de Vida e Desfibrilhação Automática Externa.

“A equipa, composta por cinco especialistas do INEM, designadamente um médico, um enfermeiro e três técnicos de emergência pré-hospitalar, chegou à Guiné-Bissau no dia 03 de julho e até dia 08 de julho formou 40 profissionais de saúde de várias regiões sanitárias do país em SBV-DAE”, pode ler-se no comunicado.

O Alto-Comissariado para a Covid-19 da Guiné-Bissau e os parceiros internacionais apresentaram recentemente a rede integrada de ambulâncias, que estão equipadas com Desfibrilhação Automática Externa.

“Agora, com o conhecimento específico na utilização do desfibrilhador, assim como das diversas práticas de salvamento, os profissionais de saúde vão poder fazer a diferença na vida das pessoas […], tanto no serviço pré-hospitalar como inter-hospitalar”, disse Mie Okamura, assessora de planeamento da OMS.


Notícias

13 de julho de 2021

Portugal envia 24 mil vacinas para a Guiné-Bissau

Portugal enviou a 13 de jullho para a Guiné-Bissau um primeiro lote de 24.000 vacinas contra a covid-19 para apoiar as autoridades guineenses a ajudar a implementar o plano de vacinação no âmbito no combate à pandemia provocada pelo novo coronavírus.

“As vacinas serão acompanhadas do material necessário para viabilizar a sua administração, incluindo, nomeadamente, seringas e agulhas”, refere, em comunicado, o ministério dos Negócios Estrangeiros.

O Governo português assumiu o compromisso de disponibilizar pelo menos 5% dos seus lotes de vacinas para os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa e Timor-Leste.

Já foram enviadas para Cabo Verde, Moçambique e São Tomé Príncipe.

Segundo o comunicado, Angola e Timor-Leste vão receber novos lotes ainda este mês.

A Guiné-Bissau registou, desde o início da pandemia, um total acumulado de 3.947 casos e 70 vítimas mortais.


Notícias

12 de julho de 2021

Cooperação Portugal-Moçambique prevê estímulo pós-pandemia

O secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação português, Francisco André, disse a 5 de julho passado, que o Programa Estratégico de Cooperação 2022-2026 com Moçambique vai centrar-se no "estímulo" à recuperação pós-pandemia, dando expressão ao "excelente relacionamento" bilateral.

Francisco André apontou as prioridades do próximo acordo-quadro de cooperação entre Portugal e Moçambique, numa declaração que leu à imprensa, após um encontro com o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação moçambicano, Manuel Gonçalves.

Leia mais aqui.


Notícias

10 de julho de 2021

webinar AFPLP-FIP «Doenças não transmissíveis e o farmacêutico»

A AFPLP convida todos os farmacêuticos lusófonos a participar no webinar AFPLP-FIP “Doenças não transmissíveis e o farmacêutico”, que será o 6º de um ciclo de webinares conjuntos da Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa (AFPLP) e da Federação Internacional Farmacêutica (FIP) denominado “Desafios e Oportunidades para a profissão farmacêutica no espaço lusófono”, no próximo dia 21 de julho, pelas 18:00 (hora de Portugal).

Este programa de webinares, que nos tem acompanhado ao longo dos últimos meses, nasce do trabalho conjunto entre a FIP e a AFPLP, materializando o Memorando de Entendimento que foi assinado por ambas as associações em novembro do ano passado, por ocasião do XIV Congresso Mundial dos Farmacêuticos de Língua Portuguesa.

Nesta sessão, será abordada a problemática das doenças não transmissíveis como área de ação prioritária para os farmacêuticos, tanto a nível global como local.

Será abordada a perspetiva da farmacologia clínica, da carga epidemiológica destas doenças, da prioridade de intervenção quanto à sua prevenção, deteção precoce, gestão e otimização dos tratamentos, destacando a intervenção do farmacêutico neste âmbito. Será também uma oportunidade para conhecer as interessantes experiências do município de Porto Alegre, Estado do Rio Grande do Sul do Brasil e do programa de implementado em São Tome e Príncipe.

O painel contará com as ilustres participações de:

- Santos Nicolau – Bastonário da Ordem dos Farmacêuticos de Angola

- Isabel Jacinto - Membro do Policy Statement Working Group da FIP sobre o papel do farmacêutico nas Doenças não transmissíveis

- Leonel Almeida - Coordenador da Assistência Farmacêutica da Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre, Brasil

- Elisabete Barros - Coordenadora do Programa Nacional de Luta contra as Doenças Não Transmissíveis, São Tome e Príncipe

Após a partilha da visão e experiência dos oradores está prevista a participação e debate por parte dos participantes sendo incentivado o envio de questões.

A inscrição é gratuita e deverá ser feito pelo formulário, cujo link abaixo se indica.

«Link de inscrição no Webinar»

Participe, e divulgue esta oportunidade.


Notícias

9 de julho de 2021

Formação AFPLP de Virologia Clínica arranca a 13 de setembro

A AFPLP irá lançar a 13 de setembro de 2021 um curso de Virologia Clínica lecionado pela Professora Catedrática Maria São José Garcia Alexandre. O principal objetivo do curso será proporcionar aos participantes uma atualização e um aprofundamento dos conhecimentos sobre as principais infeções víricas humanas. Será abordado o poder patogénico dos vários vírus, os aspetos clínicos e epidemiológicos das várias infeções, as formas prevenção, diagnóstico e tratamento.

Esta formação será de 30h distribuídas por 15 aulas, e encontra-se creditada pela Ordem dos Farmacêuticos de Portugal.

As inscrição são limitadas e poderão ser feitas a partir de 15 de julho.


Notícias

8 de julho de 2021

MORTALIDADE POR MALÁRIA NA HUÍLA CAI DE 7.2 PARA 5.1 POR CENTO

A taxa de mortalidade por malária na província da Huíla baixou de 7.2 para 5.1 por cento, nos últimos dois meses, devido ao reforço das medidas de controlo e prevenção levadas a cabo pelas autoridades sanitárias nos municípios.

Apesar das medidas preventivas estarem em implementação há já um ano, mediante o reforço da luta anti-vetorial e identificação prévia dos locais com maior proveniência doentes, só desde abril último é que se começaram a observar os resultados do programa dirigido pelo gabinete da saúde.

Em declarações à ANGOP, nesta quinta-feira, no Lubango, a diretora provincial da Saúde, Luciana Guimarães, disse que, anteriormente, se registava uma média 10 mortos por semana, num município, número caiu para quatro e o objetivo é continuar a reduzir.

Leia a notícia completa em https://www.angop.ao/noticias/saude/mortalidade-por-malaria-cai-de-7.2-para-5.1-por-cento/


Notícias

7 de julho de 2021

Webinares FIP-AFPLP disponíveis no YouTube

No âmbito do Memorando de Entendimento assinado pela FIP e pela AFPLP, em novembro do ano passado, por ocasião do XIV Congresso Mundial de Farmacêuticos de Língua Portuguesa foi preparado um ciclo de webinars denominado: “Oportunidades e Desafios para a Profissão Farmacêutica no espaço lusófono”, iniciado em março de 2021.

O primeiro webinar, de 30 de março, teve como tema “O farmacêutico e a pandemia”, e contou com Helder Mota Filipe, Presidente da AFPLP, e Gonçalo Sousa Pinto, Diretor de Desenvolvimento e Transformação da Profissão na FIP, como preletores.

O webinar "Doenças transmitidas por vetores", realizado a 28 de abril, contou com os palestrantes Gonçalo Sousa Pinto, Diretor de Desenvolvimento e Transformação da Prática Farmacêutica da FIP, Josélia Frade, Assessora da Presidência do Conselho Federal de Farmácia do Brasil, Erisângela Valentim do Centro de Compras de Medicamentos Essenciais (CECOME) e João Alcântara do Programa Nacional de Luta contra o Paludismo em São Tomé e Príncipe.

A temática dos "Medicamentos Falsificados e Substandards", realizada a 26 de Maio, contou com a participação de Sulla Balikuna Muyingo, Professor no College of Health Sciences da Universidade Makerere, Kampala, Uganda, Katiza Mangueira, Diretora da Direção Nacional de Medicamentos e Equipamentos de Angola, Tania Sitoi, Diretora Geral de Farmácia de Moçambique e Ana Rita Martins, Diretora da Unidade de Inspeções do INFARMED, Portugal.

O webinar “Como começar uma organização de Jovens Farmacêuticos em início de carreira“, de 16 de junho, nasceu do trabalho conjunto entre a secção jovem da Federação Farmacêutica Internacional (FIP-YPG), a Associação Portuguesa de Jovens Farmacêuticos (APJF) e a Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa (AFPLP). A sessão contou com a participação de Catarina Nobre, Associação Portuguesa de Jovens Farmacêuticos (APJF), Filipa Ferreira, Secção Jovem da Federação Internacional Farmacêutica (FIP YPG), e Jorge Batista, Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa (AFPLP).

O webinar "Boas Práticas de Farmácia", que teve lugar a 30 de junho, contou com a participação de Ema Paulino, Membro do Comité Executivo e Secretaria Profissional da FIP, Eduardo Tavares, Presidente da Entidade Reguladora Independente da Saúde de Cabo Verde, e Artur Nhanengue, Diretor dos Serviços Farmacêuticos do Hospital Central de Moçambique.


Notícias

6 de julho de 2021

Desde há um ano, farmacêuticos brasileiros contam com site para validar receitas digitais

O site Validador de Documentos Digitais completou um ano de funcionamento. Lançado por meio de uma Live realizada no dia 22 de abril do ano passado, o portal viabilizou a prescrição eletrônica e favoreceu a troca de documentos em saúde no último ano, de forma segura, e contribuiu para evitar a propagação do coronavírus. O acesso é gratuito e disponível das versões desktop e mobile. Com ele, é possível validar prescrições médicas eletrônicas, atestados, solicitações de exames e relatórios em relação à autoria, ou seja, constatar se esses documentos foram assinados por um médico ou cirurgião-dentista habilitado e se os medicamentos foram dispensados por um farmacêutico.

Por meio desse validador é possível verificar a integridade do documento, ou seja, se não houve alteração, se foi assinado com certificado digital no padrão da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil), e ainda conferir se o assinante é um prescritor com inscrição ativa junto aos conselhos de Medicina, Odontologia ou de Farmácia, e se a prescrição já foi dispensada. Na prática, o paciente passou a poder se consultar com um médico, receber a receita digital em seu e-mail ou smartphone, e encaminhar o arquivo à farmácia para a compra do medicamento prescrito, tudo isso, sem sair de casa. E, dessa forma, o farmacêutico faz a dispensação com segurança.



Notícias

5 de julho de 2021

Pesquisador moçambicano da UFRGS desenvolve nova técnica de desinfeção de água com luz solar

​Um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Unicef mostra que 2,2 bilhões de pessoas, ou um terço da população mundial, não têm acesso a água potável. Essa preocupação motivou o pesquisador Beni Chaúque, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), a buscar uma forma barata de facilitar o consumo, principalmente entre populações mais pobres.

A técnica desenvolvida por Chaúque consiste no tratamento da água com luz solar em fluxo contínuo. O método mais usual limpa 1 litro de água a cada seis horas, utilizando garrafas PET transparentes colocadas sob o sol. Na estrutura criada pelo moçambicano, com espelhos, o tempo cai para um minuto e meio, ou seja, 240 vezes mais rápido.

Nascido em Moçambique, o cientista apresentou a ideia em um projeto de mestrado e atualmente faz doutorado no Programa de Pós-Graduação em Microbiologia Agrícola e do Ambiente da UFRGS, em Porto Alegre.

Leia a notícia completa aqui 


Notícias

1 de julho de 2021

O Alto-Comissariado para a COVID-19 da Guiné-Bissau continua a trabalhar para aumentar a testagem no país

O Alto-Comissariado para a COVID-19 da Guiné-Bissau continua a trabalhar para aumentar a testagem no país e perceber melhor a dinâmica da pandemia. De acordo com Plácido Cardoso, secretário do Alto-Comissariado para a COVID-19, “Neste momento, ainda continuamos a ter o vírus a circular no país e estamos a trabalhar para aumentar a nossa capacidade de testagem, despistagem mais ativa, para percebermos melhor a dinâmica da pandemia”.

Leia a notícia completa aqui.


Notícias

29 de junho de 2021

Programa Saúde para Todos continua a revolucionar na área da telemedicina

O Programa Saúde para Todos, financiado pela Cooperação Portuguesa através do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. e da Direção Geral da Saúde de Portugal, e contanto com apoio da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (na área da Gastroenterologia), da PT Inovação / Altice Labs, da Fundação Champalimaud, e do Grupo José de Mello Saúde, entre muitos outros, realiza um novo avanço histórico na área da Telemedicina, agora com a inauguração da TeleGastro®, uma solução tecnológica pioneira que permite a avaliação gastroenterológica de pacientes, em tempo real, entre dois continentes.

Leia a notícia completa aqui.


Notícias

28 de junho de 2021

Conselho Federal de Farmácia Plenária debate qualidade do ensino farmacêutico

O Conselho Federal de Farmácia (CFF) realizou, dias 24 e 25 de junho, a sua 506ª Reunião Plenária Ordinária. Durante esses dois dias, foram apresentadas, debatidas e deliberadas decisões dos conselheiros federais sobre a atuação do farmacêutico em suas diversas áreas. Na agenda de trabalho esteve a apresentação do projeto de Qualidade Educacional Farmacêutica; exposição sobre cursos de graduação; debate sobre o Projeto de Lei 5443/2019, relativo à prescrição farmacêutica, do deputado federal Eduardo Bismarck; e discussão sobre a participação de diretores e conselheiros durante a fiscalização do exercício profissional.

Leia a noticia completa no site oficial do Conselho Federal de Farmácia


Notícias

27 de junho de 2021

4º Congresso de Controlo da Qualidade Laboratorial para Países de Língua Portuguesa.

A cidade da Praia acolheu nos dias 16 a 18 de junho de 2021, o 4º Congresso de Controlo da Qualidade Laboratorial para Países de Língua Portuguesa.

O Congresso, coorganizado pelo Instituto Nacional de Saúde Pública de Cabo Verde (INSP) e o Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge de Portugal (INSA), teve como objetivo promover o debate com vista à harmonização de procedimentos e metodologias de controlo da qualidade.

Saiba mais em https://ofcv.cv/index.php/others-ofcv/409-4-congresso-de-controlo-da-qualidade-laboratorial-para-paises-de-lingua-portuguesa


Notícias

26 de junho de 2021

IMUNE.PT - plataforma digital sobre vacinação e imunização

O Imune.pt chegou! Uma plataforma digital sobre vacinação e imunização que tem como objetivo garantir o acesso a informação correta, fatual e idónea sobre o tema das vacinas, ajudando assim a que todos possam estar “imunes à desinformação”. 

Uma iniciativa do Instituto de Higiene e Medicina Tropical da Universidade Nova de Lisboa (IHMT – NOVA), que surge no contexto pandémico que atravessamos com o propósito de contribuir para a literacia em saúde e para a disseminação de informação por fontes verificadas. 

Trata-se de uma plataforma digital de partilha e de cooperação científica e social, em língua portuguesa, construída para chegar a todos os países lusófonos nas suas inúmeras formas de expressão, quer dentro do contexto lusófono, quer a nível internacional. 

Conheça aqui o Imune e, em caso de dúvida, já sabe, verifique: www.imune.pt/


Notícias

25 de junho de 2021

Entrevista a Lucien Pierre, Presidente da Associação dos Farmacêuticos de Moçambique

A AFPLP entrevistou o Presidente da Associação dos Farmacêuticos de Moçambique (AFARMO), e esteve à conversa sobre os temas da atualidade em Moçambique. Entre os maiores desafios da profissão farmacêutica, o contributo dos farmacêuticos durante a pandemia de COVID-19, e um olhar para o futuro, Lucien Pierre partilha a sua visão do setor farmacêutico em Moçambique. 

Leia a entrevista na íntegra aqui.


Notícias

24 de junho de 2021

Farmacêuticos Açorianos publicam artigo científico sobre antibióticos

Foi publicado um artigo cientifico, pioneiro a nível internacional, sobre prática farmacêutica, desenvolvido nos Açores e elaborado por farmacêuticos açorianos. Este artigo foi desenvolvido no Hospital do Divino Espírito Santo de Ponta Delgada, EPER, localizado na ilha de São Miguel (Açores), e tenta medir e prever o impacto socioeconómico das sobras de antibióticos orais no sistema de saúde português, e desta forma contribui também para o estudo da problemática da resistência aos antibióticos e os impactos gerados na saúde pública

O artigo publicado na revista "Drugs & Therapy Perspectives" fornece dados relevantes para a análise do sistema de saúde português e para a temática da resistência aos antibióticos, dos quais se destaca que o nível de poupança para utentes e sistema de saúde poderá ascender a perto de meio milhão de euros (434.085,85 €).

Poderá aceder ao artigo em https://rdcu.be/chhkO.


Notícias

23 de junho de 2021

Ema Paulino é a nova Presidente da Associação Nacional das Farmácia de Portugal

A farmacêutica comunitária Ema Paulino tomou posse como presidente da direção da Associação Nacional das Farmácias (ANF) para o próximo triénio. “Hoje é um dia especial na minha vida”, admitiu a farmacêutica ao abraçar o que considera ser um desafio de “enorme exigência”, de "defesa e valorização do contributo das farmácias para o sistema de saúde".

No seu discurso de posse, a nova presidente da ANF enumerou as linhas programáticas para o mandato que agora inicia, destacando a autonomização dos universos associativo e empresarial da associação, a diversificação e atuação em novas áreas indispensáveis ou a transformação digital, lembrando a história e o caráter pioneiro do setor farmacêutico nacional na adoção da soluções tecnológicas e inovadoras, de que a automação, a prescrição e dispensa eletróncia de medicamentos ou o acompanhamento remoto da efetividade terapêutica são apenas alguns exemplos.

​Leia a notícia completa aqui.


Notícias

22 de junho de 2021

Webinar AFPLP-FIP «Boas Práticas de Farmácia»

A AFPLP convida todos os farmacêuticos lusófonos a participar no webinar AFPLP-FIP “Boas Práticas de Farmácia”, que será o 5º de um ciclo de webinares conjuntos da Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa (AFPLP) e da Federação Internacional Farmacêutica (FIP) denominado “Desafios e Oportunidades para a profissão farmacêutica no espaço lusófono”, no próximo dia 30 de junho, pelas 18:00 (hora de Portugal).

Este programa de webinares, que nos acompanhará ao longo dos próximos meses, nasce do trabalho conjunto entre a FIP e a AFPLP, materializando o Memorando de Entendimento que foi assinado por ambas as associações em novembro do ano passado, por ocasião do XIV Congresso Mundial dos Farmacêuticos de Língua Portuguesa.

Nesta sessão sobre Boas Práticas de Farmácia (BPF) será abordada a sua evolução na última década, focando nas principais alterações desde a publicação das guidelines conjuntas da FIP e da OMS em 2011 e serão partilhadas algumas reflexões sobre as tendências da evolução da farmácia comunitária nos próximos anos. Por parte da Autoridade Reguladora de Cabo Verde, será apresentada a experiência na vertente da elaboração e da implementação das normas e a perspetiva será alargada à Farmácia Hospitalar com a participação por parte dos Serviços Farmacêuticos dos Hospital Central de Maputo.

O painel contará com as ilustres participações de:

- Ema Paulino, Membro do Comité Executivo e Secretaria Profissional da FIP

- Eduardo Tavares, Presidente da Entidade Reguladora Independente da Saúde, Cabo Verde

- Artur Nhanengue, Diretor dos Serviços Farmacêuticos do Hospital Central de Moçambique

A sessão será moderada por Santos Nicolau, Bastonário da Ordem dos Farmacêuticos de Angola.



Após a partilha da visão e experiência dos oradores está prevista a participação e debate por parte dos participantes sendo incentivado o envio de questões.


A inscrição é gratuita e deverá ser feito pelo formulário, cujo link abaixo se indica.

https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=lCYI-XlTEkm74Rxem2c315cl2a2dkL5KnLImkHmO0OBUQjBTUkYxMFRLRTVRR0ZGVkFYMDRQTFRDMy4u

Participe, e divulgue esta oportunidade.




Notícias

21 de junho de 2021

«VIDA» a primeira associação Santomense de Doadores de Sangue

​Realizou-se no passado dia 14 de Junho, no anfiteatro do Instituto Superior Politécnico da Universidade de São Tomé e Príncipe, a oficialização da primeira Associação dos Doadores de Sangue de São Tomé e Príncipe.

A Cerimónia que se realizou no dia Mundial do Doador de Sangue, contou com as presenças do Ministro da Saúde, Dr. Edgar Neves, da Representante da Organização Mundial da Saúde (OMS), Dra. Anne Ancia, da Policia Nacional, através do Superintende Aurito Vera Cruz, entre outros convidados.

Após o discurso de abertura do Presidente da Associação Vida, Dr. Miqueas Frota, seguido da Representante da OMS, efectou-se a apresentação dos Órgãos Sociais da Associação, por fim, precedeu-se à assinatura dos protocolos com a Policia Nacional que oficializou o nascimento da Associação.

Em seu discurso, o Ministro da Saúde, agradeceu à Associação Vida pela sua perseverança no caminho percorrido, caminho esse, que o próprio foi testemunhou tudo que atravessaram até chegar ao dia da sua oficial constituição.

​O dia Mundial do Doador de Sangue, 14 de Junho, data criada pela OMS em 2014, para homenagear o nascimento do Imunologista Austríaco Karl Landsteiner em 1868, que descobriu o factor Rh e as várias diferenças entre os diversos tipos sanguíneos, e também para homenagear todos os doadores de sangue e acima de tudo conscientizar os não doadores sobre a importância deste acto – doar sangue, preservar vidas.


Notícias

14 de junho de 2021

OFCV organiza Assembleia Geral online

A Ordem dos Farmacêuticos de Cabo Verde (OFCV) realizou no dia 10 de junho de 2021, às 15h00, via Zoom, a sua sexta reunião de Assembleia Geral.

A agenda de trabalhos da sexta Assembleia Geral da OFCV incidiu sobre o Plano de Atividades e Orçamento para o ano de 2021, os Relatórios e Contas de 2020, a apresentação do Regulamento e demais documentos relativos ao funcionamento do Conselho Jurisdicional e ainda, um ponto para a inscrição de assuntos diversos.

Visando garantir a segurança dos profissionais farmacêuticos, tendo em conta a situação atual de pandemia causada pela COVID-19, a reunião decorreu online, com recurso a uma plataforma de reuniões virtuais.

Com esta inovação, à semelhança da 5ª Assembleia Geral, foi possível a participação dos farmacêuticos inscritos oriundos dos diversos concelhos do país, bastando para tal estar conectado à internet e aceder ao link da reunião para ingressar na mesma com os respetivos dados de acesso.


Notícias

4 de junho de 2021

Criação da Agência Reguladora de Medicamentos de Angola (ARMED)

O governo angolano criou a Agência Reguladora de Medicamentos e Tecnologias de Saúde (ARMED), entidade que será responsável pela regulação, regulamentação, licenciamento e fiscalização no domínio dos medicamentos de uso humano e tecnologias da saúde.

O diploma, publicado a 1 de junho de 2021 no Diário da República, indica que a nova entidade representa um reforço dos sistemas regulatórios e visa adequar a legislação farmacêutica nacional à Lei Modelo da União Africana sobre a Regulação dos Produtos Farmacêuticos, aprovada em janeiro de 2016. O mesmo diploma prevê a extinção da Direção Nacional de Medicamentos e Equipamentos do Ministério da Saúde. A recém-criada ARMED está sujeita à superintendência do Departamento Ministerial responsável pelo setor da Saúde.

Leia a notícia completa aqui.


Notícias

3 de junho de 2021

AFPLP disponibiliza tradução de orientações sumárias da FIP referentes ao funcionamento da Farmácia Comunitária no quadro da pandemia de COVID-19.

A AFPLP disponibiliza a tradução de uma série de orientações sumárias da FIP referentes ao funcionamento da Farmácia Comunitária no quadro da pandemia devida a COVID-19.

A tradução de documentos técnicos para português é uma das diversas áreas de interesse comum identificadas no Memorando de Entendimento assinado em novembro de 2020 entre a FIP e a AFPLP.

Esta série de documentos inclui informações e recomendações relevantes para o funcionamento da farmácia comunitária, desde a transmissão e período de incubação do vírus, operações e instalações, procedimentos, gestão de limpeza, plano de contingência, isolamento e encaminhamento de utente suspeito de COVID-19, de utilização de máscaras e aviso ao utente das farmácias.

Os documentos podem ser consultados no menu Documentos > Recursos Técnicos do site da AFPLP.


Notícias

2 de junho de 2021

Webinar AFPLP-FIP-YPG-APJF Como começar uma organização de farmacêuticos em início de carreira

A Associação de Farmacêuticos dos Países de Lingua Portuguesa (AFPLP), a Secção Jovem da Federação Farmacêutica Internacional (FIP-YPG) e a Associação Portuguesa de Jovens Farmacêuticos (APJF) organizam o webinar “Como começar uma organização de Jovens Farmacêuticos em início de carreira“ no próximo dia 16 de junho, pelas 18:00 (Hora de Portugal).

Considerando que a grande maioria dos farmacêuticos nos países que integram a AFPLP, são jovens e sua importância para a sustentabilidade e o futuro da profissão organiza-se este webinar sobre a criação de organizações de jovens farmacêuticos em início de carreira.

Pretende-se promover a aproximação nacional e internacional no seio da comunidade de jovens farmacêuticos lusófonos, através da organização de um núcleo que fomente o desenvolvimento profissional e a capacidade de liderança que venha a ter com alcance tanto na profissão como na sociedade.

Será oportunidade de ouvir a experiência dos palestrantes nesta matéria:

- Catarina Nobre, Associação Portuguesa de Jovens Farmacêuticos (APJF)

- Filipa Ferreira, secção jovem da Federação Internacional Farmacêutica (FIP YPG)

- Jorge Batista, Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa (AFPLP)


A inscrição é gratuita através do formulário acessível através do link 
https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=lCYI-XlTEkm74Rxem2c315cl2a2dkL5KnLImkHmO0OBUOUdEUlVPTzhGVVpZMkRDS08xVzFVUlNRSS4u



Não perca! 


Notícias

1 de junho de 2021

Farmacêutico Brasileiro apresenta estudo promissor sobre Alzheimer

O farmacêutico e professor do Instituto de Pesquisa e Pós-Graduação (ICTQ) para o Mercado Farmacêutico, Gustavo Alves, apresentou um exame que permite diagnosticar o Alzheimer por meio da saliva do paciente, 30 anos antes dos primeiros sintomas da doença aparecerem. O método de diagnóstico antecipado através da saliva foi descoberto durante o projeto de doutoramento do farmacêutico.

Leia mais aqui.


Notícias

31 de maio de 2021

ANVISA APROVA ESTUDO CLÍNICO COM PRODUTO DE TERAPIA AVANÇADA

A ANVISA aprovou a 19 de maio, o ensaio clínico de um produto de terapia avançada para tratamento da Covid-19, o “COVI-MSC TM”. Desenvolvido pela empresa norte-americana Sorrento Therapeutics Inc, representada no Brasil pela Synova Pesquisa Científica, o produto é à base de células-tronco do mesênquima derivadas de tecido adiposo expandidas por cultura alogénica.

Leia mais aqui.


Notícias

28 de maio de 2021

ESPERANÇA PACAVIRA FERNANDES, AUTORA DO LIVRO

Numa entrevista ao Jornal de Angola, Esperança Dores dos Santos Pacavira Fernandes, pós-graduada e mestre em Gestão de Saúde, faz uma abordagem exaustiva acerca da gestão de reservas em farmácias hospitalares e normas de funcionamento deste importante serviço.

Leia mais aqui


Notícias

27 de maio de 2021

MAIS DE 1,2 MILHÕES DE PESSOAS PRECISAM DE ASSISTÊNCIA EM SAÚDE NA PROVÍNCIA DE CABO DELGADO EM MOÇAMBIQUE

Mais de 1,2 milhão de pessoas precisam urgentemente de assistência médica na Província de Cabo Delgado, no norte de Moçambique, onde recentes ataques armados geraram mais deslocamento de população e aprofundaram uma crise humanitária prolongada.

Leia a notícia completa aqui.


Notícias

26 de maio de 2021

Resultado do II Estudo CAP (Conhecimentos Atitudes e Práticas) sobre COVID19 em Cabo Verde

O Instituto Nacional de Saúde Pública de Cabo Verde publicou os Resultados do II Estudo CAP (Conhecimentos Atitudes e Páticas) sobre a COVID-19 Cabo Verde. O estudo revelou que os Cabo-verdianos tem um bom nível de conhecimento sobre a covid19, mas precisam praticar mais as medidas preventivas.

O nível de conhecimento sobre a pandemia da covid19 é boa na população Cabo-verdiana, mas quendo à pratica o score diminui, esta é uma das conclusões saídas do II Estudo CAP, realizado pelo Instituto Nacional de Saúde Pública (INSP) em parceria com a OMS, UNICEF e o INE, cujos resultados foram apresentados a 7 de maio de 2021, na cidade da Praia.

Para saber mais, consulte o link do INSP.


Notícias

26 de maio de 2021

Canal de Youtube da AFPLP

Os webinars organizados pela AFPLP e FIP passam a estar disponíveis no canal YouTube AFPLP, (disponível em https://www.youtube.com/channel/UCn9lDiyPgWMRFy78x5Le5_g).

Este ciclo de webinars, Oportunidades e Desafios para a Profissão Farmacêutica no espaço lusófono,  foi preparado no âmbito do Memorando de Entendimento assinado entre a FIP e a AFPLP, em novembro do ano passado, por ocasião do XIV Congresso Mundial de Farmacêuticos de Língua Portuguesa.

Assista e divulgue!


Notícias

25 de maio de 2021

Indígenas investem na profissão farmacêutica para ampliar saberes

A atuação de farmacêuticos na assistência à saúde dos povos indígenas está regulamentada desde 2017 pela resolução 649 de 28 setembro. A norma busca inserir a profissão na atenção a essa parcela tão importante da população. Porém, no mês em que é comemorado o Dia do Índio, 19 de abril, o Conselho Federal de Farmácia mostra que a recíproca é verdadeira e aproveita para homenagear os indígenas que escolheram a profissão farmacêutica para se dedicar ao cuidado à saúde das pessoas. No estado da Paraíba pelo menos cinco representantes da etnia Potiguara já atuam na área. Entre eles está Rita de Cassia Santos, farmacêutica indígena Potiguara, da aldeia Caieira, localizada entre os municípios de Baía da Traição e Marcação, no litoral Norte da Paraíba.

Leia a notícia completa aqui.


Notícias

24 de maio de 2021

QUATRO NOVOS QUADROS DO MISAU TOMAM POSSE

Foram nomeados por despacho ministerial quatro novos quadros do MISAU.

Trata-se de Luísa Marta Aureliana da Costa Panguene, então Inspectora-Geral Adjunta Sectorial, que substitui no cargo a Ussene Hilário Isse, que tomou posse para a função de Assessor do Ministro para a Área de Assistência Médica e Porta-Voz do MISAU, Horácio Manuel, empossado para a função de Chefe do Departamento Central Autónomo de Infraestrutura e Equipamento Hospitalar e Armando Cristóvão Nhantumbo para a função de Chefe do Departamento Autónomo de Aquisições, todos eles nomeados por despacho ministerial.


Notícias

22 de maio de 2021

ENCONTRO ENTRE AFPLP E SECRETÁRIO DE ESTADO DOS NEGOCIOS ESTRANGEIROS E DA COOPERAÇÃO DE PORTUGAL

O Presidente da AFPLP, Helder Mota Filipe e a Diretora Executiva Djamila Reis, reuniram-se com o Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Francisco André. Foi ocasião para apresentar o historial da AFPLP, o Plano Estratégico e identificar áreas de colaboração.

Leia a notícia completa aqui.


Notícias

20 de maio de 2021

MINI CIMEIRA ÁFRICA-EUROPA: “AVALIAÇÃO ÉTICA DA INVESTIGAÇÃO: DESAFIOS E OPORTUNIDADES VIVIDOS POR ESPECIALISTAS AFRICANOS E EUROPEUS”

A Mini-Cimeira África-Europa decorre no dia 25 de maio de 2021, com o tema “Avaliação ética da investigação: desafios e oportunidades vividos por especialistas africanos e europeus” (Health research and ethics assessment: challenges and opportunities experienced by African and European experts) com a presença do Projeto BERC-Luso e participação de países que integram a AFPLP.

Leia a notícia completa aqui.


Notícias

19 de maio de 2021

Webinar AFPLP-FIP sobre Medicamentos Falsificados e Substandards

A AFPLP convida todos os farmacêuticos lusófonos a participar no webinar AFPLP-FIP “Medicamentos Falsificados e Substandards”, no dia 26 de maio, pelas 18:00 (hora de Portugal) que será o 3º de um ciclo de webinars conjuntos da Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa (AFPLP) e da Federação Internacional Farmacêutica (FIP) denominado “Desafios e Oportunidades para a profissão farmacêutica no espaço lusófono”.

Este programa de webinars, que nos acompanhará ao longo dos próximos meses, nasce do trabalho conjunto entre a FIP e a AFPLP, materializando o Memorando de Entendimento que foi assinado por ambas as associações em novembro do ano passado, por ocasião do XIV Congresso Mundial dos Farmacêuticos de Língua Portuguesa.

O tema do webinar será o papel do farmacêutico no combate ao flagelo dos Medicamentos Falsificados e Substandards e o painel contará com as ilustres participações de:

- Sulla Balikuna Muyingo, Professor no College of Health Sciences da Universidade Makerere, Kampala, Uganda

- Katiza Mangueira, Diretora da Direção Nacional de Medicamentos e Equipamentos de Angola

- Tania Sitoi, Diretora Geral de Farmácia de Moçambique

- Ana Rita Martins, Directora da Unidade de Inspeções da Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde de Portugal (Infarmed).

A moderação ficará a cargo de Helder Mota Filipe, Presidente da AFPLP.

Após a partilha da visão e experiência dos oradores está prevista a participação e debate por parte dos participantes sendo incentivado o envio de questões.

A inscrição é gratuita e deverá ser feito através do seguinte link:

https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=lCYI-XlTEkm74Rxem2c315cl2a2dkL5KnLImkHmO0OBUNVZKREtHWFlFWkVORTBaME5HQlg4M0JLRC4u

Esta sessão confere Certificado de Participação mediante disponibilização do e-mail no “Chat” durante a sessão.

Divulgue e Não falte!

 


Notícias

18 de maio de 2021

CFF PROPÕE PACTO CONTRA A “EMPURROTERAPIA”

O Conselho Federal de Farmácia (CFF) tem travado uma luta histórica contra essa prática. A última e importante conquista contra essa conjuntura cultural e de mercado foi a aprovação da Lei 13.021/2014, que reclassificou as farmácias como estabelecimentos de saúde, reiterou a autoridade técnica do farmacêutico dentro destes estabelecimentos e imputou proprietários de farmácias a obrigação solidária da promoção do uso racional de medicamentos.

Leia mais aqui


Notícias

17 de maio de 2021

MINISTRO DA SAÚDE E DA SEGURANÇA SOCIAL RECEBE EM VISITA DE CORTESIA A EQUIPA INSTITUTO NACIONAL DE EMERGÊNCIA MÉDICA (INEM)

O Ministro da Saúde e da Segurança Social, Arlindo do Rosário recebeu a Equipa do Instituto Nacional de Emergência Médica de Portugal (INEM), que se encontra em Cabo Verde com o propósito de reforçar a capacidade de resposta nos dois hospitais centrais nas ilhas de Santiago e S. Vicente.

Leia mais aqui.


Notícias

10 de maio de 2021

Atraso na entrega de vacinas em São Tomé e Príncipe

O programa COVAX, previa a entrega em Abril, de 46 mil doses de vacinas AstraZeneca a São Tomé e Príncipe. Este fornecimento que até gora não aconteceu.

No quadro da iniciativa COVAX São Tomé e Príncipe recebeu 24 mil doses de vacinas no dia 5 de Março passado. O programa da COVAX para São Tomé e Príncipe previa o fornecimento de um total de 96 mil doses de vacinas até o mês de Maio. Doses que seriam suficientes para imunizar 20% da população do país, mais de 40 mil pessoas.

A continuidade do processo de vacinação fica assim dependente do fornecimento de outras 72 mil doses prometido pela COVAX.

Leia mais em COVAX atrasa-se na entrega de vacinas a STP – Téla Nón (telanon.info)


Notícias

9 de maio de 2021

Investigadores angolanos publicam artigo científico de caracterização sociodemográfica e dos fatores de risco de infeção pelo vírus SARS-COV2

Investigadores angolanos do Centro de Investigação em Saúde, do Instituto Nacional de Investigação em Saúde, do Instituto Superior de Ciências da Saúde da Universidade, todos de Angola, elaboraram e publicaram um estudo de caracterização sociodemográfica e dos fatores de risco de infeção pelo vírus SARS-COV2 em Luanda.

Os resultados permitiram veicular recomendações dirigidas às autoridades angolanas, onde se lê “devem implementar um maior esforço nas áreas não urbanizadas e junto dos profissionais de saúde”. A fundamentação prende-se com o facto de, quando esses indivíduos apresentaram qualquer sintomatologia que era indicação para um teste COVID-19, como febre / tosse / mialgia, eles eram mais propensos a testar positivamente para SARS-CoV-2 do que ter alguma outra causa para sintoma.

Leia o artigo na íntegra aqui.


Notícias

8 de maio de 2021

OMS cria Conselho de Economia da Saúde para Todos

A OMS anunciou a 6 de maio a criação do Conselho de Economia da Saúde para Todos com 11 destacadas figuras internacionais nas áreas da economia, saúde e desenvolvimento. A função do Conselho é de assessoria independente ao Diretor-Geral sobre como lidar com os desafios inter-relacionados de economia e de saúde com o objetivo de mapear uma orientação que apoie as comunidades e os países na construção de sociedades saudáveis. O resultado pretendido consiste em recomendações para uma nova abordagem da economia que apoie a meta de “saúde para todos”, incluindo sistemas de saúde mais equitativos e eficazes.

Leia mais aqui.


Notícias

7 de maio de 2021

Audiência da Diretora Executiva da AFPLP com SE Presidente de Républica de Cabo Verde e atual Presidente da CPLP

A Diretora Executiva da AFPLP, Djamila Reis, foi recebida a 4 de maio em audiência por SE Presidente de República de Cabo Verde, que atualmente Preside a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), sendo a oportunidade de apresentar a Associação no que respeita à missão, visão e objetivos estratégicos. Foi ocasião para, de entre as diversas iniciativas em curso nesta fase de dinamização da AFPLP, informar sobre o processo de candidatura da AFPLP a membro Observador Consultivo da AFPLP.

SE Presidente da República reconheceu a importância da profissão farmacêutica, o valor da cooperação entre estes profissionais de saúde no quadro da AFPLP e a relevância de um alinhamento estratégico com a CPLP em matéria de políticas e estratégias de saúde. Assegurou ainda o acompanhamento do processo de candidatura da AFPLP a membro Observador Consultivo da AFPLP no tempo de vigência da sua Presidencia da CPLP.


Notícias

3 de maio de 2021

100 anos de ensino farmacêutico em Portugal

Apesar do início do ensino farmacêutico em Portugal remontar aos finais do século XVI, na Universidade de Coimbra, com uma componente exclusivamente prática, realizada em boticas, num modelo que vigorou até à Reforma do Ensino levada a cabo pelo Marquês de Pombal, no final do século XVIII, foi apenas a 18 de janeiro de 1921 que o Decreto 7 238, da Direcção Geral do Ensino Superior, à época sob a tutela do Ministério da Instrução Pública, determinou que as Escolas de Farmácia das Universidades de Coimbra, Lisboa e Porto se passasem a denominar Faculdades de Farmácia, dando assim resposta a uma pretensão dos respetivos Conselhos de Escola, corpo docente e alunos.

Para comemorar este marco, a Ordem dos Farmacêuticos compilou um vídeo sobre o ensino farmacêutico em Portugal, disponível aqui

Saiba mais sobre os 100 anos do ensino farmacêutico em Portugal no site da Ordem dos Farmacêuticos.


Notícias

29 de abril de 2021

Vacinação avança na Guiné-Bissau

O Ministério da Saúde Publica da Guiné-Bissau recebeu 12.000 doses de vacinas contra a COVID-19 (AstraZeneca) no final de março. Entre 2 e 13 de abril, decorreu a primeira fase de vacinação, liderada pelo Alto Comissariado para a COVID-19.

O Ministério  dos Negócios Estrangeiros da Guiné-Bissau reportou ainda uma doação de uma viatura (Ambulância Médica equipada) por parte deste Ministério à Hospital Regional de Bafata.

Para a segunda fase de vacinação no país, o Ministério da Saúde Pública da Guiné-Bissau recebeu uma doação 32 800 Doses da Vacina pela iniciativa COVAX (segunda fase da vacinação prevista para breve).


Notícias

29 de abril de 2021

Cabo Verde assinala Dia Mundial da Saúde com o lema «Construindo um mundo mais justo e saudável»

“O Ministério da Saúde e da Segurança Social, continuará a envidar todos os esforços necessários para garantir, que tal como a nossa Constituição determina, todos e em todos os lugares tenham o acesso justo e adequado aos cuidados que precisam para ter uma vida mais saudável.” Este foi o compromisso reafirmado hoje pelo Ministro da Saúde e da Segurança Social, Arlindo do Rosário, durante o Atelier para assinalar o Dia Mundial da Saúde, promovido pelo Instituto Nacional de Saúde Pública.

A cerimónia teve lugar esta manhã, na Praia, presidido pelo Ministro da Saúde Arlindo do Rosário e contou com a presença do Represente da Organização Mundial da saúde em Cabo Verde, Hernado Agudelo, da Presidente do INSP, Maria da Luz Lima, do Diretor Nacional da Saúde, Jorge Noel Barreto, entre outras instituições, sectores e sociedade civil.

Leia a notícia completa aqui.


Notícias

20 de abril de 2021

Webinar AFPLP-FIP: Doenças transmitidas por vetores

A AFPLP convida todos os farmacêuticos a participar no webinar AFPLP-FIP “Doenças transmitidas por vetores”, que será o 2º de um ciclo de webinars conjuntos da Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa (AFPLP) e da Federação Internacional Farmacêutica (FIP) denominado “Desafios e Oportunidades para a profissão farmacêutica no espaço lusófono”.

Este programa de webinars, que nos acompanhará ao longo dos próximos meses, nasce do trabalho conjunto entre a FIP e a AFPLP, materializando o Memorando de Entendimento que foi assinado por ambas as associações em novembro do ano passado, por ocasião do XIV Congresso Mundial dos Farmacêuticos de Língua Portuguesa.

O tema é o papel do farmacêutico na prevenção e gestão das Doenças Transmitidas por Vetores e o painel contará com as ilustres participações de:

- Gonçalo Sousa Pinto, Diretor de Desenvolvimento e Transformação da Prática Farmacêutica da FIP, que apresentará a relevância epidemiológica das doenças transmitidas por vetores a nível internacional, o papel dos farmacêuticos na prevenção e gestão das mesmas e o Manual da FIP para Farmacêuticos, produzido em colaboração com o Fórum Farmacêutico das Américas (PFA)

- Josélia Frade, Assessora da Presidência do Conselho Federal de Farmácia do Brasil que irá partilhar o trabalho realizado pelo Conselho Federal de Farmácia e pelo Fórum Farmacêuticos das Américas,

- Erisangela Valentim, que exerce no Centro de Compras de Medicamentos Essenciais (CECOME) irá expor a experiência da Guiné-Bissau, e

- João Alcântara do Programa Nacional de Luta contra o Paludismo e Ponto Focal para gestão dos casos de paludismo irá descrever as medidas de combate em São Tomé e Príncipe.

Após a partilha da visão e experiência dos oradores está prevista a participação e debate por parte dos participantes sendo incentivado o envio de questões.

A inscrição é gratuita e deverá ser feito pelo formulário, cujo link abaixo se indica, o qual lhe dará automaticamente o link de acesso ao Webinar, via Zoom.

https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=lCYI-XlTEkm74Rxem2c315cl2a2dkL5KnLImkHmO0OBUNDJZS1FPTDQxVEdHNTlPMTY4SjVOMDRFRy4u


Notícias

16 de abril de 2021

Ordem dos Farmacêuticos de Portugal emite Orientações para Revisão da Medicação

A Direção Nacional da Ordem dos Farmacêuticos (OF) aprovou a versão final de uma nova diretriz orientadora do processo de revisão da medicação por farmacêuticos. A Revisão da Medicação (RM) integra-se num serviço estruturado de avaliação periódica e sistemática da terapêutica dos utentes, com o objetivo de otimizar a utilização dos medicamentos e melhorar os resultados em saúde.

A nova orientação aplica-se aos serviços clínicos prestados por farmacêuticos no âmbito da sua atividade assistencial, podendo ser solicitados/prescritos pelo médico assistente ou por outros profissionais de saúde, mas também pelo próprio utente ou o seu cuidador e sempre que o farmacêutico identifique essa necessidade.

Leia a notícia completa aqui.


Notícias

9 de abril de 2021

A Pandemia e o desafio da equidade: de olhos postos na recuperação

A pandemia da Covid-19 alterou a configuração de vida da população mundial e teve um impacto que ultrapassou o causado pelas mais variadas pandemias ao longo da história, seja a nível da saúde pública, da sociedade como da economia.

Leia o artigo de opinião da Diretora Executiva da AFPLP na íntegra aqui.


Notícias

8 de abril de 2021

Celebração do Dia Mundial da Saúde

O Ministério da Saúde de São Tomé e Príncipe assinala o Dia Mundial da Saúde com a realização de uma sessão virtual subordinado ao tema escolhido pela OMS: “Por um mundo mais justo e saudável”. A sessão, presidida pelo Ministro da Saúde, conta com a participação do representante da OMS em STP, Ministro do Trabalho, Protecção e Segurança Social, Representante da Unicef, Ministro de Finanças e Economia Azul e Representantes regionais e da Santa Casa da Misericórdia.


Notícias

6 de abril de 2021

Criado o Comité Nacional de Gestão de Manifestações Adversas Pós Imunização

Conforme referenciado no Plano Nacional de Vacinação contra a COVID 19, aprovado através da Resolução nº 18/2021, de 18 de fevereiro, o Ministério da Saúde e da Segurança Social (MSSS), através do Despacho nº 14/2021, de 29 de março, criou o Comité Nacional de Gestão de Manifestações Adversas Pós Imunização (MAPI), o Comité Subnacional MAPI e a Equipa Técnica Nacional de Investigação.

O sistema de vigilância e gestão das manifestações adversas pós imunização deve ser um sistema com capacidade de detetar, tratar e notificar imediatamente, investigar em tempo útil, analisar, classificar e gerir os riscos consequentes das manifestações adversas, salvaguardando a saúde da população vacinada.

Leia mais aqui.


Notícias

5 de abril de 2021

Brasil doa material médico e equipamento de proteção individual a Moçambique

A doação foi feita a 25 de março e consiste em mais de 20 mil máscaras N95, 60 mil luvas de látex, 900 vestes de proteção individual para os profissionais de saúde, termômetros, óculos de proteção e demais itens relacionados.

Estes materiais e equipamentos foram recebidos pelo Ministro da Saúde, Armindo Tiago que aproveitou a ocasião para lembrar que a doação do Brasil acontece numa altura em que Moçambique já iniciou a administração da vacina contra a Covid-19, mas que nem por isso se deve baixar a guarda em relação às medidas de prevenção e à criação de condições hospitalares.

Leia a notícia completa aqui.


Notícias

4 de abril de 2021

Plano de Engajamento dos Parceiros e âmbito do Financiamento Adicional de Vacinas COVID-19

A República Democrática de São Tomé e Príncipe está a implementar o Projeto de Resposta de Emergência STP COVID-19 – P173783 incluindo as atividades a serem apoiadas no âmbito do Financiamento Adicional de Vacinas COVID-19, com o envolvimento do Ministério da Saúde (MS) e Agência Fiduciária para Gerenciamento de Projetos (AFAP). A Associação de Desenvolvimento Internacional (IDA) e a Organização e Resposta a Emergências de Saúde (“HEPR”), a Fundação de Múltiplos Doadores concordaram em fornecer financiamento para o Projeto, inclusive por meio de doações.

Leia a notícia completa aqui


Notícias

3 de abril de 2021

Celebrar a saúde: o papel da ERIS na construção de um mundo mais saudável

Para assinalar o Dia Mundial da Saúde, cujo objetivo é consciencializar a sociedade sobre a importância da preservação da saúde para a qualidade de vida, a Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS) divulgará uma série intitulada “Celebrar a saúde: o papel da ERIS na construção de um mundo mais saudável”, apresentando as atividades desenvolvidas no cumprimento da sua missão de contribuir para a proteção da saúde pública e dos interesses do cidadão, assegurando a segurança sanitária dos setores farmacêutico, alimentar e da saúde.


Notícias

2 de abril de 2021

Produzido o primeiro guia de bolso do protocolo para o manejo de casos de paludismo

Decorreu a 31 de Março no Centro Nacional de Endemias (CNE) a Cerimónia de validação do guia de bolso do protocolo para o manejo de casos de paludismo.

O evento foi presidido pelo Ministro da Saúde, Dr. Edgar Neves, estiveram presentes o Diretor do Centro Nacional de Endemias, Diretores e Coordenadores das diferentes Direções e Programas do Ministério da Saúde, Consultor da STOP Malária/OMS, Técnicos e Profissionais do CNE e do Sistema Nacional de Saúde.

Leia mais aqui


Notícias

2 de abril de 2021

Mesa Redonda intitulada COVID-19 em 2021: O Dia Seguinte

O Ministro da Saúde e da Segurança Social, Arlindo do Rosário, participou numa mesa redonda intitulada COVID-19 em 2021: O Dia Seguinte, no âmbito da preparação da Cimeira das Regiões de Saúde.

Esta reunião virtual, teve como propósito debater o impacto da COVID-19 nas respostas das Regiões de Saúde e o papel que têm vindo a desempenhar e foi presidido pelo Secretário Regional da Saúde e Proteção Civil da Madeira, Pedro Ramos.

Leia a notícia completa aqui


Notícias

2 de abril de 2021

Os governos da República Democrática de São Tomé e Príncipe e da República Popular da China assinam novo acordo no âmbito da saúde

Celebrou-se na manhã de 29 de março, na Sala de Reuniões do Ministério da Saúde a Cerimónia da Assinatura de um novo acordo protocolar no âmbito da saúde entre o Governo da República Democrática de São Tomé e Príncipe e o Governo da República Popular da China, representados pelo, Ministro da Saúde, Dr. Edgar Neves e pela Embaixadora Dra. Xu Yingzhen.

Leia mais aqui


Notícias

1 de abril de 2021

Angola cria Agência Reguladora de Medicamentos e Tecnologias da Saúde

Angola vai contar com uma Agência Reguladora de Medicamentos e Tecnologias da Saúde, um organismo público encarregue de desenvolver as diretrizes que orientam e regulam o licenciamento, controlo da qualidade, segurança e eficácia dos medicamentos, bem como o funcionamento eficiente dos estabelecimentos e órgãos atuantes na área.

A decisão foi aprovada em Sessão Ordinária do Conselho de Ministros, que teve lugar no dia 31 de março em Luanda, sob orientação do Presidente da República e Titular do Poder Executivo, João Lourenço.


Notícias

31 de março de 2021

Agência Nacional de Vigilância Sanitária do Brasil (ANVISA) aprovou o uso do Remdesivir contra a COVID-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso do Remdesivir contra a covid-19. É o primeiro medicamento antiviral a ter esta indicação aprovada no Brasil. Como esclarece a farmacêutica Mariana Gonzaga, do Instituto para Práticas Seguras no Uso de Medicamentos – o ISMP Brasil, e professora do curso de farmácia da Universidade Federal de Minas Gerais, este medicamento indicado para o tratamento de doenças como o Ébola, mostrou, em ensaios clínicos, ser eficaz na redução do tempo de recuperação dos doentes infetados.

O medicamento foi aprovado para essa finalidade pela Agência Regulatória dos Estados Unidos em outubro do ano passado. No entanto, a farmacêutica salienta que, até ao momento, o remdesivir não mostrou eficácia na redução da mortalidade por Covid-19 e nem à submissão à ventilação mecânica.

Leia mais aqui.


Notícias

31 de março de 2021

Viral Facts Africa

Foi lançada Viral Facts Africa, uma iniciativa africana pioneira para combater a desinformação online sobre saúde, promovida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em conjunto com uma rede de organizações de verificação de fatos e principais órgãos de saúde pública.

De acordo com Matshidiso Moeti, Diretora Regional da OMS para a África, “juntos, podemos impedir rumores virais compartilhando fatos virais”. Tem-se verificado durante a atual pandemia que alegações falsas podem ser disseminadas ainda mais rapidamente do que o próprio COVID-19. Geralmente são mensagens simples, visuais e que tocam as emoções.

Leia a notícia completa aqui.


Notícias

29 de março de 2021

Ponto de situação COVID-19 na Lusofonia

A pandemia COVID-19, enfrentada em todo o mundo, está a pôr à prova os sistemas de saúde e a desafiar o exercício profissional do farmacêutico. Os países lusófonos têm sido também duramente atingidos. Passa por isso a estar disponível, no site da AFPLP, uma compilação semanal de alguns dados que permitem o acompanhamento da situação nos países que integram a AFPLP.

Consulte em http://www.afplp.org/covid/


Notícias

29 de março de 2021

Moçambique arranca toma da segunda dose da vacina contra a COVID-19

A administração da segunda dose da vacina contra o novo coronavírus a 29 de março, em Moçambique e deverá abranger mais de 60.000 profissionais de saúde, anunciaram as autoridades.

"Apanhando as duas doses a eficácia da vacina na proteção do indivíduo é máxima. Portanto, recomendo a todos os colegas a irem rapidamente apanhar a segunda dose de acordo com o calendário proposto para cada um de nós", disse aos jornalistas Armindo Tiago, ministro da Saúde, após tomar a segunda dose da vacina.

Leia a notícia completa aqui.



Notícias

28 de março de 2021

Cabo Verde organiza webinar sobre regulação em tempos de pandemia

No quadro das celebrações do Dia Mundial da Saúde, a Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS) vai realizar um Webinar com o tema “A regulação em tempos de pandemia”, a ter lugar no dia 06 de abril de 2021, a partir das 09h00.

A sessão de abertura ficará a cargo do Ministro da Saúde e da Segurança Social, Dr. Arlindo Nascimento do Rosário, e do Presidente do Conselho de Administração da ERIS, Dr. Eduardo Tavares.

Leia mais aqui


Notícias

28 de março de 2021

Angola recebeu mais 200 mil doses da vacina contra a COVID-19

Angola recebeu, no princípio da tarde de 25 de março, 200 mil doses de vacina da Sinopharm contra a Covid-19, doadas pela China.

Trata-se da segunda remessa para o país, depois de, no dia 2 de março, ter recebido um lote de 624 mil doses, no âmbito da iniciativa COVAX, tendo sido o primeiro país da região da África Oriental e Austral a receber vacinas da COVAX contra a COVID-19.

Mais informações aqui.


Notícias

28 de março de 2021

Câmara de Lisboa lança programa de testagem gratuita nas farmácias

A Câmara Municipal de Lisboa anunciou o lançamento de um programa de testagem gratuita contra a COVID-19 nas farmácias do concelho. Dirigido a residentes, a partir dos 16 anos, em freguesias com mais de 120 casos por 100 mi habitantes, num investimento estimado de 15 milhões de euros. O programa arranca a 31 de março.

Os testes rápidos antigénio podem ser feitos nas farmácias aderentes e o agendamento pode ser feito por telefone, ou diretamente na farmácia local, ou em qualquer outra da cidade que faça parte do programa. ​Os resultados ficam automaticamente registados, passando a estar acessíveis às equipas de saúde pública. Nos casos positivos, o cidadão será contactado por profissionais do Serviço Nacional de Saúde.


Notícias

27 de março de 2021

Ordem dos Farmacêuticos de Portugal discute novo Código Deontológico

As Assembleias Regionais e a Assembleia Geral da Ordem dos Farmacêuticos (OF) que decorreram durante o mês de março, analisaram a proposta da Direção Nacional relativa ao novo Código Deontológico da Ordem dos Farmacêuticos.

O Código Deontológico da Ordem dos Farmacêuticos é uma das mais relevantes disposições legais sobre o exercício da atividade farmacêutica, que consagra valores, princípios e normas que orientam a atuação destes profissionais de saúde.

Leia a notícia completa aqui.


Notícias

27 de março de 2021

CFF debate qualidade da formação farmacêutica no Ministério da Educação

Representantes do Conselho Federal de Farmácia (CFF) fizeram uma visita ao Ministério da Educação (MEC), no dia 2 de março, para tratar da qualidade da formação profissional do farmacêutico no ensino de graduação e de pós-graduações em Farmácia.

O secretário-geral do CFF, Erlandson Uchôa, que representou a Diretoria do CFF na reunião, reforçou ao Ministro da Educação que o curso de Farmácia, pelas suas características de formação, tem como foco central o ser humano. Por isso, Erlandson argumentou que o CFF considera inviável o desenvolvimento da graduação não só em Farmácia, mas em todas as profissões da área da saúde, na modalidade de ensino à distância. “O ensino em Saúde faz-se com prática e esta não se realiza à distância. O conselho tem sido incansável, por meio da Comissão de Ensino Farmacêutico (Comensino) e da Comissão Assessora de Educação Farmacêutica (CAEF), na defesa do ensino presencial como pré-requisito para a qualidade da formação farmacêutica”.

Mais informações aqui


Notícias

26 de março de 2021

Angola inaugura depósito de vacinas e arranca com campanha de vacinação

A ministra da Saúde angolana inaugurou dia 2 de março o depósito central de vacinas de Angola, no dia em que foram vacinados os primeiros angolanos contra a doença.

"Esperamos receber, até ao final de junho, 6,4 milhões de doses desta vacina e outras que estiverem disponíveis, o que permitirá cobrir as necessidades da primeira etapa do plano de vacinação da COVID-19 do Ministério da Saúde cobrindo 20% da população nacional", declarou.


Mais informações aqui


Notícias

26 de março de 2021

Atividades da Ordem dos Farmacêuticos e Técnicos de Farmácia da Guiné-Bissau

O Ministério da Saúde Púbica da Guiné-Bissau concedeu um espaço para a instalação da primeira Sede oficial da Ordem dos Farmacêuticos e Técnicos de Farmácia da Guiné-Bissau (OFTEC-GB). Relembramos que a OFTEC-GB realizou primeiras eleições no dia 24 de outubro de 2020, tendo sido eleita como Bastonária a farmacêutica Zeferina Gomes da Costa.

Os Farmacêuticos Guineenses participaram na formação de formadores sobre os processos e métodos de vacinação contra a covid-19 estando a vacinação prevista para começar em breve. Está desta forma prevista a participação dos farmacêuticos no combate à pandemia.


Notícias

25 de março de 2021

Olhar para o futuro: YPG e APJF

A AFPLP tem participado de diversas reuniões com a YPG e APJF onde tem ficado patente o potencial de contributo no envolvimento da juventude farmacêutica lusófona no desenvolvimento da profissão.


Notícias

25 de março de 2021

Entrevista a Ana Paula Martins, Bastonária da Ordem dos Farmacêuticos de Portugal

A AFPLP entrevistou a Bastonária da Ordem dos Farmacêuticos de Portugal (OFP), e esteve à conversa sobre os temas da atualidade em Portugal. Entre os maiores desafios da profissão farmacêutica, as grandes aprendizagens da pandemia de COVID-19, e um olhar para o futuro, Ana Paula Martins partilha a sua visão de setor farmacêutico em Portugal. 

Leia a entrevista na íntegra aqui.


Notícias

24 de março de 2021

Formação FIT AFPLP 2021

No âmbito da parceria entre a AFPLP e o Infosaúde, é disponibilizado o programa de formação FIT AFPLP 2021 a todos os Países Membros da AFPLP.

O programa FIT® significa formação, inovação e transformação.

Através desta parceria, o FIT® passa a estar disponível também em Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe, com condições especiais para garantir o seu alargamento a todo o território da AFPLP.

Leia mais aqui.


Notícias

24 de março de 2021

AFPLP nas Redes Sociais

No quadro da estratégia de comunicação da AFPLP, foi tomada a decisão de ampliar os meios de comunicação. Para além da revisão do site para disponibilização de mais noticias, atualizações e recursos técnicos, considerou-se pertinente estender a presença da AFPLP às redes sociais.

Em fevereiro de 2021 foram criados os perfis da AFPLP no LinkedIn e no Facebook, que contam com a participação e divulgação por parte de todos os farmacêuticos do espaço lusófono.


Notícias

23 de março de 2021

Mobilização de parcerias

Foi editada uma brochura com o objetivo de apresentar a AFPLP, o seu plano estratégico para o período de 2020-2025 e mobilizar parcerias que permitam a concretização do mesmo.

Pretende-se desta forma incentivar parceiros a colaborarem para levar mais longe a missão e a visão da AFPLP promovendo o acesso das pessoas a cuidados farmacêuticos de excelência, a contribuição para o desenvolvimento dos sistemas de saúde em cada um dos países e o reforço da relevância da profissão farmacêutica nos Países Membros da AFPLP.

Leia a notícia completa aqui.


Notícias

22 de março de 2021

AFARMO e MISAU organizam campanha de sensibilização ao público

A Associação de Farmacêuticos de Moçambique (AFARMO), organiza, em parceria com o Ministério da Saúde de Moçambique, uma campanha de promoção da saúde e prevenção da doença, sensibilizando o público em geral sobre os conselhos a tomar relativos à infeção por SARS-CoV-2, e as ações a tomar em caso de teste positivo de COVID-19.


Notícias

21 de março de 2021

Vacinação contra a COVID-19 iniciada em São Tomé e Príncipe

Em STP o processo de vacinação contra a covid19 teve o seu início no dia 15 do corrente mês, onde as primeiras pessoas a serem vacinadas foram a Sua Excelência o Sr. Primeiro-ministro Jorge Bom Jesus, Ministra de Negócios Estrangeiros, Cooperação e Comunidade Edite Tem Jua, o Ministro da Saúde Doutor Edgar Neves e os demais profissionais de saúde. No dia seguinte, foi a vez da Sua Excelência o Sr. Presidente da República Evaristo Carvalho.


Notícias

21 de março de 2021

A CST EM COLABORAÇÃO COM O MINISTÉRIO DA SAÚDE CONTRA FALSIFICAÇÃO RESULTADOS DE TESTES DA COVID-19

A Companhia Santomense de Telecomunicações (CST), para além do apoio que já tem vindo a dar ao Ministério da Saúde no combate à COVID-19 em todo o território nacional através das comunicações e internet, na passada quinta-feira dia 18 de Março, efectuou mais um apoio, desta feita, contra o crime de falsificação dos resultados dos testes PCR.

Numa cerimónia simples, na sala de reuniões do Ministério da Saúde Director de Marketing e Negócios da CST, Dr. Emery d´Alva, fez a entrega de 3 selos brancos, ao Ministro da Saúde Dr. Edgar Neves, selos e que passam a ser a chancela em todos os resultados dos testes elaborados pelo Laboratório Nacional de Referencia da Tuberculose e na região Autónoma do Príncipe. Após as notícias divulgadas na comunicação social do surgimento que alertaram para os resultados fraudulentos, falsificados de testes da COVID-19 de uma forma simples mas eficaz, a CST tomou a iniciativa e exerceu esforços para colmatar esta situação em São Tomé e Príncipe.


Notícias

21 de março de 2021

Vacinação contra a COVID-19 na Guiné-Bissau

A Guiné-Bissau recebeu a 20 de março, 12000 doses de vacinas da Astra Zeneca através de um processo de doação do grupo Sul-africano MTN que, através da União africana está a apoiar no combate à pandemia pela Covid-19.

Considerando que a iniciativa COVAX irá garantir a vacinação de 20% da população estando prevista a receção de 120 mil doses de vacinas até ao final de maio de 2021, o Alto Comissariado para a Covid-19 e o Governo continuam a mobilizar esforços junto de diferentes parceiros para completar a necessidade em vacinas de modo a atingir o objetivo de uma cobertura vacinal de 70%. Esta necessidade de reforço faz-se sentir tanto em termos de linhas de financiamento para aquisição de vacinas como para custos operacionais de implementação da própria campanha de vacinação. Neste aspeto se inclui a necessidade de seringas, cuja primeira entrega de 56 000 foi feita através da UNICEF no âmbito da iniciativa COVAX.


Notícias

20 de março de 2021

Ministério da Saúde reitera farmacêuticos na prioridade para a vacina

O Ministério da Saúde (MS) emitiu um ofício às Coordenações Estaduais de Imunizações, reiterando as orientações técnicas sobre a vacinação do grupo prioritário dos Trabalhadores da Saúde, na Campanha Nacional de Vacinação contra a COVID-19. No ofício, além de evidenciar os farmacêuticos desses estabelecimentos, o Ministério da Saúde inclui académicos em saúde e estudantes da área técnica em saúde em estágio hospitalar, atenção básica, clínicas e laboratórios na prioridade.

Mais informações aqui


Notícias

18 de março de 2021

Comissão Nacional de Farmacovigilância de Cabo Verde

Os membros da Comissão Nacional de Farmacovigilância de Cabo Verde realizaram a sua quinta reunião ordinária no dia 11 de fevereiro de 2021.

Os representantes da Ordem dos Farmacêuticos de Cabo Verde (OFCV), da Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS), do Ministério da Saúde e da Segurança Social (MSSS) - Políticas de Saúde e Políticas da área do Medicamento -, dos Hospitais Centrais (Hospital Agostinho Neto), dos Gestores de Riscos e da Ordem dos Médicos Cabo-verdianos (OMC), reuniram-se através de uma plataforma de reuniões online, adaptando-se ao atual contexto de pandemia.

Leia mais aqui



Notícias

17 de março de 2021

Entrevista a Maria da Luz Leite, primeira Bastonária da OFCV

Por ocasião do mês dedicado à mulher, a AFPLP entrevistou a primeira Bastonária da Ordem dos Farmacêuticos de Cabo Verde (OFCV), e esteve à conversa sobre os temas da atualidade no arquipélago. Entre os maiores desafios da profissão farmacêutica no país, as grandes lições aprendidas na pandemia de COVID-19, e um olhar para o futuro, Maria da Luz Leite fala-nos sobre uma perspetiva positiva, unificadora e construtiva do setor farmacêutico em Cabo Verde. 

Leia a entrevista na íntegra aqui.


Notícias

16 de março de 2021

Webinar AFPLP-FIP «O farmacêutico e a pandemia»

A AFPLP convida todos os farmacêuticos do espaço lusófono a participar no webinar AFPLP-FIP “O farmacêutico e a pandemia”, que dará início no próximo dia 31 de março pelas 16:00 (hora de Portugal Continental) a um ciclo de webinars conjuntos da Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa e a Federação Internacional Farmacêutica (FIP) denominado “Oportunidades e Desafios para a profissão farmacêutica no espaço Lusófono”.

Este programa de webinars, que acompanhará ao longo dos próximos meses, nasce do trabalho conjunto entre a FIP e a AFPLP, materializando o Memorando de Entendimento que foi assinado por ambas as associações em novembro do ano passado, por ocasião do XIV Congresso Mundial dos Farmacêuticos de Língua Portuguesa.

O primeiro tema “O farmacêutico e a pandemia”, é um tema atual, presente nos países do mundo inteiro, e, claro, no espaço lusófono. Desde o início da pandemia, quando a infeção por SARS-CoV-2 ainda era algo desconhecido para muitos, os farmacêuticos estiveram na linha da frente da luta contra o vírus, seja no diagnóstico da infeção, no tratamento em contexto hospitalar, nos ensaios clínicos para a terapêutica e posteriormente no desenvolvimento e investigação de vacinas eficazes contra a COVID-19, na promoção e educação para a saúde em contexto comunitário, na prestação de cuidados de saúde, entre muitas áreas.


Oradores


  • Helder Mota Filipe - Presidente da AFPLP e Professor Associado da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa

  • Gonçalo Sousa Pinto - Diretor de Desenvolvimento e Transformação da Prática Farmacêutica da FIP


 
Moderador

  • Djamila Reis - Diretora Executiva da AFPLP


A inscrição poderá ser feita através do formulário no link abaixo indicado, para receber o link de acesso à sessão.


https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=lCYI-XlTEkm74Rxem2c315cl2a2dkL5KnLImkHmO0OBUQkpNNkpGTE9FTldCODNRMVBaUEk1R0hPQi4u


Notícias

15 de março de 2021

Memorando de Entendimento com a FIP: Traduções

Ainda no âmbito do Memorando de Entendimento assinado com a Federação Internacional Farmacêutica (FIP), em novembro do ano passado, por ocasião do XIV Congresso Mundial de Farmacêuticos de Língua Portuguesa, foi elaborado um plano de traduções de documentos técnicos para português com o objetivo de facilitar a divulgação e utilização destes importantes recursos técnicos no espaço lusófono.

Assim, foi finalizado e divulgado o documento “Doenças transmitidas por vetores: um manual para os farmacêuticos; Prevenção, controlo, gestão e tratamento de doenças”.

Poderá consultar o documento aqui.


Notícias

14 de março de 2021

Memorando de Entendimento com a FIP: Webinars

No âmbito do Memorando de Entendimento assinado com a Federação Internacional Farmacêutica (FIP), em novembro do ano passado, por ocasião do XIV Congresso Mundial de Farmacêuticos de Língua Portuguesa, foi planificado um programa webinars designado: “Oportunidades e desafios para a profissão farmacêutica no espaço lusófono”

A primeira sessão será dia 31 de março. O tema é a pandemia COVID-19 e o papel que os farmacêuticos desempenham nesta pandemia, com especial enfoque nos países lusófonos.

Saiba como se increver aqui


Notícias

14 de março de 2021

Apoio institucional da FIP à resolução da AFPLP

Na Assembleia Geral de 25 de novembro de 2020 foi aprovada a Resolução “Áreas nucleares de formação pré-graduada para farmacêuticos no espaço lusófono”.

A Resolução espelha a aspiração de harmonizar um quadro formativo e da intervenção farmacêutica no espaço lusófono, considerando os critérios mínimos que os países devem adotar para o reconhecimento de formação de farmacêuticos.

Na resolução reconhecida a importância de promover a formação de um maior número de profissionais farmacêuticos nos países do espaço lusófono, a importância de convergir para um quadro harmonizado de formação e intervenção farmacêutica no espaço lusófono e de promover o alinhamento com os Princípios de Nanjing sobre educação em Farmácia e Ciências Farmacêuticas da FIP (FIP Nanjing Statements), enquanto instrumento de transformação da formação farmacêutica a ser consultado e adaptado a nível nacional.

Reconhecendo a importância da mesma, a Federação Internacional Farmacêutica (FIP) confere a sua chancela institucional ao conteúdo da Resolução através de uma carta conjunta, com o objetivo de encorajar os países a promoverem a sua implementação, em prol da melhoria da qualidade do ensino farmacêutico.

Pode consultar a Resolução aqui e a Carta de Apoio da FIP aqui.  


Notícias

13 de março de 2021

Vacinação em São Tomé e Príncipe inicia-se a 15 de março

No quadro do programa COVAX, da cooperação bilateral e multilateral, São Tomé e Príncipe, vai beneficiar de um total de 150 mil doses de vacinas contra a Covid-19.
Já foram recebidas um total de 24 mil doses de vacinas e o Ministério da Saúde tem a missão de definir o grupo-alvo prioritário, que deverá começar a ser vacinado no dia 15 de Março. 

Os órgãos de soberania do Estado, defenderam o agravamento do Estado de calamidade em vigor e a intervenção das forças de segurança para reforçar a fiscalização das novas medidas preventivas que entraram em vigor no dia 1 de Março.

Nesta ocasião ficou também retida a recomendação da realização de estudos no laboratório Ricardo Jorge de Portugal, para esclarecer se as variantes mais agressivas do vírus SARS-CoV-2, já estão a circular no país. 

Mais informações em COVID – Vacinação em STP inicia dia 15 de março – Téla Nón (telanon.info)


Notícias

12 de março de 2021

24 mil doses de vacina contra Covid-19 chegaram a 6 de março ao arquipélago são-tomense, através do consórcio Covax

Nas palavras do primeiro-ministro, Jorge Bom Jesus “as doses que chegaram vão possibilitar vacinar 12 mil beneficiários” e, de acordo com o ministro da Saúde, Edgar Neves, este primeiro lote de vacinas destina-se à rápida proteção das pessoas de alto risco, designadamente, os profissionais da saúde, assistentes sociais, idosos, pessoas com doenças crónicas, entre outros casos excecionais.

A representante da OMS, Anne Ancia, destacou a importância da parceria Covax, o trabalho incansável do pessoal do ministério da Saúde de São Tomé e Príncipe, sublinhando que “estas vacinas não poderiam chegar em melhor altura, quando todo o arquipélago foi atingido pela segunda e mais mortal vaga da pandemia”.

Já o representante da Unicef, Noel Zagre refere que “São Tomé e Príncipe tornou-se assim das primeiras ilhas a receber as vacinas de Aliança Covax” que representam um esforço conjugado entre as autoridades nacionais e os parceiros da Gavi, OMS, Unicef e a Cepi”.

 

Mais informações em Covid-19: já estão em São Tomé e Príncipe as 24 mil doses de vacinas da Covax - STP-PRESS (stp-press.st)


Notícias

11 de março de 2021

A obrigatoriedade de teste negativo para viagens internacionais passa a abranger crianças menores de sete anos.

Foi alterada a Resolução nº 138/2020, de 12 de outubro de 2020 que autorizou o tráfego aéreo e marítimo, comercial de passageiros, com destino e a partir de Cabo Verde que previa a não obrigatoriedade de apresentação de teste RT-PCR (Real Time Polymerase Chain Reaction by Reserve Transcription) ou de teste antigénio, ou ainda, qualquer outro teste molecular às crianças menores de sete anos.

De acordo com as medidas recomendadas pelas autoridades competentes internacionais, para o restabelecimento das ligações aéreas internacionais, foi publicada a 05 de março de 2021, no B. O. nº 24, I Série, a Resolução nº 33/2021, do Conselho de Ministros, que estabelece a apresentação de teste RT-PCR, com resultado negativo feita por todos os passageiros, independentemente da idade.

 

Noticia em COVID-19: Governo procede à segunda alteração à Resolução nº 138/2020 (eris.cv)


Notícias

10 de março de 2021

Carta aberta pela vacinação prioritária dos farmacêuticos analistas clínicos e técnicos de laboratório

Em carta aberta do Conselho Federal de Farmácia (CFF) e a Sociedade Brasileira de Análises Clínicas (SBAC), foi enfatizado que a pandemia evidenciou o papel assumido pelos profissionais que atuam nos Laboratórios de Análises Clínicas, estabelecimentos indispensáveis à saúde pública, com papel decisivo na atual emergência global.

Atendendo aos serviços essenciais prestados pelos Laboratórios de Análises Clínicas, a carta defende a vacinação prioritária das equipes inseridas no segmento laboratorial, sejam estabelecimentos públicos ou privados. Esta medida é apresentada com o objetivo de proteger os profissionais, a sociedade e fazer jus ao Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19.

De acordo com Walter Jorge João, Presidente do CFF e Luiz Fernando Barcelos “, Presidente da SBAC, os Laboratórios de Análises Clínicas são essenciais à saúde e quem combate a pandemia desde o primeiro minuto, não pode ficar por último”

Acesso à carta aberta em https://bit.ly/3r7xzBx


Notícias

9 de março de 2021

OF, ISCTEM E AFARMO PROMOVEM WEBINAR «A Profissão farmacêutica e a COVID-19»»

No âmbito do protocolo de colaboração entre a Ordem dos Farmacêuticos, o Instituto Superior de Ciências e Tecnologia de Moçambique (ISCTEM) e a Associação de Farmacêuticos de Moçambique (AFARMO), as três organizações promovem um webinar com o tema “A Profissão Farmacêutica e a COVID-19", que decorre no próximo dia 16/03/2021, pelas 14:00 (hora de Portugal). O evento conta com a preleção do Diretor Técnico dos Serviços Farmacêuticos do Hospital de Santa Maria, Doutor João Paulo Cruz, e a Presidente do Colégio de Farmácia Comunitária da Ordem dos Farmacêuticos, Dr.ª Carolina Mosca.



O evento está direcionado para estudantes finalistas de Ciências Farmacêuticas, farmacêuticos, e demais interessados no tema.



A participação é gratuita, e poderá aceder à sessão através do endereço https://teams.microsoft.com/dl/launcher/launcher.html?url=%2F_%23%2Fl%2Fmeetup-join%2F19%3A6aa8386d810e467b9dff592cf27dd0df%40thread.tacv2%2F1615448183997%3Fcontext%3D%257b%2522Tid%2522%253a%2522bbee86a6-3167-4ec2-8e9b-b5b49b78973c%2522%252c%2522Oid%2522%253a%2522848fbefb-05e9-4056-b3ed-7b52ad31a125%2522%257d%26anon%3Dtrue&type=meetup-join&deeplinkId=2b7f44ce-4891-4645-9a35-034184b176c6&directDl=true&msLaunch=true&enableMobilePage=true&suppressPrompt=true



Notícias

7 de março de 2021

Anvisa publica nova resolução sobre critérios para prescrição, dispensação, controle, embalagem e rotulagem de antimicrobianos

Foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 24 de fevereiro, a RDC N° 471/2021 da Anvisa, que revogou a RDC n° 20/2011. A nova resolução dispõe sobre os critérios para prescrição, dispensação, controle, embalagem e rotulagem de medicamentos à base de substâncias classificadas como antimicrobianos de uso sob prescrição, isolados ou em associação, listradas em instrução normativa específica.

Mais informações em https://bit.ly/3kB1qQg


Notícias

6 de março de 2021

Angola já recebeu metade das vacinas disponibilizadas pela inciativa Covax e prevê imunizar mais de 16 milhões de pessoas contra a COVID-19

No ato de apresentação do Plano Nacional de Vacinação Contra à COVID-19, a 4 de março, a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta explicou que este número corresponde às vacinas a serem disponibilizadas pela iniciativa COVAX (cobertura de 20%), das quais, 10% já se encontram no país.

Além do primeiro lote de vacinas da iniciativa COVAX, Angola recebeu vacinas da empresa AstraZeneca, de origem indiana, que vai fornecer 12.8 milhões de doses até ao final do mês de julho.

De acordo com a ministra, Sílvia Lutucuta, "O país está a trabalhar noutras aquisições com fundos próprios. Vamos trabalhar no sentido de olharmos para a vacina russa, as possibilidades que há na União Africana e provavelmente algumas iniciativas da China”, garantindo que "o país está a correr atrás de todas vacinas seguras e certificadas”.

Mais informações em Portal Oficial do Governo da República de Angola - Notícias - ANGOLA PREVÊ IMUNIZAR MAIS DE 16 MILHÕES DE PESSOAS


Notícias

5 de março de 2021

Ordem dos Farmacêuticos e Técnicos de Farmácia da Guiné-Bissau inicia atividades em 2021

A Ordem dos Farmacêuticos e Técnicos de Farmácia da Guiné-Bissau (OFTEC-GB) iniciou o primeiro trimestre de 2021 com várias atividades. Encontra-se em andamento o processo de recenseamento das Farmácias a nível do Sector Autónomo de Bissau (SAB) a ser conduzida pela Ordem dos Farmacêuticos e Técnicos de Farmácia da Guiné-Bissau. Em paralelo, está em curso a produção de cartões para os membros permanentes da OFTEC-GB. Recentemente teve lugar a Avaliação dos Resultados das Atividades do Programa Nacional de Luta Contra Paludismo (PNLP) na Guiné-Bissau referente ao Ano 2020, e por fim, fez-se a Planificação das Atividades do PNLP a ter lugar durante o Ano 2021.


Notícias

5 de março de 2021

Webinar sobre Atualização em vacinas para a Covid-19

A AFPLP está a apoiar a realização de um webinar “Atualização em vacinas para a Covid-19” agendado para 11 de março, 19h30 (hora de Portugal) organizado pela Health4Moz e Ordem dos Médicos de Moçambique.


Além da AFPLP, o evento conta também com o apoio do Ministério da Saúde de Moçambique, Ordem dos Médicos de Portugal, Ordem dos Farmacêuticos de Portugal (OF).


O evento conta com a participação do Presidente da AFPLP e do Conselho Nacional para a Cooperação da OF, Professor Doutor Helder Mota Filipe, e do Diretor do Serviço de Saúde Ocupacional do Centro Hospitalar Universitário S. João, Dr. Pedro Norton 


O acesso é gratuito e poderá aceder através do link http://bit.ly/webinar_l4moz_vacinascovid

 

Aproveite esta oportunidade e participe.

A gravação da sessão está disponível no canal de Youtube da Health4Moz, acessível em https://www.youtube.com/watch?v=Ui_lXrAaZWs&ab_channel=Health4Moz.


Notícias

4 de março de 2021

Atuação da ERIS reconhecida pelo Serviço Nacional de Proteção Civil

A atuação da Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS) foi distinguida pelo Serviço Nacional de Proteção Civil e Bombeiros de Cabo Verde (SNPCB), que atribuiu à Entidade e ao seu corpo de inspetores, certificados de reconhecimento e excelência.

Nos certificados, o Serviço Nacional de Proteção Civil, manifesta reconhecimento ao trabalho abnegado e isento que os profissionais da ERIS têm dedicado para cumprir a missão de traduzir em resultados práticos e palpáveis as determinações do Governo, no âmbito do combate à proliferação do vírus SARS-CoV-2.

No quadro das ações para promover a apropriação das normas e medidas sanitárias introduzidas para a contenção da COVID-19, foi criada uma equipa multissetorial em julho 2020, integrada por técnicos da ERIS, com o objetivo de efetuar o acompanhamento e fiscalização das atividades de comércio, indústria, turismo, transportes e outros serviços, definidos como prioritários.


Notícias

3 de março de 2021

Conselho Federal de Farmácia reafirma a urgência da vacinação dos farmacêuticos

O Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 inclui os profissionais da saúde e seus auxiliares no grupo prioritário para a imunização.

De acordo com o CFF, com a escassez de doses disponíveis, os farmacêuticos e seus respetivos técnicos e auxiliares estão a ser preteridos nos planos de imunização de muitos municípios. Essa dificuldade tem sido enfrentada mesmo por farmacêuticos que atuam em hospitais e em áreas críticas, como os laboratórios de análises clínicas que realizam os exames para deteção da Covid-19 e que, portanto, estão expostos a material biológico contaminado pelo vírus. Porém, esse problema afeta com maior ênfase os farmacêuticos e demais colaboradores que atuam nas farmácias, públicas e privadas.

Importante ressaltar que a Lei 13.021/2014 transformou as farmácias em unidades de prestação de serviços destinadas à assistência farmacêutica, à assistência à saúde e à orientação sanitária individual e coletiva, conceito este muito evidenciado durante a pandemia causada pela Covid-19.

A proposta do CFF

Diante de todas essas dificuldades e considerando a necessidade urgente de o Programa Nacional de Imunização atingir as metas de cobertura necessárias à contenção da pandemia de Covid-19, o CFF encaminhou ofício ao Ministério da Saúde colocando-se à disposição para a aquisição da cota de vacinas para a imunização dos farmacêuticos e seus colaboradores que ainda não haviam sido vacinados.

No entanto, o CFF reconhece os argumentos de que a iniciativa não está alinhada com os princípios que regem a Política Nacional de Imunização e o Sistema Único de Saúde. Por esta razão, opta por insistir no pedido de audiência feito ao ministro da Saúde, para obter do poder público o cumprimento de sua obrigação legal de garantir o acesso às vacinas para todos.

Nessa missão, o conselho espera contar com as demais entidades representativas de trabalhadores da saúde e do controle social, e reitera a sua defesa do Programa Nacional de Imunização como patrimônio da saúde pública no país, e da vacinação como uma das medidas fundamentais à contenção da pandemia. 

Mais informações em https://bit.ly/380WoYy

 


Notícias

2 de março de 2021

Cabo Verde lança campanha de vacinação contra o Papiloma Vírus Humano (HPV) e contra a Hepatite B e o Caderno de Saúde da Criança e do Adolescente

Em Cabo Verde o Ministério da Saúde e da Segurança Social lançou a introdução da Vacina contra o Papiloma Vírus Humano (HPV) no Calendário vacinal de rotina, a vacinação dos cuidadores contra a Hepatite B e o Caderno de Saúde da Criança e do Adolescente.

A cerimónia, transmitida por vídeo-conferência, foi presidida pelo Primeiro-ministro, e contou com a presença do Ministro da Saúde e da Segurança Social, da Coordenadora Residente das Nações Unidas e do Diretor Nacional de Saúde. Este procedeu à explicação técnica das 3 iniciativas, a saber, a contribuição da vacina contra o HPV para a prevenção do cancro do colo do útero no país, o reforço da imunidade dos profissionais de saúde contra a Hepatite B, imunizar os recém-integrados no sistema de saúde e contribuição para a eliminação da doença no país, e a avaliação integral do estado de saúde da criança e do adolescente pelos técnicos de saúde, assim como o seguimento do desenvolvimento nutricional, neuro-psico-motor e da vacinação, desde a nascença até os 19 anos com o Caderno de Saúde da Criança e do Adolescente.

Mais informações em https://www.governo.cv/governo-lanca-campanha-de-vacinacao-contra-o-papiloma-virus-humano-hpv-e-contra-a-hepatite-b/


Notícias

1 de março de 2021

OF, ISCTEM e AFARMO promovem webinar «O Farmacêutico na Investigação Científica»

No âmbito do protocolo de colaboração entre a Ordem dos Farmacêuticos, o Instituto Superior de Ciências e Tecnologia de Moçambique (ISCTEM) e a Associação de Farmacêuticos de Moçambique (AFARMO), as três organizações promovem um webinar com o tema “O Farmacêutico na Investigação Científica", que decorre no próximo dia 02/03/2021, pelas 14:00 (hora de Portugal). O evento conta com a preleção do Professor Associado da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa e Presidente da AFPLP, Helder Mota Filipe.

O evento está direcionado para estudantes finalistas de Ciências Farmacêuticas, farmacêuticos, e demais interessados no tema.

A participação é gratuita, e poderá aceder à sessão através do endereço https://teams.microsoft.com/l/meetup-join/19%3a6aa8386d810e467b9dff592cf27dd0df%40thread.tacv2/1614265999864?context=%7b%22Tid%22%3a%22bbee86a6-3167-4ec2-8e9b-b5b49b78973c%22%2c%22Oid%22%3a%22809f2fd6-3466-4a65-88bf-e8b2d607c538%22%7d.


Notícias

28 de fevereiro de 2021

Nova resolução altera fiscalização do exercício farmacêutico no Brasil

Foi publicada a 19 de fevereiro, no Diário Oficial da União, a Resolução CFF nº 700, traz uma série de atualizações ao procedimento de fiscalização dos conselhos regionais de Farmácia.

Entre as modificações, destaca-se uma nova ferramenta criada para que o fiscal possa notificar o estabelecimento farmacêutico para corrigir alguma situação que não sejam gravosas para a sociedade antes de aplicar um auto de infração. Outras alterações incluem as métricas de avaliação do perfil que é atribuído a cada empresa, mas a questão das substituições de responsáveis técnicos nos estabelecimentos farmacêuticos será regulamentada por meio de uma nova resolução, que será apresentada e debatida em breve.

Mais informações em  https://bit.ly/3kzY1RT


Notícias

25 de fevereiro de 2021

Programa de Telemedicina em Cabo Verde com publicação de artigo

O programa de Telemedicina em Cabo Verde foi criado em 2012 pela International Virtual e-Hospital Foundation para melhorar o acesso a cuidados especializados no arquipélago de Cabo Verde. Depois da publicação do primeiro relatório em 2014, a equipa publica um artigo que reflete a análise dos dados referentes à atividade e acompanhamento do programa recolhidos entre 2014 e 2018.

De acordo com os autores, o programa de telemedicina de Cabo Verde “continua a aumentar o acesso a cuidados especializados, a evitar transferências desnecessárias e dispendiosas, e tornou-se uma grande história de sucesso da telemedicina em África. Além disso, este programa deve ser usado como um modelo para o estabelecimento de programas de telemedicina em países insulares em todo o mundo.”

Artigo em:  Cabo Verde Telemedicine Program: An Update Report and Analysis of 2,442 Teleconsultations | Telemedicine and e-Health (liebertpub.com)


Notícias

25 de fevereiro de 2021

Formação à distância para estudantes e profissionais moçambicanos

No âmbito do protocolo de colaboração entre a Ordem dos Farmacêuticos, o Instituto Superior de Ciências e Tecnologia de Moçambique (ISCTEM) e a Associação de Farmacêuticos de Moçambique (AFARMO), a Ordem dos Farmacêuticos organizou um webinar sobre “Princípios de Saúde Pública”, que teve como preletor o professor da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa, José Cabrita.
O evento contou com a participação de mais de 40 estudantes finalistas de Ciências Farmacêuticas, diversos farmacêuticos e outros profissionais de saúde que aderiram à iniciativa.


Notícias

24 de fevereiro de 2021

Cabo Verde entre primeiros países africanos a receber vacinas da plataforma Covax

Cabo Verde é um dos primeiros países africanos a receber vacinas contra a COVID-19 através da plataforma internacional Covax, que contribuirá para a imunização de 35% da população, anunciou hoje a Organização das Nações Unidas (ONU).

"Nas próximas semanas, Cabo Verde vai poder comprar e administrar vacinas para cerca de 200 mil pessoas", afirmou Stéphane Dujarric, porta-voz do secretário-geral da ONU.

Este anúncio resulta de quatro meses de trabalho da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), com a liderança da coordenadora residente do sistema da ONU em Cabo Verde, Ana Patrícia Graça, para "apoiar o Governo a desenvolver um plano nacional de vacinação e fazer parte da Covax".

A Covax é uma iniciativa conjunta da OMS e da Aliança para o Acesso às Vacinas (GAVI) para fornecer vacinas contra a covid-19 a países de médio e baixo rendimento, num esforço de dar acesso e distribuir vacinas em todo o mundo.


Notícias

23 de fevereiro de 2021

Cabo Verde publica o Plano Nacional de Introdução e Vacinação contra a COVID-19.

Foi publicada no B. O. nº 19, de 18 de fevereiro de 2021, a Resolução nº 18/2021, do Conselho de Ministros, que aprova o Plano Nacional de Introdução e Vacinação contra a COVID-19.

A Resolução informa que o Ministério da Saúde e Segurança Social (MSSS), através da Comissão Nacional de Coordenação e dos Grupos Técnicos de Trabalho elaborou o Plano Nacional de introdução e vacinação contra a COVID-19, como medida adicional de resposta à pandemia, considerada emergência de saúde pública de âmbito internacional.

De acordo com o Plano Nacional, a vacina será gratuita para todas as faixas etárias, identificando-se neste os grupos alvo prioritários para a vacinação na primeira fase:

Profissionais de saúde; Pessoas com doenças crónicas (hipertensão arterial, diabetes); População com idade ≥ 60 anos; Profissionais hoteleiros e ligados ao turismo; Profissionais dos pontos de entrada (aeroportos e portos internacionais); Professores e pessoal de apoio nas escolas; Polícia Nacional; Forças Armadas e Serviço Nacional de Proteção Civil e Bombeiros.

 

Para o efeito será necessária a aquisição de 267.293 doses para toda a população alvo acima mencionada, no total 111.372 pessoas, sendo que o país pretende vacinar 60% da população até 2023, sendo 20% em 2021, 20% em 2022 e 20% em 2023.

 

Como tinha sido noticiado, a Resolução nº 171/2020, de 18 de dezembro, criou a Comissão Nacional de Coordenação (CNC) para a introdução da vacina contra a COVID-19, integrando representantes dos setores públicos e privados, da sociedade civil e das organizações internacionais em Cabo Verde.


Notícias

22 de fevereiro de 2021

Novo Toolkit da FIP realça valor dos farmacêuticos na Reconciliação Terapêutica

A Federação Internacional Farmacêutica (FIP) publicou hoje um Toolkit para o serviço de Reconciliação Terapêutica, para apoiar os farmacêuticos a nível global na melhoria da segurança do cidadão e contribuir para o Global Patient Safety Challenge da Organização Mundial da Saúde (OMS) — “Medication without harm”. Sob este Programa de Mudança, a OMS lista as transições entre níveis de cuidados de saúde como uma das três áreas prioritárias que precisam de ação eficaz para proteger os utentes.

As transições de cuidados de saúde (como a admissão num estabelecimento de saúde, transferência de ambiente hospitalar através de uma alta clínica, e também entre diferentes prescritores em ambiente comunitário) podem causar danos ao utente devido a mudanças não intencionais na medicação ou comunicação deficiente. Uma revisão recente da Cochrane, por exemplo, descobriu que 55,9% dos utentes correm o risco de ter uma ou mais discrepâncias de medicação nas transições entre cuidados de saúde. Essas discrepâncias de medicação podem levar a doenças secundárias, internamentos hospitalares e até mortes. A reconciliação terapêutica é um processo padronizado que envolve a obtenção de uma lista abrangente de medicamentos atuais do utente e a sua revisão em relação aos medicamentos solicitados ou usados ​​em qualquer novo ambiente, para identificar e resolver quaisquer discrepâncias na frequência, via de administração, dose, esquema terapêutico e finalidade terapêutica do medicamento .

 "A reconciliação terapêutica representa um serviço fundamental em todas as transições de cuidados de saúde e, quando liderada por farmacêuticos, é eficaz na redução dos danos aos utentes relacionados com medicamentos. Com este serviço, os farmacêuticos podem aplicar o seu conhecimento sobre medicamentos para minimizar erros e otimizar o uso de medicamentos, resultando em impactos positivos no utente, resultados clínicos e económicos. A reconciliação terapêutica deve ser praticada em todos os ambientes de saúde”, disse a CEO do FIP, Catherine Duggan.

 O Toolkit da FIP sobre Reconciliação Terapêutica descreve os princípios e processos importantes que os farmacêuticos devem seguir ao prestar este serviço profissional. O documento resume as definições, o impacto e os procedimentos para a implementação da reconciliação terapêutica liderada por farmacêuticos em ambientes de saúde comunitários, e hospitalares e oferece um conjunto de ferramentas para apoiar a prática profissional.

 "A reconciliação terapêutica pode eliminar as discrepâncias de medicamentos nas transições entre cuidados de saúde, se os recursos necessários forem disponibilizados. O Toolkit da FIP também pode ser usado como um guia para informar modelos de prática e influenciar decisores e profissionais de farmácia para configurar ou remodelar processos de reconciliação terapêutica”, acrescentou Catherine Duggan.


 A FIP vai realizar um webinar gratuito sobre Reconciliação Terapêutica, com base no Toolkit, em março.

 O Documento "Medicines reconciliation: A toolkit for pharmacists” pode ser acedido aqui.



Notícias

22 de fevereiro de 2021

Portugal já tem a taxa de transmissão mais baixa da Europa

Especialistas e o Governo voltaram a reunir-se, esta segunda-feira, no Infarmed, para avaliar a situação epidemiológica da Covid-19 em Portugal. Já se regista uma "descida muito significativa e expressiva da incidência" nos últimos 14 dias no país e especialista apontaram que imundade de grupo pode ser atingida em agosto.

No mês de janeiro, Portugal sentiu como nunca tinha sentido o impacto da pandemia: para além do recordes de novos casos diários houve recordes no número de óbitos e uma maior pressão sobre os hospitais. Mas, nas últimas semanas, houve melhorias a destacar, entre elas o facto de Portugal apresentar nesta altura a menor taxa de transmissão de Covid-19 da Europa. Ainda assim, os especialistas pedem cautela.

Na reunião que juntou epidemiologistas, especialistas em saúde pública e dirigentes políticos na sede do Infarmed, em Lisboa, e começando por fazer uma contextualização da situação epidemiológica em Portugal nos últimos 14 dias, André Peralta Santos afirmou que "houve uma consolidação da tendência de descida" de novos casos e "uma descida significativa e expressiva da incidência".

"Estamos, ao dia 20, com uma incidência de 322 casos por 100 mil habitantes", afirmou Peralta Santos, da Direção-Geral da Saúde. "E ainda com uma variação semanal de descida bastante acentuada".

Embora a incidência cumulativa a 14 dias por 100 mil habitantes tenha descido, "há zonas do território ainda com incidências relativamente altas", principalmente na região de Lisboa e Vale do Tejo, no Centro e no Alentejo.

"Há já só alguns municípios com incidência superior a 960", confirmou ainda o especialista, acrescentando que "já há vastas faixas do território com uma incidência inferior a 240 casos por 100 mil habitantes".

Fonte e notícia completa: www.rtp.pt/noticias/covid-19/reuniao-infarmed-portugal-ja-tem-a-taxa-de-transmissao-mais-baixa-da-europa_n1299350 


Notícias

20 de fevereiro de 2021

Manual sobre doenças transmitidas por vetores traduzido para português

O Memorando de Entendimento estabelecido entre a Federação Internacional Farmacêutica (FIP) e a Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa (AFPLP), em novembro passado, identifica diversos domínios de interesse mútuo, entre os quais a tradução para português de documentos relevantes para a intervenção farmacêutica nos países lusófonos. 

Nesse âmbito, a AFPLP, procedeu à tradução do documento “Doenças transmitidas por vetores: um manual para os farmacêuticos”, promovendo assim a divulgação de referenciais e boas práticas para o exercício profissional farmacêutico. 

A tradução tem como objetivo promover a divulgação e utilização deste importante instrumento no espaço lusófono para suporte às atividades de prevenção, controlo, gestão e tratamento de doenças. 

O documento, agora traduzido em português, pode ser acedido em https://www.fip.org/file/4955.


Notícias

19 de fevereiro de 2021

Conteúdos formativos – alargamento do prazo

No âmbito da parceria entre a AFPLP e o Infosaúde, informamos que os seguintes conteúdos, inicialmente divulgados no último trimestre de 2020, ficam disponíveis para todos os farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa durante o 1º semestre de 2021: 


  • COVID19 Módulo1 Conhecimento essencial (e-Learning)

  • Máscaras e equipamento de proteção individual (webinar)


 Estão disponíveis em formato online, são de acesso gratuito e podem ser acedidas até ao dia 30 de junho de 2021.


Notícias

17 de fevereiro de 2021

Formações Obstetrícia - Monitorização Fetal Intraparto

Os webinars Health4Moz continuam ao seu lado, gratuitos e agora com um programa de cursos avançados de Obstetrícia, em parceria com a AMOG (Associação Moçambicana de Obstetras e Ginecologistas).

Mais uma vez contamos com o apoio da Ordem dos Médicos de Portugal, da Ordem dos Médicos de Moçambique e do Ministério da Saúde de Moçambique.

Este sábado, dia 20, teremos o terceiro e último tema, Monitorização Fetal Intraparto.

Das 10h00 às 13h30 (hora de Moçambique), 08h00 às 11h30 (hora de Portugal) assista a este webinar, através do link em baixo (disponível apenas na hora da respetiva sessão).

Assista aqui ao webinar

PROGRAMA

TEMAS:

Fisiologia da oxigenação fetal

Principais objetivos de monitorização fetal intraparto.

Métodos de monitorização fetal intraparto (auscultação intermitente, CTG)

Casos clínicos 



MODERADORES:

PROF. DOUTORA CARLA RAMALHO

DR.ª EULÁLIA MACOVALE DAUANE


FORMAÇÃO:

PROF. DOUTORA INÊS NUNES

CHP-CMIN. ICBAS


Notícias

14 de fevereiro de 2021

Declarado novo surto de ébola na Guiné-Conakry

As autoridades de saúde da Guiné-Conakry declararam hoje um surto de ébola na comunidade rural de Gouéké, na província de N´Zerekore, depois de três casos de ébola terem sido confirmados pelo laboratório nacional. É a primeira vez que a doença é reportada no país desde que um surto terminou em 2016.

As primeiras investigações apuraram que uma enfermeira do centro de saúde local morreu no dia 28 de janeiro de 2021. Após o seu enterro, seis pessoas que assistiram ao funeral relataram sintomas semelhantes ao ébola e duas delas morreram, enquanto as outras quatro foram hospitalizadas.

A Guiné foi um dos três países mais afetados no surto de ébola na África Ocidental de 2014-2016, o maior desde que o vírus foi descoberto pela primeira vez em 1976.

No contexto da AFPLP é de relembrar a as fronteiras com a Guiné-Bissau apesar do surto ter surgido numa região do interior a sul do país.

Mais informações aqui


Notícias

12 de fevereiro de 2021

FIP apoia vacinação por farmacêuticos

A Federação Internacional Farmacêutica (FIP) produziu uma ferramenta para consolidar estratégias e criar as estruturas regulamentares necessárias para combater a pandemia de COVID-19 através de programas de vacinação liderados por farmacêuticos.

Os ministérios da saúde e as autoridades reguladoras da profissão farmacêutica podem usar esse recurso que foi desenvolvido com base nas experiências de autoridades reguladoras da profissão farmacêutica em países onde a vacinação e os testes de rastreio foram introduzidos e regulamentados com sucesso nas farmácias comunitárias.

Considerando as atuais e futuras vagas de COVID-19, a ferramenta da FIP visa ajudar os decisores políticos a avaliar a preparação para uma pandemia e o estado da legislação em cada país, a fim de facilitar a vacinação em massa através dos farmacêuticos. Consiste numa checklist que ajuda a identificar quais são as ações prioritárias relacionadas à vacinação, testes, prescrição e gestão da cadeia de abastecimento de medicamentos.

A ferramenta pode ser acedida em https://www.fip.org/files/content/priority-areas/coronavirus/Vaccines/2021-02_FIP_PBV_regulatory_self-assessment_tool.pdf.


Poderá encontrar todas as informações sobre o Programa da FIP "Transformação da Vacinação" em https://transformingvaccination.fip.org/collection/.


Notícias

11 de fevereiro de 2021

Primeira Reunião Oficial da Ordem do Farmacêuticos e Técnicos de Farmácia da Guiné-Bissau

A Ordem do Farmacêuticos e Técnicos de Farmácia da Guiné-Bissau (OFTEC-GB) realizou no passado dia 26 de janeiro a primeira reunião com os proprietários das Farmácias e as associações que as representam tendo como objetivo a divulgação dos objetivos e funções da OFTEC-GB e realçar a obrigatoriedade de assegurar Técnicos de Farmácias no funcionamento das farmácias da Guiné-Bissau. Foram também discutidos prioritários para o exercício profissional em farmácia de oficina, designadamente a retirada dos enfermeiros que têm assumido funções nas farmácias, a necessidade de revisão salarial e a formação e reciclagem dos técnicos de farmácia.

A OFTEC-GB realizou no passado dia 24 de outubro de 2020, as primeiras eleições. A prioridade da Associação é restruturar, proteger e dinamizar a profissão Farmacêutica na Guiné-Bissau, ciente da importância crucial da profissão farmacêutica para o desenvolvimento da saúde e do país.


Notícias

11 de fevereiro de 2021

Apelo aos Chefes de Estado da União Africana para Ratificar o Tratado da Agência Africana do Medicamento

As Associações de Doentes, da Sociedade Civil e Organizações Juvenis, Parcerias de Desenvolvimento de Produtos, Indústrias Farmacêuticas e da Saúde e todas as partes interessadas que se esforçam para melhorar a saúde pública global, acolhem o Tratado da Agência Africana do Medicamento (AMA) feito na 32ª sessão ordinária da Assembleia da União Africana União (UA) em 2019. Apelam agora para que todos os Estados Membros da UA ratifiquem o Tratado, que já foi assinado por 19 países e ratificado por 8 países. Este é um forte compromisso dos Estados Membros da UA e, portanto, instam todos os países da UA a ratificar o Tratado como uma questão de prioridade.

No comunicado, pode-se ler que "Acreditamos que é fundamental estabelecer um órgão regulador continental para reduzir a complexidade das estruturas regulatórias e, portanto, permitir que todos os doentes na África tenham acesso atempado a medicamentos de qualidade que sejam seguros e eficazes. Esta nova agência é parte integrante do Plano Global de Segurança do Doente da OMS 2020-2030. Apoiamos o compromisso da Região Africana da OMS para com a Agência Africana do Medicamento, entregue pelo governo do Quênia no Conselho Executivo da OMS em janeiro de 2021.

A pandemia de COVID-19 destacou a importância da harmonização regulamentar no contexto das emergências de saúde pública e a necessidade de uma autoridade reguladora continental competente para aprovar e monitorizar vacinas, medicamentos com novas indicações, medicamentos inovadores e tecnologias de saúde, em tempo útil."



Além disso, um forte sistema regulamentar unificado contribuiria enormemente para o combate a medicamentos falsificados e de baixa qualidade no continente africano. A vigilância coordenada do mercado, a recolha centralizada de informações e a partilha de dados entre os países devem complementar e fortalecer os esforços nacionais para reduzir a circulação de produtos falsificados e aumentar o acesso a produtos seguros e inovadores.

O estabelecimento da Agência Africana do Medicamento abrirá mais oportunidades para impulsionar as capacidades locais de fabrico, a participação dos países na investigação clínica e outras atividades de desenvolvimento científico.



Considerando o explosto, solicitamos:

1. Os Estados Membros da UA devem ratificar o Tratado da AMA e permitir a implementação operacional do sistema regulamentar continental que irá beneficiar os doentes, reguladores e sistemas de saúde em África.

2. O Conselho de Administração da Agência Africana do Medicamento deve recorrer a todos os conhecimentos especializados disponíveis da academia, organismos de investigação, setor privado e comunidade e grupos de doentes para fornecer orientação técnica em áreas específicas de especialização regulamentar.

3. O Conselho de Administração da Agência Africana do Medicamento deve reconhecer os doentes como parceiros-chave nas estruturas de gestão e desenvolvimento da futura Agência."



Mais informações aqui


Notícias

11 de fevereiro de 2021

Mark Wainberg Fellowship Programme: Convite à apresentação de candidaturas

É clínico(a) a exercer funções na África subsariana?
Está interessado(a) em tornar-se especialista em VIH?

O IAS – the International AIDS Society – convida-o(a) a candidatar-se ao Mark Wainberg Fellowship Programme: Especialistas em Prestação de Serviços de VIH.

O Mark Wainberg Fellowship Programme está a recrutar profissionais de saúde para passarem o seu tempo em centros especializados de VIH e terão oportunidade de desenvolver as suas competências clínicas e de pesquisa e, por fim, receberem um diploma de pós-graduação em VIH.

O programa oferece formação avançada em gestão médica de pessoas que sofrem de VIH e Sida, desde o diagnóstico até ao tratamento, incluindo comorbidades. O programa dará ênfase aos cuidados apropriados de grupos de pacientes diferentes, incluindo populações chave. Para mais informações sobre o conteúdo, consulte o Currículo.



A data limite das candidaturas é 7 de março de 2021. O formulário da candidatura está em inglês, francês e português.




Em muitos países africanos, há a necessidade não satisfeita da formação de pessoal médico que procura a especialização em VIH. O Mark Wainberg Fellowship Programme, uma iniciativa do IAS Educational Fund, pretende contribuir para melhorar a qualidade da prestação de serviços relacionados com VIH em contextos de recursos limitados, oferecendo bolsas de dois anos a dois clínicos da África subsariana, que passarão um ano na Europa e um ano em África, em instituições clínicas

Para saber mais sobre o programa da bolsa, incluindo as principais datas, critérios de elegibilidade e o processo de candidatura, visite o website ou contacte mwfellowship@iasociety.org.


Notícias

11 de fevereiro de 2021

Ressurgimento do Ébola em Kivu do Norte, na República Democrática do Congo

O Ministério da Saúde da República Democrática do Congo (RDC) anunciou a 7 de fevereiro que um novo caso de Ébola foi detectado em Butembo, uma cidade na província de Kivu do Norte, onde um surto anterior foi declarado encerrado em junho de 2020.

A filial de Butembo do Instituto Nacional de Investigação Biomédica (INRB) confirmou a presença do vírus Ébola em amostras recolhidas de uma doente com sintomas semelhantes aos do Ébola, que procurou tratamento num centro de saúde local. A doente, que entretanto faleceu, era esposa de um sobrevivente do Ébola.

Butembo foi um dos epicentros do surto anterior de Ebola no leste da RDC. Não é incomum que casos esporádicos ocorram após um grande surto.

Devido à enorme capacidade local construída no surto anterior, as autoridades de saúde da Província de Kivu do Norte estão a liderar a resposta atual com o apoio do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde (OMS). A OMS ofereceu formação e treino a técnicos de laboratório, rastreadores de contato, equipas de vacinação locais auxiliou grupos comunitários para aumentar a consciencialização sobre o Ébola, bem como implementar um programa para sobreviventes do vírus.

“A experiência e a capacidade das equipas de saúde locais foram fundamentais para detectar este novo caso de Ébola e abrir caminho para uma resposta oportuna”, disse a Doutora Matshidiso Moeti, Diretora Regional da OMS para a África. “A OMS está a oferecer apoio às autoridades de saúde locais e nacionais para rastrear, identificar e tratar rapidamente os contactos para impedir a propagação do vírus.”

Os epidemiologistas da OMS estão a investigar o caso. Já foram identificados mais de 70 contatos. A desinfeção dos locais visitados pela doente está também em curso.

As amostras da doente confirmada de Ébola foram enviadas para o laboratório principal do Instituto Nacional de Investigação Biomédica em Kinshasa para sequenciamento do genoma para identificar a estirpe do Ébola e determinar a sua ligação com o surto anterior.

O décimo surto de Ebola na RDC, que durou quase dois anos, foi o segundo maior do mundo e, quando terminou, registaram-se 3.481 casos, 2.299 mortes e 1.162 sobreviventes.

A resposta ao surto foi particularmente desafiadora devido à insegurança que interrompeu os esforços de emergência.

Mais informações aqui


Notícias

11 de fevereiro de 2021

Plano de Impementação e Vacinação contra a COVID-19 em São Tomé e Príncipe

Decorreu de 11 a 15 de janeiro, o Atelier de Desenvolvimento do Plano de Implementação e Vacinação contra a COVID-19 que teve como objetivo a preparação do plano de ação, desde a chegada das vacinas ao país até à vacinação da população.

Para tal, foi composta a Comissão Nacional de Coordenação trabalhou na estrutura do plano nacional de operacionalização da vacinação contra a COVID-19, discutida neste Atelier com diversos intervenientes, nomeadamente Delegados de Saúde, representantes do Fundo Nacional de Medicamento, do Departamento Farmacêutico, da Comunicação de Risco, Vigilância e Monitorização pós imunização, Estatística, contando com a participação de representantes de parceiros como o Banco Mundial (BM), Organização Mundial da Saúde (OMS) e Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

O Plano Nacional de introdução da vacina Covid19 em São Tomé e Príncipe conta com a integração de farmacêuticos, tanto na equipa de coordenação como na equipa técnica. O plano já finalizado aguarda a validação pelo Governo Santomense e será submetido à Gavi (Aliança Global para Vacinas e Imunização).


Notícias

11 de fevereiro de 2021

Cabo Verde cria Comissão de Coordenação para a introdução da vacina contra a COVID-19

Cabo Verde criou, através de Resolução de Conselho de Ministros, a Comissão Nacional de Coordenação para a introdução da vacina contra a COVID-19.


A Resolução nº 171/2020 informa que aproximadamente um ano após a notificação do primeiro caso positivo do vírus SARS-CoV-2 na China, a Organização Mundial da Saúde (OMS) colidera uma iniciativa mundial, denominada COVAX (Programa de Aceleração e Alocação Global de Recursos Contra o novo coronavírus), com o objetivo de impulsionar o desenvolvimento de vacinas para combater a pandemia da COVID-19 e ajudar a produção e distribuição dos medicamentos mais eficazes, assim que disponíveis.


Cabo Verde aderiu ao Programa COVAX, visando contar com o apoio dessa aliança internacional no acesso às vacinas. Neste quadro, seguindo as recomendações da OMS, a Resolução nº 171/2020 cria a Comissão Nacional de Coordenação (CNC).


A CNC é um órgão deliberativo que integra os representantes dos setores públicos e privados, da sociedade civil e das organizações internacionais em Cabo Verde. Esta comissão tem a missão de planificar, coordenar, supervisionar e avaliar a implementação das ações relativas à introdução da vacina contra a COVID-19 no território nacional, sendo presidida pelo representante do Ministério da Saúde e da Segurança Social (MSSS).


Destaca-se a participação de um farmacêutico na Comissão Técnica Multidisciplinar que assiste a Comissão Nacional de Coordenação.


Mais informações aqui


Notícias

8 de fevereiro de 2021

Rede de Embaixadores da AFPLP

O conceito da criação de uma rede de Embaixadores da AFPLP foi aprovado na Assembleia Geral de 25 de novembro. Realizou-se a 4 de fevereiro a primeira reunião desta rede, presidida pelo Presidente Helder Mota Filipe e com a participação dos representantes de todos os países. Durante a reunião foi salientada a pertinência e relevância desta iniciativa e ficou bem expressa a motivação por parte dos Embaixadores da AFPLP para assumir as funções, colaborando para a melhoria da comunicação e promovendo assim a aproximação dos farmacêuticos dos países da AFPLP.

Leia mais aqui.


Notícias

1 de fevereiro de 2021

Misau e Farmacêuticos apostados na Prevenção e Combate à Automedicação, Falsas Terapias e Especulação de Preços de Medicamentos e Artigos Médicos


No âmbito das reuniões com as organizações e entidades sócio-profissionais da saúde, visando o aprimoramento das acções de prevenção e combate à Covid-19 no país, Sua Excelência Professor Doutor Armindo Tiago, Ministro da Saúde, reuniu na última Sexta-feira, 29 Janeiro de 2021, em Maputo, com a Associação dos Farmacêuticos de Moçambique.

No encontro, Sua Excelência o Ministro da Saúde partilhou o estágio das acções em curso, no que concerne às actividades de prevenção e cuidados clínicos dos pacientes com Covid-19 no país.

Saiba mais aqui


Notícias

1 de fevereiro de 2021

Reunião do Conselho Diretivo

O Conselho Diretivo da AFPLP reuniu-se virtualmente no dia 28 de janeiro com a representação de todos os países que integram a AFPLP com a exceção de Moçambique. Durante a reunião foram partilhadas informações sobre atividades em curso ou em preparação e discutiram-se questões relativas à implementação de módulos de formação contínua previstos para 2021, o adiamento da retoma do programa de estágios devido à pandemia e o funcionamento de uma rede de Embaixadores da AFPLP com o objetivo de colmatar algumas lacunas de comunicação.


Notícias

29 de janeiro de 2021

Cursos Obstetrícia - Hipertensão na Gravidez

Os webinars Health4Moz continuam ao seu lado, gratuitos e agora com um programa de cursos avançados de Obstetrícia, em parceria com a AMOG (Associação Moçambicana de Obstetras e Ginecologistas).

Mais uma vez contamos com o apoio da Ordem dos Médicos de Portugal, da Ordem dos Médicos de Moçambique e do Ministério da Saúde de Moçambique.

Este sábado, dia 30, teremos o segundo tema, Hipertensão na Gravidez.

Das 09h00 às 12h30 (hora de Moçambique), 07h00 às 10h30 (hora de Portugal) assista a este webinar, através do link em baixo (disponível apenas na hora da respetiva sessão).


Assista aqui ao webinar


PROGRAMA

TEMAS:

Classificação das doenças hipertensivas da gravidez.

Rastreio e prevenção de pré-eclampsia.

Vigilância e tratamento das doenças hipertensivas na gravidez.

Risco tromboembólico



MODERADORES:

PROF. DOUTORA CARLA RAMALHO

PROF. DOUTORA FERNANDA MACHUNGO



FORMAÇÃO:

DR.ª ANA PAULA MACHADO (CHUSJ, SPOMMF)

DR.ª CARLA PEIXOTO (CHUSJ)

DR.ª MARIANA GUIMARÃES (CHUSJ, FMUP)


Notícias

28 de janeiro de 2021

Moçambique estabelece Diretrizes de Aprovação de Emergência Durante a Fase da Pandemia COVID-19

​Através do despacho Ministerial datado de 18 de Janeiro de 2021, foram aprovadas as diretrizes que fixam e clarificam os requisitos e procedimentos para a autorização de emergência, importação, distribuição, uso e monitorização de medicamentos, vacinas e dispositivos de diagnóstico in vitro durante a fase da pandemia.

Para aceder o despacho, clique em http://www.arm.co.mz/directrizes-de-aprovacao-de-emergencia-durante-a-fase-da-pandemia-covid-19/


Notícias

27 de janeiro de 2021

FIP e OMS desenvolvem novo guia curricular para melhorar a ação contra os medicamentos falsificados

A Federação Farmacêutica Internacional (FIP) e a Organização Mundial da Saúde (OMS) publicaram um novo guia curricular para apoiar docentes e pessoal envolvido na formação de farmacêuticos na sensibilização dos cidadãos para a contrafação de medicamentos. Em 2017, a OMS estimou que um em cada dez medicamentos em países de baixo e médio rendimento estavam abaixo dos padrões de qualidade, segurança e eficácia, colocando em risco a população e os cuidados prestados.

"Os profissionais de saúde são essenciais para detetar e denunciar medicamentos falsificados ou de baixa qualidade que penetraram nas cadeias de abastecimento, bem como na educação e aconselhamento aos doentes expostos a estes produtos. No entanto, temos conhecimento de barreiras à notificação, incluindo a falta de consciencialização e sistemas de reporte complexos. Uma solução proposta pela OMS foi a produção de um currículo educacional modular para melhorar a notificação e as intervenções. A FIP tem a honra de ter assumido o desafio de desenvolver este currículo para os futuros farmacêuticos ”, refere Dominique Jordan, presidente da FIP.

O guia curricular é uma ferramenta para a formação em medicamentos de baixa qualidade, que pode ser adaptado às necessidades das instituições académicas. O guia contém um quadro de competências e aspetos práticos de implementação e é complementado com módulos que se alinham com a estratégia de prevenção-deteção-resposta da OMS para que os farmacêuticos saibam como identificar medicamentos com alto risco de contrafação, evitar que estes produtos cheguem à cadeia de abastecimento, detetar e reportar às autoridades competentes e intervir para prevenir danos no doente.

Estes materiais, que oferecem aos docentes farmacêuticos recursos de ensino e orientação prática, foram desenvolvidos com o apoio da Comissão Europeia, e em colaboração com a Conferência Internacional das Ordens dos Farmacêuticos de Língua Francesa, a Associação dos Farmacêuticos da Commonwealth e cinco universidades na África Subsaariana , região particularmente vulnerável a esses produtos.

"Os medicamentos de baixa qualidade são uma ameaça constante, abrangente e inaceitável na saúde pública. A estratégia holística da OMS de prevenção, deteção e resposta a estes produtos exige uma integração total dos farmacêuticos. A sua posição única, como protetores da integridade da cadeia de abastecimento, permite-lhes salvaguardar a qualidade e segurança dos medicamentos antes da sua distribuição e uma vigilância indispensável. No entanto, muito poucos farmacêuticos têm formação sobre o tema durante ou após a sua formação-base. Este projeto aborda uma lacuna na formação das instituições de ensino e promove o papel essencial dos farmacêuticos nesta problemática”, revela Pernette Bourdillon-Esteve, líder da equipa "Incidents and Substandard/Falsified Medical Products”, da OMS.

O presidente da FIP acrescenta ainda que "este recurso é projetado para aumentar e melhorar os níveis de formação e sensibilização dos farmacêuticos sobre os medicamentos falsificados. Acreditamos que será útil não só para os nossos colaboradores, mas também para mais países da região africana e não só.”

​O "Currículo para estudantes de Ciências Farmacêuticas sobre medicamentos falsificados e substandard: guia de currículo e quadro de competências” está disponível aqui.


Notícias

27 de janeiro de 2021

Situação da COVID-19 nos países da AFPLP


Notícias

25 de janeiro de 2021

UNILÚRIO pesquisa plantas medicinais para cura de doenças respiratórias

A Universidade Lúrio (UNILÚRIO) está a desenvolver um estudo sobre o uso de plantas medicinais para a cura de doenças respiratórias. Um dos farmacêuticos envolvidos na pesquisa defende o uso de “bafo” [inalação de vapores] com folhas de eucalipto e limoeiro para a limpeza das vias respiratórias.


Uma equipa composta por docentes de vários ramos, estudantes da faculdade de Ciências de Saúde da Universidade Lúrio em Nampula e praticantes da medicina tradicional, iniciou uma pesquisa no ano passado que visa identificar plantas medicinais que curam doenças respiratórias para depois definir o modo de toma, assim como as quantidades recomendadas, num contexto em que 80% da população nacional recorre à medicina tradicional, primeiro, para tratar os seus problemas de saúde e 90% do medicamento tradicional em África provém de plantas.


Fonte: https://noticias.mmo.co.mz/2021/01/unilurio-pesquisa-plantas-medicinais-para-cura-de-doencas-respiratorias.html#ixzz6mFtJR4IH


Notícias

20 de janeiro de 2021

Farmacêuticos Brasileiros comemoram Dia do Farmacêutico

Dia 20 de janeiro é dia de homenagear o farmacêutico brasileiro. A data foi escolhida com base na fundação da Associação Brasileira de Farmacêuticos (ABF), em 1916, na época a maior instituição de representação de farmacêuticos.


Para a valorização e estímulo do profissional farmacêutico, a para que o dia 20 de janeiro seja marcado pelo reconhecimento daqueles que lutam em prol da atividade farmacêutica, foi criada pelo Conselho Federal de Farmácia, em janeiro de 1998, a Comenda do Mérito Farmacêutico que visa distinguir farmacêuticos e autoridades pelos relevantes serviços prestados à profissão cuja entrega é realizada durante as comemorações do Dia do Farmacêutico.


Atualmente, segundo dados do Conselho Federal de Farmácia, o Brasil conta com mais de 229 mil farmacêuticos, que exercem atividades em diversas áreas de intervenção.


A AFPLP endereça os parabéns a estes profissionais da saúde que têm percorrido um longo trajeto de reforço da sua intervenção sempre a cuidar das pessoas, atentos à segurança dos doentes e ao uso racional de medicamentos.


Notícias

18 de dezembro de 2020

São Tomé e Príncipe aprova Agência Reguladora ARFAMED

O Ministério da Saúde de São Tomé e Príncipe, sob proposta da Direção dos Cuidados de Saúde e do Departamento Farmacêutico, aprovou recentemente a proposta de criação da ARFAMED, Autoridade Reguladora do Sector Farmacêutico no país, que tem em vista a melhoria do acesso da população aos medicamentos essenciais seguros, eficazes e de qualidade e o uso racional dos mesmos, bem como uma regulação mais eficiente do exercício farmacêutico.


Notícias

18 de dezembro de 2020

Farmacêuticos portugueses podem realizar testes rápidos de antigénio em Farmácias Comunitárias

Teve início a 16 de dezembro a segunda fase da estratégia de utilização de testes rápidos de antigénio para o SARS-CoV-2, que alarga a sua realização a todas as unidades de saúde com registo na ERS. A nova Circular Normativa Conjunta do Infarmed, DGS e INSA inclui claramente os farmacêuticos entre os profissionais habilitados para prestação do serviço.

O novo normativo refere os profissionais competentes e legalmente habilitados para realização destes testes à população, onde se incluem médicos, enfermeiros, farmacêuticos, biólogos especialistas em Análises Clínicas, mas também colaboradores dos laboratórios clínicos e outro pessoal técnico qualificado.

Ao longo da circular são descritos requisitos de instalações, biossegurança e comunicação ao utente, ao médico prescritor, às autoridades (através do SINAVElab, para o qual se apresentam instruções de registo e procedimentos) e ao Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, enquanto laboratório de referência, para monitorização do número de testes realizados no País.

Apresentam-se ainda recomendações para realização dos testes, que devem ser executados imediatamente após a colheita da amostra, sem recurso a refrigeração ou congelamento, para não afetar os resultados, ou para identificação do teste imunocromatográfico, entre outras. 

Mais informações em https://www.ordemfarmaceuticos.pt/pt/noticias/farmaceuticos-podem-realizar-testes-rapidos-de-antigenio/


Notícias

18 de dezembro de 2020

Resolução AFPLP - Áreas fundamentais de formação pré-graduada para farmacêuticos no espaço lusófono

Durante a Assembleia-Geral da AFPLP, a 25 de novembro, foi aprovada a Resolução sobre Formação Farmacêutica, “áreas fundamentais de formação pré-graduada para farmacêuticos no espaço lusófono"; que espelha a aspiração de harmonizar um quadro formativo e da intervenção farmacêutica no espaço lusófono, considerando os critérios mínimos que os países devem adotar para o reconhecimento de formação de farmacêuticos. Esta resolução é uma orientação para a atualização ou desenvolvimento de um plano curricular nuclear para a formação académica pré-graduada de farmacêuticos, suscetível de poder ser adotada pelas entidades competentes de cada país como critério para a regulação do acesso ao exercício da profissão farmacêutica.


Na Resolução é reconhecida a importância de promover a formação de um maior número de profissionais farmacêuticos nos países do espaço lusófono, a importância de convergir para um quadro harmonizado de formação e intervenção farmacêutica no espaço lusófono e de promover o alinhamento com os Princípios de Nanjing sobre educação em Farmácia e Ciências Farmacêuticas da FIP (FIP Nanjing Statements), enquanto instrumento de transformação da formação farmacêutica a ser consultado e adaptado a nível nacional.

É estabelecido, nos limites da intervenção da AFPLP, o quadro de suporte para o desenvolvimento de um plano curricular nuclear, independentemente de outras áreas que possam ser consideradas em cada currículo, de modo a garantir a formação de profissionais de saúde detentores de uma vasta e bem alicerçada base científica, e dotados de formação farmacêutica nas diferentes valências do medicamento, produtos de saúde, análises clínicas e demais análises químico-biológicas.

Considerando a perceção clara de que a implementação desta Resolução implica o envolvimento de diferentes intervenientes, esta inclui recomendações dirigidas aos governos e decisores políticos, às universidades, às organizações membros da AFPLP e aos farmacêuticos em geral, registando também os compromissos assumidos pela AFPLP.


Notícias

18 de dezembro de 2020

Ministério da Saúde Pública da Guiné Bissau recruta farmacêuticos

O Ministério da Saúde Pública da Guiné-Bissau abriu recentemente 4 concursos para profissionais de saúde, farmacêuticos incluídos, sendo constituídas as seguintes vagas:

  • Assistant Technique International en Suivi-Évaluation

  • Logisticien (niveau International)

  • Spécialiste en Gestion d’Approvisionnement et Stock

  • Pharmacien/Biologiste International


  • Poderá encontrar mais informação nos documentos em anexo. As candidaturas decorrem até às 12:00 do dia 25 de janeiro de 2021. Mais informações aqui.


    Notícias

    18 de dezembro de 2020

    Moçambique cria autoridade para gestão de medicamentos

    A GESTÃO de medicamentos no país poderá melhorar, com a entrada em funcionamento da Autoridade Nacional Reguladora de Medicamento (ANARME), cujos estatutos foram aprovados no dia 24 de novembro, pelo Governo.

    De acordo com o porta-voz da 41ª sessão ordinária do Conselho de Ministros, Filimão Suazi, os estatutos delimitam as regras de organização, gestão, funcionamento e definição das competências dos órgãos da ANARME.

    Pretende-se assim melhorar a gestão de medicamentos e sua distribuição.


     


    Notícias

    17 de dezembro de 2020

    Pandemia fortalece conceito de ´´nova farmácia´´ pós-COVID

    As farmácias tornaram-se importantes pontos de apoio à saúde durante a pandemia. Após a liberalização da realização dos testes rápidos de COVID-19, em abril deste ano, as farmácias já fizeram cerca de um milhão de testes, de acordo com dados da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias. Desse total de exames, 14% deram resultados positivos e 86%, negativos. Em outubro, passou a vigorar a Lei nº 20.347/2020, que regulamenta a disponibilização dos testes para a COVID-19 nas farmácias.

    A Lei prevê que os resultados dos testes sejam entregues aos utentes e permite a sua realização na modalidade drive-thru ou em espaço externo às farmácias, com o propósito de manter a segurança de todos.

    A realização dos testes de COVID-19 nas farmácias é só mais um exemplo da capacidade que elas têm de prestar serviços de assistência à saúde da população. Especialistas do setor já falam do surgimento de uma nova farmácia no pós-COVID, mais ativa e próxima da prestação de serviços à população, mais focada na prevenção e na manutenção da saúde, em vez de serem apenas um ponto de venda de produtos.

    Mais informações em: https://www.cff.org.br/noticia.php?id=6083&titulo=Pandemia+fortalece+conceito+de+%22nova+farm%C3%A1cia%22+p%C3%B3s-covid


    Notícias

    17 de dezembro de 2020

    Órgãos Sociais da Ordem dos Farmacêuticos de Angola

    O Professor Santos Morais Nicolau é o novo Bastonário da Ordem dos Farmacêuticos de Angola (OFA). Os órgãos socias da atual equipa têm a seguinte composição:



    Conselho Nacional

    Presidente: Santos Morais Nicolau

    Vice-Presidente para área administrativa: Mateus Fernandes

    Vice-Presidente para a área técnica: António Zangulo

    Secretária geral: Antónia Buanga



    Vogais:

    Helena Vilhena (área hospitalar)

    Suzana Sambo (área de análises clínicas)

    Ana Leónida (área de farmácia comunitária)

    Sadi Sambo (área de indústria)

    Pombal Mayembe (área de deontologia e ensino)

    João Mafuco Mendonça (ASSOFARMA)

     

    Conselho Fiscal

    Presidente: Wilson Aníbal

    Vice-Presidente: Beatriz Lello

    Tesoureira: Beatriz de Sousa

    Secretário: Capuma Eduardo

     

    Assembleia Geral

    Presidente: André Neto

    Vice-Presidente: Augusto João

    Secretária: Jemina Mendes


    Notícias

    17 de dezembro de 2020

    À conversa com...

    O Professor Santos Morais Nicolau é o novo Bastonário da Ordem dos Farmacêuticos de Angola (OFA). A composição dos órgãos socias da atual equipa podem ser consultados aqui


    A AFPLP regista desta forma o seu agradecimento e reconhecimento à Direção cessante e em especial ao Bastonário cessante Dr. Boaventura Moura, pela dedicação desde outubro de 2013, momento de decisão da criação da Ordem dos Farmacêuticos de Angola.

    À nova Direção e em especial ao seu Bastonário apresentamos votos de sucessos e agradecemos pela disponibilidade já demonstrada em incluir a AFPLP como parceiro estratégico.

    Assim, esta edição da newsletter da AFPLP começamos com uma conversa com o Bastonário da OFA, Professor Santos Morais Nicolau.



    Qual considera ser a intervenção da Ordem dos Farmacêuticos de Angola (OFA) de maior importância para a sociedade Angolana?

    De entre as intervenções mais relevantes para a OFA em Angola, figuram:

    1. Garantir que os produtos Farmacêuticos, químicos, meios de diagnóstico etc, que circulam pelo país, reúnam os requisitos exigidos pelas normas internacionais no que concerne à: qualidade, segurança e eficácia; para o efeito, é primordial a participação dela (OFA) na conceção da Política Nacional de Saúde.

    2. Coadjuvar o Estado no que tange à educação da comunidade, atinente ao manuseio dos medicamentos pelas populações, os riscos que estes acarretam e garantir o uso racional destes e demais produtos químicos.

    3. Coesão da classe Farmacêutica. 


     

    Quais são os maiores desafios e prioridades para a OFA?

    Os maiores desafios, para citar alguns, apontam para:

    1. Organização da base de dados da classe, que permita em tempo real localizar qualquer membro e em qualquer ponto do país.

    2. Acomodar em sedes próprias O Conselho Nacional, os Conselhos Regionais, as Delegações e a instituição dos Colégios de Pós-graduação.

    3. Conceber os Regulamentos internos da OFA na sua generalidade.

    4. Lutar pela dignidade da classe

    5. Harmonização dos programas curriculares entre as diferentes entidades de Ensino Superior que ministram o curso em Ciências Farmacêuticas.

    6. Formação pós-graduada

    7. A criação de uma Indústria Farmacêutica forte, capaz de responder com as necessidades prementes da população.


     

    O que o motivou a ser farmacêutico?

    A paixão pelos laboratórios das diferentes Químicas, Físicas, Químico-Físicas, Biologia etc, motivaram-me sem hesitar, a seguir a licenciatura em Ciências Farmacêuticas. O meu pai (in memoria) sempre quis que estudasse medicina, mas eu estava mais inclinado pela pesquisa em laboratórios e não à atenção assistencial.

     

    O que espera da AFPLP?

    Espera-se uma parceria que venha a dirimir muitas das debilidades com as quais a classe ainda se depara, através de programas que permitam a cristalização dos diferentes desafios e metas que ao longo da marcha forem surgindo, além das já identificadas.



    Nota Biográfica:

    Professor Santos Morais Nicolau licenciou-se em Ciências Farmacêuticas pela Universidade de Oriente, em 1991. Mestre em Farmacologia Clínica, pela Universidade Autónoma de Madrid, em 2009. Doutorado em Farmacologia Neurodegenerativa, pela Universidade Autónoma de Madrid, em 2010. É Docente de Farmacologia na Faculdade de Medicina da Universidade Agostinho Neto (FMUAN), desde 1992 onde foi também Vice-Decano entre 2010 e 2015 e atualmente Decano desde 2015.


    Notícias

    17 de dezembro de 2020

    Governo quer criar 83 mil empregos até 2021

    A ministra da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social de Angola, Teresa Dias, afirmou que o Governo prevê criar, até 2021, cerca de 83 mil empregos diretos para os jovens.

    Foram identificadas como prioritárias as áreas da Educação, da Justiça e da Saúde, sendo referido, nesta última, “sete mil funcionários, entre médicos, enfermeiros, técnicos médios de enfermagem, farmacêuticos, analistas, auxiliares de limpeza, técnicos de raio X e especialistas em diversas áreas.

    Mais informações em: https://e-global.pt/noticias/lusofonia/angola/angola-governo-quer-criar-83-mil-empregos-ate-2021/


    Notícias

    17 de dezembro de 2020

    Antimicrobianos: use com cautela

    A situação atual do uso dos antimicrobianos na abordagem “uma só saúde” e no contexto da pandemia devida ao covid-19 em Cabo Verde foi o tema de um webinar promovido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Instituto Nacional de Saúde Pública (INSP) e com a participação de diferentes parceiros nomeadamente a Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS), a Direção Geral da Agricultura Silvicultura e Pecuária (DGASP) e a Direção Nacional do Ambiente (DNA).

    webinar fez parte de um conjunto de atividades que foram levadas a cabo para marcar a Semana Mundial para o Bom uso dos Antimicrobianos que decorreu de 18 a 24 de novembro, sob o lema “Antimicrobianos: use com cautela”. O objetivo foi de chamar a atenção para o tema seja por parte da população em geral como também das instituições, parceiros e profissionais de saúde, no sentido de se promover uma atuação conjunta e mais informação sobre a matéria.

    Em Cabo Verde, a missão de combater a Resistência Antimicrobiana conta com instituições mandatadas, nomeadamente a instância nacional de coordenação para a estratégia Uma Só Saúde, presidida pelo INSP, a entidade de regulação do medicamento ERIS, um Plano de Acão Nacional e respetiva equipa de seguimento e avaliação.

    Realizada anualmente desde 2015, a campanha global da OMS sobre a Semana Mundial para o Bom uso dos Antimicrobianos tem como objetivo aumentar a conscientização sobre o problema da resistência antimicrobiana em todo o mundo e incentivar as melhores práticas na população e no seio dos profissionais de saúde e formuladores de políticas para retardar a progressão do fenómeno e a disseminação de infeções resistentes a medicamentos.


    Notícias

    17 de dezembro de 2020

    Vacinação em farmácia comunitária

    Em todo o mundo, as farmácias comunitárias permaneceram abertas como um serviço público essencial durante toda a pandemia, assegurando o acesso a medicamentos e equipamentos de proteção individual, entregando medicamentos ao domicílio das pessoas que vivem com doença, fornecendo aconselhamento baseado na evidência à comunidade, produzindo e distribuindo gel hidroalcóolico para higienização das mãos e, em vários países, participando em estratégias de rastreio através da realização de testes de antigénio.

    As farmácias comunitárias e os farmacêuticos estão agora à disposição da nossa população e das autoridades de saúde para facilitar uma estratégia de vacinação em massa rápida, segura e competente contra a COVID-19, a gripe e outras doenças evitáveis através da vacinação. Em pelo menos 36 países, os farmacêuticos já desempenham um papel ativo na administração de vacinas, e isto foi proposto ou está em fase de desenvolvimento regulamentar em mais 16 países. Noutros países, onde a vacinação ainda não integra os serviços farmacêuticos, a questão passaria pela preparação e planificação desta atividade num ambiente naturalmente predisposto à adaptação, considerando a formação de base e perfil assistencial do funcionamento das farmácias.

    A vacinação é uma das pedras angulares de qualquer sistema de saúde equitativo e sustentável em todo o mundo, e os farmacêuticos pretendem unir esforços com as outras profissões da saúde na disponibilização e administração de vacinas às nossas populações, e assim contribuir para controlar esta pandemia.


    Notícias

    17 de dezembro de 2020

    Webinars gratuitos sobre COVID-19

    No quadro da implementação do eixo de intervenção do Plano Estratégico AFPLP, referente à formação contínua, foi estabelecida uma parceria com o Instituto de Formação e Inovação em Saúde (Infosaúde) que possibilitou o acesso a um programa de webinars temáticos sobre a necessidade de conhecer e lidar com a COVID-19. As formações estão disponíveis em formato online, são de acesso gratuito e podem ser acedidas até ao dia 31 de dezembro de 2020.



    COVID-19 - o conhecimento essencial sobre o novo coronavírus SARS-CoV-2

    (inscrição aqui)

    Webinar: Máscaras e Equipamentos de Protecção Individual

    (assistir aqui)

    COVID 19, Gripe e Doenças Pneumocócicas

    (assistir aqui)

    COVID-19 - Até quando?

    (assistir aqui)

    Estado da arte das vacinas para a COVID-19

    (assistir aqui)

    O que sabemos dos doentes COVID-19?

    (assistir aqui)

     

    Estes webinars integram a primeira fase do plano de formação contínua a implementar que terá continuidade com o lançamento do programa FIT 2021 AFPLP a anunciar oportunamente. Esta será mais uma parceria com o InfoSaúde que disponibilizará a sua abordagem de Formação, Inovação e Transformação (FIT) em áreas de atualização técnica-científica e área comportamental. A participação nos webinars acima mencionados, disponíveis até 31 de janeiro, será um fator diferencial para o acesso mais facilitado ao programa FIT 2021 AFPLP.

     


    Notícias

    17 de dezembro de 2020

    AFPLP divulga resultados do Questionário sobre comunicação

    Durante o presente mandato, a AFPLP identificou a necessidade de refletir sobre o desenvolvimento futuro e a dinamização do seu funcionamento, tendo a comunicação sido identificada como um dos mecanismos de afirmação da relevância e utilidade desta associação.

    Neste contexto, entre 20 de Outubro e 23 de Novembro, esteve disponível um questionário no site da AFPLP com o objetivo de recolher informação que nos permita melhorar a comunicação com os farmacêuticos lusófonos.

    Para dar resposta a estas necessidades identificadas, a AFPLP tem vindo a trabalhar num plano de comunicação que tem permitido: 1) promover melhorias no site da AFPLP, com novos menus e conteúdos disponíveis; 2) rever as rúbricas que são comunicadas através da newsletter, procurando que esta seja dinâmica e com conteúdos inovadores; 3) estudar a possibilidade da criação de uma página no Facebook, que permita difundir de forma rápida todas as novidades do mundo AFPLP.

    Consulte os resultados do questionário aqui.



    Notícias

    11 de dezembro de 2020

    OF atribuiu Medalha de Honra a Thebar Miranda

    A Ordem dos Farmacêuticos atribuiu a sua Medalha de Honra ao farmacêutico Thebar Miranda, presidente do Grupo Azevedos, pela sua ação extraordinária nos planos profissional e social, com contributos decisivos para o progresso das Ciências da Saúde e, muito particularmente, no domínio da cooperação lusófona na área das Ciências Farmacêuticas.
    A entrega da Medalha de Honra ocorreu no final do primeiro dia de trabalhos do Congresso Nacional dos Farmacêuticos 2020, que decorreu em paralelo com o XIV Congresso Mundial dos Farmacêuticos de Língua Portuguesa.

    A Medalha de Honra da Ordem dos Farmacêuticos destina-se a distinguir os farmacêuticos ou outros cidadãos, portugueses ou estrangeiros, assim como instituições que, pela sua dedicação, mérito e ação extraordinária, tenham contribuído de modo relevante para a valorização da atividade farmacêutica no seio da sociedade.

    Thebar Miranda é presidente do conselho de administração do Grupo Azevedos há mais de 30 anos. A empresa assume-se hoje como um dos mais sólidos grupos farmacêuticos nacionais, que construiu uma plataforma de lançamento para negócios de futuro e criou uma sólida referência na indústria farmacêutica.

    A internacionalização esteve sempre presente na visão estratégica empresarial e na perseverança de Thebar Miranda. Foram essas duas características da sua personalidade, assim como a necessidade de ajudar quem precisava num território onde tudo faltava, que o levaram até África, mais precisamente a Moçambique, onde arriscou investir quando ninguém o fazia, mesmo com todas as condicionantes.

    O homenageado reforçou o "grande orgulho em ser farmacêutico” e receber esta distinção da OF, num evento em que se reforçam laços de cooperação lusófona.

    "A minha vida foi toda dedicada a fazer medicamentos e disponibilizá-los às populações. Se não fosse a minha formação, o meu espírito e a minha cultura farmacêutica, nada teria conseguido fazer", afirmou.


    Notícias

    11 de dezembro de 2020

    Congresso virtual junta farmacêuticos lusófonos

    A Ordem dos Farmacêuticos (OF) organizou nos dias 26, 27 e 28 de novembro mais uma edição do Congresso Nacional dos Farmacêuticos, este ano naturalmente marcado pela pandemia de covid-19 que afeta Portugal e o mundo. Com o país em estado de emergência e as restrições de circulação impostas pelo Governo e autoridades de saúde, o “maior encontro nacional de farmacêuticos” decorreu num formato exclusivamente online, em modelo de webinar, associando-se ao XIV Congresso Mundial de Farmacêuticos de Língua Portuguesa, da Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa, para um universo de mais de 200 mil farmacêuticos lusófonos.
    Sob o tema "Abrir Horizontes. Fazer Acontecer”, a situação epidemiológica que o País enfrenta foi um assunto incontornável e transversal a todo Congresso. Com dezenas de oradores de renome, especialistas nas mais diversas áreas das Ciências da Saúde, propôs-se e conseguiu-se um debate sobre o futuro da Saúde na próxima década, seguramente marcado pela emergência de saúde pública que enfrentamos e pelo seu impacto nos sistemas de saúde e nos comportamentos em sociedade.

    "O Congresso dos farmacêuticos é sempre um momento determinante para a profissão. Este ano não podemos estar juntos, fisicamente, mas a atual conjuntura justifica, de sobremaneira, a realização de um evento que aborde, de forma transversal, todas as implicações e desafios que a pandemia de covid-19 nos tem colocado”, destaca o presidente do Congresso, Helder Mota Filipe, e presidente da AFPLP para o biénio 2019-2021.

    "Ao longo dos últimos meses enfrentámos desafios tremendos. Começámos com o problema de acesso aos equipamentos de proteção individual e a alguns medicamentos e produtos de saúde. Discutiram-se depois as alternativas terapêuticas para tratamento da doença, as respostas para os problemas dos doentes não-COVID-19, no acesso aos medicamentos hospitalares, na renovação da terapêutica dos doentes crónicos ou na vacinação contra a gripe sazonal. Centramos agora o debate em torno do desenvolvimento e distribuição de uma nova vacina, mas também no alargamento da utilização de testes rápidos de antigénio”, acrescenta a Bastonária da OF, Ana Paula Martins.

    "São múltiplos desafios que vamos enfrentar nos próximos anos e que queremos debater com os farmacêuticos e com a sociedade em geral. Convidámos especialistas nacionais e estrangeiros porque queremos ouvir as suas opiniões e conhecer experiências e projetos em curso que acreditamos poderem mudar a forma como são prestados cuidados de saúde aos cidadãos”, salienta ainda o presidente do Congresso.

    As sessões do Congresso Nacional dos Farmacêuticos 2020 e XIV Congresso Mundial dos Farmacêuticos de Língua Portuguesa decorrem ao longo de três dias de trabalhos, distribuídas em mais de 20 sessões, em cerca de 30 horas de transmissão em direto para todo o espaço lusófono.

    Saiba tudo em www.congresso.ordemfarmaceuticos.pt.


    Notícias

    11 de dezembro de 2020

    AFPLP assina Memorando de Entendimento com a FIP

    Por ocasião da abertura do XIV Congresso Mundial dos Farmacêuticos de Língua Portuguesa foi assinado um Memorando de Entendimento entre a FIP - Federação Internacional Farmacêutica, representada em formato virtual pela sua Diretora Executiva, Catherine Duggan, e a Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa, representada pelo seu Presidente, Helder Mota Filipe.

    O Memorando de Entendimento reconhece a importância da colaboração e parcerias em diversas áreas como a formação, a rede de universidades, o Observatório Global Farmacêutico, os Fóruns Regionais e a promoção do acesso à documentação da FIP através da sua tradução e divulgação com webinars conjuntos.

    A AFPLP reconhece o valor de colaborar ativamente com a FIP, em áreas importantes como a formação farmacêutica. Destaca-se o recente relatório publicado pela FIP sobre “Formação de Farmacêuticos na África Subsariana" que documenta os resultados do projeto FIP-UNESCO UNITWIN Rede de Desenvolvimento de Formação Global de Farmacêuticos, lançado em 2010, para promover a investigação, formação e desenvolvimento profissional, através da construção de redes universitárias e do incentivo à cooperação interuniversitária em todo o mundo. Poderá aceder ao relatório aqui.


    Notícias

    11 de dezembro de 2020

    Assembleia Geral da AFPLP em formato virtual

    ​A Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguese (AFPLP) esteve reunida em Assembleia Geral na véspera do início dos trabalhos do seu XIV Congresso Mundial dos Farmacêuticos de Língua Portuguesa, pela primeira vez num novo formato virtual, online, com a participação de representantes dos sete países membro. Foi também a primeira Assembleia Geral do mandato dos novos órgãos sociais da associação, agora presidida pelo farmacêutico português Helder Mota Filipe. A formação farmacêutica foi um tema central do encontro, com os delegados a aprovarem uma nova Resolução que define as “áreas fundamentais de formação pré-graduada para farmacêuticos no espaço lusófono”.

    A Ordem de Trabalhos da Assembleia Geral incluiu a apresentação do novo modelo organizativo da AFPLP, denominado “AFPLP 2.0”, que reflete o trabalho desenvolvido neste início de mandato com presidência portuguesa, nomeadamente a criação do cargo de diretor executivo, a revisão dos Estatutos e o Plano Estratégico Quinquenal e Plano de Atividades.

    Os delegados apresentaram a situação da profissão nos respetivos países, evidenciando as principais alterações à prática farmacêutica ao longo do último ano, principalmente relacionadas com o impacto da pandemia de covid-19 nestes países lusófonos.

    No final da reunião, foi aprovada uma Resolução sobre Formação Farmacêutica, que espelha a aspiração de harmonizar um quadro formativo e da intervenção farmacêutica no espaço lusófono, considerando os critérios mínimos que os países devem adotar para o reconhecimento de formação de farmacêuticos.

    Mais informações em www.afplp.org


    Notícias

    11 de novembro de 2020

    Novas formações temáticas em parceira com o Infosaúde

    No âmbito da parceria entre a AFPLP e o Infosáude, informamos que, até ao final do ano, estão disponíveis duas novas formações para todos os farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa.



    As formações estão disponíveis em formato online, são de acesso gratuito e podem ser acedidas até ao dia 31 de Dezembro de 2020:



    Curso: COVID-19 - Módulo 1 - o conhecimento essencial sobre o novo coronavírus SARS-CoV-2

    - Link para inscrição: aqui



    Webinar: Máscaras e Equipamentos de Protecção Individual

    - Link para assistir: aqui



    Aproveitamos para informar que, para quem não teve oportunidade, podem também assistir aos quatro webinars que decorreram nos passados meses de Setembro e Outubro:



    COVID 19, Gripe e Doenças Pneumocócicas

    - Orador Convidado: Dr. Filipe Froes

    - Link para assistir: aqui



    COVID-19 - Até quando?

    - Orador Convidado: Dr. Ricardo Mexia

    - Link para assistir: aqui



    Estado da arte das vacinas para a COVID-19

    - Orador Convidado: Prof. João Rocha

    - Link para assistir: aqui



    O que sabemos dos doentes COVID-19?

    ​- Orador Convidado: Dr. Roberto Roncon

    - Link para assistir: aqui



    Para mais questões, contacte-nos através do nosso endereço de e-mail: geral@afplp.org



    Participe nestas formações!


    Notícias

    3 de novembro de 2020

    Eleições Farmacêuticas na Guiné Bissau

    A Associação de Farmacêuticos e Técnicos de Farmácia da Guiné-Bissau, realizou no passado dia 24 de outubro de 2020, as primeiras eleições para escolha do Presidente da Associação.


    ​Foi escolhida Zeferina Gomes da Costa, Farmacêutica, que exerce a profissão no Ministério da Saúde há 28 anos tendo já assumido diversas funções em diferentes áreas de exercício profissional nomeadamente: Aprovisionamento Regional, Direção dos Serviços da Farmácia, Laboratório e Medicamento (DSFARLM) onde foi responsável pelo Departamento de Registo e Farmacovigilância, Direção-Geral dos Estabelecimentos de Cuidados da Saúde e Inspeção-Geral em Atividades da Saúde. É atualmente Presidente a.i. do Conselho de Administração de Central de Compras de Medicamentos Genéricos.


    A prioridade da Associação é restruturar, proteger e dinamizar a profissão Farmacêutica na Guiné-Bissau, ciente da importância crucial da profissão farmacêutica para o desenvolvimento da saúde e do país.


    Notícias

    19 de outubro de 2020

    AFPLP lança questionário sobre comunicação

    Durante o presente mandato (2019-2021), a Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa (AFPLP) identificou a necessidade de refletir sobre o desenvolvimento futuro e a dinamização do seu funcionamento.

    A comunicação está identificada como um dos mecanismos de afirmação da relevância e utilidade desta associação.

    Neste contexto, gostaríamos de solicitar a vossa colaboração no preenchimento de um curto questionário, que tem como objetivo recolher informação que nos permita melhorar a comunicação com os farmacêuticos lusófonos.

    O questionário tem a duração máxima de 4 minutos e está disponível aqui.

    Na divulgação dos resultados será garantida a confidencialidade e estes serão usados apenas para responder ao objetivo proposto.

    Obrigada pela sua colaboração.

    A AFPLP


    Notícias

    15 de outubro de 2020

    Sessão de Lançamento do XIV Congresso Mundial da AFPLP

    A Ordem dos Farmaceuticos organiza no dia 15 de outubro, a partir das 15:00 horas, uma Sessão de Lançamento do Congresso Nacional dos Farmacêuticos 2020, que decorre em paralelo com o XIV Congresso Mundial dos Farmacêuticos de Língua Portuguesa, nos dias 26, 27 e 28 de novembro.

    Esta sessão será transmitida em direto, pelo Facebook, para todo o mundo lusófono e conta com as participações do presidente da Associação dos Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa (AFPLP), Helder Mota Filipe, que preside também a comissão organizadora do CNF2020, e do presidente do Conselho Federal de Farmácia do Brasil, Walter Jorge João.

    Saiba quais os principais temas que vão estar em debate no maior encontro virtual de farmacêuticos lusófonos; conheça a realidade do exercício da profissão nos países de língua portuguesa, em especial no atual contexto de pandemia que o mundo enfrenta.

    ​Junte-se a nós na Sessão de Lançamento do CNF2020 em www.facebook.com/ordemfarmaceuticos


    Notícias

    13 de outubro de 2020

    COVID-19 E-BOOK: Conhecer, Organizar, Vencer, Diagnosticar e Investigar

    O Instituto de Higiene e Medicina Tropical, da Universidade Nova de Lisboa (IHMT-NOVA) e a Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH), com o apoio do Centro de Ciência LP e da Comunidade Médica de Língua Portuguesa (CMLP), lançam o E-BOOK com o resumo de todos os Webinares COVID-19. Consulte AQUI

    Os Webinares decorreram entre maio e julho com 70 peritos convidados, mais de 2000 participantes e mais de 100 mil visualizações no Zoom e Facebook.


    Notícias

    24 de setembro de 2020

    Palestras sobre intervenção profissional

    As comemorações do Dia do Farmacêutico na Guiné Bissau tomam lugar através de um conjunto de palestras e ações, com o tema “Um novo olhar sobre a profissão farmacêutica - É hora de mudar a imagem da nossa profissão perante a sociedade” com o seguinte programa:
    Dr.ª Sara Gama: Determinar parâmetros bioquímicos e fisiológicos (simulação)
    Dr.ª Zeferina Gomes da Costa: Dia Internacional, sua origem e importância
    Dr. Aloísio Mateus F. Sanha: Origem e significado da farmácia e ciências farmacêuticas
    Dr.ª Mamai: Breve historial da farmácia na Guiné Bissau
    Dr.ª Erisângela: Intervenção do farmacêutico durante a pandemia de COVID-19
    Dr. Júlio Ferreira: Importância da presença da Guiné Bissau nas associações internacionais
    Dr.ª Zeferina Gomes da Costa: Visão futura da farmácia como profissão na Guiné Bissau


    Notícias

    24 de setembro de 2020

    XIV Congresso Mundial da AFPLP e Congresso Nacional dos Farmacêuticos 2020

    A XIV edição do Congresso Mundial da AFPLP e o Congresso Nacional dos Farmacêuticos 2020 (CNF 2020) já têm novas datas marcadas, e decorrem de 26 a 28 de novembro, em Lisboa, Portugal. Esta edição XIV Congresso Mundial da AFPLP e do CNF 2020 é organizado pela Ordem dos Farmacêuticos de Portugal, em parceria com a AFPLP.

    Devido à pandemia de COVID-19, este congresso será inteiramente digital, sendo transmitido pela internet para todo o mundo.

    Durante três dias, o Centro de Congressos de Lisboa recebe o maior evento português do setor farmacêutico. O tema "Abrir horizontes. Fazer acontecer." dará o mote para um debate sobre os desafios da profissão e dos sistemas de saúde na próxima década.

    O XIV Congresso Mundial dos Farmacêuticos de Língua Portuguesa contará com um Simpósio de alto nível, a Assembleia Geral da AFPLP, e sessões plenárias “Academia AFPLP” relativas aos vários setores de atividade da profissão farmacêutica no espaço da lusofonia.
    A cerimónia de abertura, será presidida pela Bastonária da Ordem dos Farmacêuticos de Portugal, e contará com a presença de representantes dos países membro da AFPLP, assim como do Secretário Executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). A agenda inclui a apresentação do livro “25 anos AFPLP. 25 anos a abrir caminho”, a sessão plenária “Refletir o passado. Construir o Futuro” e espaços reservados à Academia AFPLP subordinados aos temas “Farmácia Tropical” e “Saúde Global”.

    Inscrições em www.congresso.ordemfarmaceuticos.pt/inscrições​

    Para mais informações consulte www.congresso.ordemfarmaceuticos.pt/


    Notícias

    24 de setembro de 2020

    Tomada de Posse do novo Bastonário

    O Dia Internacional do Farmacêutico será assinalado em Angola por se fazer coincidir com a Cerimónia de Tomada de Posse do recém eleito Bastonário da Ordem dos Farmacêuticos de Angola (OFA), Professor Doutor Santos Morais Nicolau.
    A cerimónia de Tomada de Posse terá lugar através da Plataforma Zoom, e decorrerá às 10:00 (hora de Luanda).

    ID da reunião: 889 867 8131
    Senha de acesso: 1914G


    Notícias

    24 de setembro de 2020

    Seminário Online - Farmacêuticos transformando a Saúde Global

    Por ocasião do Dia Internacional do Farmacêutico, a 25 de setembro, a OFCV irá promover um Seminário Online cujos temas irão abarcar as dificuldades e desafios na farmácia comunitária e na farmácia hospitalar em tempo de COVID-19, o tratamento de doentes com COVID-19 na perspetiva das evidências científicas e na experiência dos enfermeiros, e também as medidas adotadas pelo Governo e Entidade Reguladora da Saúde no combate ao COVID-19.

    Mais informações: aqui
    Programa: aqui


    Notícias

    24 de setembro de 2020

    Comemorações Moçambicanas promovem profissão farmacêutica

    Para assinalar o Dia Mundial do Farmacêutico, a Associação de Farmacêuticos de Moçambique (AFARMO), decidiu comemorar este dia promovendo o “Farmacêutico firme na linha da frente da luta contra a COVID-19 e na melhoria de qualidade de vida”. Este é o mote das comemorações moçambicanas do Dia International do Farmacêutico, fazendo assim jus à profissão, na defesa da saúde pública, pela melhor qualidade de vida e o seu contributo na pandemia.


    Notícias

    24 de setembro de 2020

    Artigo científico sobre dispensa de antibióticos nas farmácias

    Foi publicado recentemente um artigo na revista Pharmacy Practice, que tem como objetivo descrever as práticas e os agentes facilitadores para a dispensa de antibióticos não prescritos na cidade de Maputo, Moçambique. Foi realizado um estudo qualitativo, em nove farmácias privadas selecionadas aleatoriamente na cidade de Maputo, e foram entrevistados 17 farmacêuticos.

    Dos farmacêuticos entrevistados, quinze admitiram ter dispensado antibióticos sem prescrição médica anterior. Foram detetadas práticas comuns incorretas de dispensa destes medicamentos, nomeadamente a dispensa sem historial prévio. Os motivos para a dispensa de antibióticos não prescritos estão ligados ao comportamento dos doentes na exigência de antibióticos sem prescrição, às expectativas e crenças dos doentes sobre o poder de cura dos antibióticos, e às práticas de prescrição dos médicos.

    O estudo conclui que as práticas de dispensa de antibióticos não prescritos são frequentes. Por um lado, existe a pressão dos doentes em obter antibióticos sem prescrições válidas e a vontade do farmacêutico de auxiliar com base no seu papel na farmácia. Por outro lado, os farmacêuticos estão cientes do status legal dos antibióticos e das consequências para a saúde pública das suas práticas de dispensa desadequadas e da sua responsabilidade profissional e ética para cumprir a lei. Por fim, destaca-se o papel dos farmacêuticos e as suas habilidades como profissionais de promoção da saúde, sendo necessário para otimizar a distribuição de antibióticos e uma melhor conservação em Moçambique.

    Artigo completo aqui


    Notícias

    24 de setembro de 2020

    Farmacêuticos transformando a Saúde Global

    Para assinalar o Dia Internacional do Farmacêutico, os farmacêuticos de São Tomé e Príncipe associam-se às comemorações da Federação Internacional Farmacêutica, com o tema “Transformado a Saúde Global”.


    Notícias

    24 de setembro de 2020

    Campanha de vídeo destaca cuidados de saúde prestados por farmacêuticos

    O Dia Nacional do Farmacêutico, no Brasil, é comemorado no dia 20 de Janeiro. A data foi escolhida em função da fundação da Associação Brasileira de Farmacêuticos (ABF), a 20 de janeiro de 1916. Na época, era a maior instituição representativa da categoria, no País. Nas Comemorações do Dia do Farmacêutico 2020 no Brasil, foi lançada uma campanha de vídeo aludindo às diferentes áreas do exercício profissional, que pode ser consultada aqui.
    Não obstante, para comemorar o Dia Internacional do Farmacêutico no Brasil, o Conselho Federal de Farmácia organiza um conjunto de ações, disponíveis aqui


    Notícias

    24 de setembro de 2020

    Nova edição da Newsletter BERC-Luso (23ª edição) com vídeos do Projeto

    O BERC-Luso é um projeto de ética e reforço da capacitação regulamentar nos países africanos de língua oficial portuguesa (PALOP) parceiros, aprovado e financiado pelo Programa EDCTP2 - Parceria entre a Europa e os Países em Desenvolvimento para a Realização de Ensaios Clínicos -, que conta com o apoio da União Europeia e possui a duração de 3 anos, desde outubro de 2018 a setembro de 2021.

    A Newsletter do mês de agosto, disponível aqui, contém informações sobre entrevistas e vídeos do Projeto.

    As edições anteriores podem ser acedidas em: www.berc-luso.com


    Notícias

    24 de setembro de 2020

    AFPLP – Novos conteúdos digitais (COVID-19)

    No quadro da pandemia pelo novo coronavírus (SAR-CoV-2), causador da doença designada COVID-19, a Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa (AFPLP) disponibilizou no seu sítio eletrónico novos conteúdos especializados sobre o assunto.

    Tratam-se de textos referentes às orientações da Federação Internacional Farmacêutica (FIP) em língua portuguesa, assim como um conjunto de webinars promovidos pela Health4MOZ, pelo IHMT/Universidade NOVA de Lisboa, Associação Nacional das Farmácias e Ordem dos Farmacêuticos.

    Mais informações em www.afplp.org   


    Notícias

    24 de setembro de 2020

    Intervenção farmacêutica em tempo de COVID: histórias, experiências e iniciativas

    Quando fomos surpreendidos com a pandemia provocada pela COVID-19, não tivemos muito tempo para reagir. A incerteza e o medo instalaram-se rapidamente. Muitas empresas suspenderam as suas atividades e a maioria dos serviços públicos e privados fechou. Em paralelo, foi necessário criar novas formas de interação com as pessoas que estavam em casa a trabalhar e a cuidar da família e as pessoas de risco impedidas de sair.

    Em todos os países que integram a AFPLP, a intervenção farmacêutica foi ainda mais importante que o já habitual nas mais diversas áreas de exercício profissional.

    Na farmácia comunitária, o aspeto mais visível da intervenção farmacêutica, o importante foi as farmácias terem continuado a trabalhar, sobretudo quando os hospitais e Centros de Saúde suspenderam ou diminuíram a atividade assistencial não relacionada com a COVID-19.

    As Farmácias Comunitárias foram dos poucos serviços que continuaram a funcionar, apesar de todas as dificuldades que tiveram incluindo a falta de equipamentos de proteção individual para as suas equipas.

    A documentação técnica produzida pela Associação Nacional das Farmácias, de Portugal, sobre como lidar com possíveis casos de COVID-19, foi adotada pela FIP e divulgada em todo o mundo, tendo os materiais sido traduzidos em dezenas de outras línguas. Essa mesma informação foi disponibilizada aos países que integram a Associação de farmacêuticos dos países de língua portuguesa (AFPLP).

    Por todos os países foram elaborados Planos de Contingência para a continuidade do serviço das farmácias com informação técnico-científica, medidas de prevenção, normas e procedimentos internos e boas práticas e estratégias a adotar, sendo esse plano atualizado forma periódica.

    Na Farmácia Hospitalar, as equipas adaptaram-se a trabalhar em espelho, contribuindo para aliviar a pressão nos sistemas de saúde, contactando com os primeiros casos de infetados, utilizando medicamentos experimentais e contribuindo para a geração de evidência, sempre necessária.

    Nas análises clínicas foi evidente a pressão crescente pela necessidade de “testar, testar, testar”, repto lançado pela Organização Mundial de Saúde. Também aqui, o trabalho dos farmacêuticos, que trabalharam em rede, na capacitação de profissionais para as técnicas de correto rastreio e diagnóstico molecular da infeção por SARS-CoV-2.

    Na produção e distribuição, sentiu-se a pressão para que não houvesse falhas na produção e abastecimento de medicamentos, numa altura em que os países encerraram fronteiras, e os desafios à distribuição eficaz de medicamentos foram muitos.

    Na área regulamentar, os farmacêuticos estiveram envolvidos, para que de forma urgente pudessem elaborar de normas de segurança aplicáveis a equipamentos de proteção individual, avaliar dispositivos médicos com o mesmo objetivo e verificar a conformidade dos diferentes testes que se tornaram indispensáveis.

    Em Portugal, destaca-se a criação da linha de Apoio ao Farmacêutico pela Ordem dos Farmacêuticos, com resposta às muitas dúvidas dos farmacêuticos, e apoio psicológico especializado. Destaca-se também a criação da linha 1400, um número nacional gratuito de assistência farmacêutica e o serviço de entrega ao domicílio: projeto “Operação Luz Verde”

    No Brasil, destaca-se a possibilidade dos testes serológicos de COVID-19 serem feitos na farmácia comunitária. O Conselho Federal de Farmácia preparou um curso de capacitação para o efeito, tendo igualmente desenvolvido um “hot site” exclusivo para as questões relativas à pandemia.

    Estes são apenas alguns exemplos, das múltiplas alterações à prática profissional que os farmacêuticos enfrentaram (e continuam a enfrentar) durante este período.


    Notícias

    24 de setembro de 2020

    Sessão Solene Comemorativa a 26 de Setembro

    A Ordem dos Farmacêuticos assinala no dia 26 de setembro o Dia Nacional do Farmacêutico.

    Este ano, a organização das comemorações está a cargo da Secção Regional do Norte (SRN-OF), que, em virtude da pandemia de COVID-19 e da situação epidemiológica que o País enfrenta, tomou a iniciativa de organizar uma Sessão Solene Comemorativa virtual, com transmissão online, através do seu canal Youtube "Norte Farmacêutico", a partir das 18:00.

    Deste modo, mantendo a tradição, a OF vai homenagear os farmacêuticos que este ano completam 50 anos de dedicação à profissão e também distinguir os novos farmacêuticos que obtiveram as classificações mais elevadas nos Mestrados Integrados em Ciências Farmacêuticas lecionados em Portugal.

    A sessão ficará também marcada pela transmissão do concerto "Musical Broadway", uma coletânea de trechos musicais que fazem parte das bandas sonoras dos filmes "Les Misérables", "Phantom of the Opera" e "Sound of Music", pela Banda Musical de Rio Mau, que a SRN-OF oferece a todos os farmacêuticos e a toda a comunidade digital.


    Notícias

    24 de setembro de 2020

    Farmacêuticos de todo o mundo em reflexão sobre a pandemia de COVID-19

    A Federação Internacional Farmacêutica (FIP) organiza, entre 4 a 25 de setembro, o seu primeiro evento estritamente digital, com o tema “Living and Learning through the Covid-19 Pandemic – Global Reflections”, durante o qual foi prestada homenagem a todos os farmacêuticos que faleceram por covid-19 desde o início da pandemia. 

    As organizações membro da FIP aprovaram, em Assembleia Geral, três novas declarações sobre a Segurança dos Doentes, a Escassez de Medicamentos e a Sustentabilidade dos Serviços Farmacêuticos ao nível dos Cuidados de Saúde Primários, todos elas com a participação de farmacêuticos lusófonos nos respetivos comités.

    A 21 de Setembro, foi apresentado um conjunto de 21 Objetivos de Desenvolvimento para apoiar a transformação da profissão farmacêutica a nível mundial.
    Os Objetivos de Desenvolvimento da FIP oferecem uma estrutura que as organizações podem usar no mapeamento e priorização de necessidades. Cada objetivo é acompanhado por um conjunto de mecanismos para a sua concretização. 
    Através destes objetivos, as instituições podem desenvolver métricas a nível nacional para monitorizarem e medirem as tendências e o progresso. 

    Por fim, a FIP criou uma Comissão de Resistência Antimicrobiana para desenvolver soluções e explorar oportunidades para acentuar o impacto dos farmacêuticos no combate às resistências antimicrobianas. A nova comissão vai desenvolver um roadmap para orientar as ações a nível global e regional, que será publicado até final deste ano.

    Mais informações aqui 


    Notícias

    24 de setembro de 2020

    FIP comemora a 10ª edição do Dia do Farmacêutico

    "Transformando a saúde global" é o tema para o Dia Mundial dos Farmacêuticos em 2020, anuncia a Federação Internacional Farmacêutica (FIP - International Pharmaceutical Federation).

    De acordo com a FIP, o tema para 2020 visa promover o papel crucial dos farmacêuticos nos sistemas de saúde, considerando que estes profissionais contribuem para um mundo onde todos beneficiam do acesso a medicamentos seguros, eficazes e de qualidade, bem como a tecnologias de saúde e os serviços de assistência farmacêutica.

    A FIP considera o tema de 2020 “particularmente oportuno, pois todos enfrentamos os desafios da pandemia da COVID-19”. “De momento, por exemplo, farmacêuticos de todo o mundo estão a trabalhar incansavelmente para impedir a disseminação do novo coronavírus e garantir que as pessoas continuem com acesso aos medicamentos de que precisam”.

    Mais informação em https://www.fip.org/search?page=world-pharmacists-day


    Notícias

    24 de setembro de 2020

    Dia do farmacêutico: celebrações no espaço lusófono

    Por todo o território da Lusofonia, os farmacêuticos celebram o Dia do Farmacêutico, reconhecendo o papel que estes profissionais de saúde desempenham no setor da saúde. Em virtude da fundação da Federação Internacional Farmacêutica no dia 25 de Setembro, este dia é festejado no mundo inteiro como o Dia Internacional do Farmacêutico. Já os farmacêuticos Portugueses, celebram o Dia do Farmacêutico a 26 de Setembro, tendo sido esta a ocasião adotada, que no calendário litúrgico romano corresponde ao dia de São Cosme e São Damião, os santos padroeiros da profissão farmacêutica.
    Por outro lado, os farmacêuticos Brasileiros celebram a data em função da fundação da Associação Brasileira de Farmacêuticos, que decorreu 20 de janeiro (de 1916).
    Conheça a mais abaixo pormenores sobre as comemorações do Dia do Farmacêutico nos diferentes países-membro da AFPLP.


    Notícias

    24 de setembro de 2020

    ONU apresenta plano de apoio à STP Príncipe face a pandemia

    A Organização das Nações Unidas, ONU, apresentou a 1 de setembro o relatório-balanço e estratégia futura de apoio a São Tomé e Príncipe no combate pandemia da COVID-19, em cerimónia presidida pelo ministra dos Negócios Estrangeiros, Elsa Pinto na presença da representante da ONU em São Tomé, Zhaira Virani. O evento contou ainda com presença do Ministro da Saúde, Edgar Neves, representante da OMS, Anne Ancia, bem como outros responsáveis do sistema da ONU, incluindo alguns diplomatas e diretores da Administradores do Estado são-tomense.

    Notícia completa: aqui


    Notícias

    24 de setembro de 2020

    OF disponibiliza cursos sobre Segurança nos Cuidados de Saúde

    A Ordem dos Farmacêuticos (OF), através da Secção Regional do Sul e Regiões Autónomas, em conjunto com a Direção-Geral da Saúde, desenvolveu cursos online gratuitos dedicados à temática "Segurança nos Cuidados de Saúde”, para capacitar o cidadão na promoção da saúde pública.

    Os conteúdos são interativos e educativos, com linguagem simples e analogias acessíveis a toda a população.

    Os profissionais de saúde poderão utilizar os recursos como suporte às suas intervenções de promoção da saúde.

    Mais informações em  http://www.usoresponsaveldomedicamento.com/landing/


    Notícias

    24 de setembro de 2020

    Recomendações das Ordens Profissionais no combate à pandemia

    No âmbito da luta contra a pandemia do coronavírus (COVID-19), as organizações sócio-profissionais da Guiné Bissau, nomeadamente Ordem dos Enfermeiros (OEGB), Ordem dos Médicos (OMFGB), Ordem dos Farmacêuticos (OFTEC-GB), Ordem dos Técnicos de Laboratório (OPROBIOMEDICO), Associação das Parteiras (AGUIPEO) e Associação dos Psicólogos (APGB), associaram-se e emitiram contribuições no combate à pandemia de COVID-19.

    O documento, que engloba 30 recomendações das classes profissionais da saúde ao governo, representado pelo Ministério da Saúde, reforça a importância da implementação das orientações da Organização Mundial da Saúde, nomeadamente na adequação das recomendações ao panorama nacional, e considerando as diferentes realidades regionais. Estes contributos das classes de saúde para o combate à COVID-19, enquanto parceiros incontornáveis do governo em geral e do Ministério da Saúde em particular, envolvem um espectro alargado de ações – desde a formação correta e capacitação dos profissionais de saúde envolvidos no combate à COVID-19; passando pela criação de equipas de triagem nas estruturas sanitárias públicas e privadas do país para deteção célere de casos suspeitos; a disponibilização de Equipamentos de Proteção Individual para todos os técnicos; até ao acompanhamento psicossocial dos técnicos da linha da frente, os doentes infetados com SARS-CoV-2 e os seus familiares. O conjunto de 30 recomendações tem como objetivo fortalecer o sistema de saúde, preparando-se de forma adequada ao combate contra a pandemia.


    Notícias

    24 de setembro de 2020

    OFCV é uma das parceiras da campanha «Maskara19», lançada pelo Instituto Cabo-verdiano para a Igualdade e Equidade de Género

    A campanha “Maskara19” compreende mais um mecanismo de denúncia de Violência com Base no Género em tempos de confinamento, devido a COVID-19 e coloca a disposição de todas as mulheres do país a possibilidade de recorrerem às suas Farmácias de confiança, ou aquela que esteja mais próxima e solicitar uma Máscara-19.

    Uma vez que seja solicitado o referido “produto”, a equipa da Farmácia averigua, com a maior discrição possível, se a mulher em risco: deseja falar com um(a) técnico(a) especialista para apoio psicológico; ou se precisa do apoio da Polícia para sair do domicílio e se instalar numa Casa de Passagem.

    As Farmácias de todo o país, a Empresa Nacional de Produtos Farmacêuticos (Emprofac), a Polícia Nacional e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) também são parceiros da ação que se enquadra na campanha “Bu Ka Sta Bó So” (não estás sozinha), do Instituto Cabo-verdiano para a Igualdade e Equidade de Género.


    Notícias

    24 de setembro de 2020

    Brasil comemora a lei dos 30 anos da criação do SUS

    O Sistema público brasileiro de saúde completa 30 anos e demonstra a sua força no meio da pandemia da COVID-19.

    O Sistema Único de Saúde é um dos maiores sistemas de saúde pública do mundo. Garante o acesso integral, universal e gratuito para toda a população do Brasil e existe desde 19 de Setembro de 1990.

    Hoje, com a pandemia, é possível constatar a força e importância desse sistema de saúde, que atende cerca de 70% da população. Sob a gestão e união dos três entes – governo federal, estados e municípios – foi possível garantir assistência aos pacientes infetados pela COVID-19 e o atendimento daqueles que necessitam de tratamentos especializados.

    Notícia completa: aqui


    Notícias

    24 de setembro de 2020

    Pandemia promove setor digital em Angola

    A Appy Saúde é conhecida pela inovação nos serviços de marcação de consultas online, encomenda e reserva de produtos farmacêuticos e adesões a planos de saúde e tem revolucionado a relação entre os doentes e o setor da saúde em Angola.

    A título de exemplo, as pessoas não precisam de ir a farmácias diferentes para encontrar uma máscara, ou álcool, uma vez que a informação sobre stocks de farmácias está disponível nesta plataforma.

    A empresa trabalha com farmácias, médicos e companhias de seguros e, neste momento, estuda a possibilidade de ligar pessoas a médicos e clínicas na internet.

    Notícia completa: aqui


    Notícias

    23 de setembro de 2020

    AFPLP 2.0 – a reformulação para a utilidade e a notoriedade

    A AFPLP dispõe de um instrumento fundamental que é a língua oficial comum - a língua portuguesa - facilitadora e inspiradora de uma aproximação social de povos, culturas e sistemas de saúde muito diferentes que, juntamente com a história das relações entre os países, se constituem como suporte para a cooperação e a aproximação dos farmacêuticos dos países membros.

    Para o presente mandato 2019-2021 e durante o primeiro trimestre de 2020, o Conselho Diretivo considera ser o momento de refletir sobre o desenvolvimento futuro e a dinamização do funcionamento para garantir uma ainda mais efetiva intervenção, utilidade e notoriedade da AFPLP.

    O objetivo é materializar de forma mais consistente e sustentável o enorme potencial estratégico que a AFPLP representa através da sua contribuição no plano da ética, da deontologia, da regulação, da formação e do associativismo farmacêutico.

    Pretende-se instituir, de forma participativa e transparente, uma intervenção que fomente o reconhecimento e a valorização do papel da classe farmacêutica lusófona. Assim, são desafios-chave para a AFPLP:
    • Dinamizar o funcionamento da AFPLP para além dos Congressos e Assembleias Gerais, reforçando a utilização do trabalho em rede;
    • Implementar novas áreas de atuação e reforçar outras de forma significativa;
    • Conseguir a captação de recursos financeiros e mecanismos de sustentabilidade;
    • Reconhecimento da AFPLP no âmbito da comunidade internacional.
    A cooperação e o estímulo da relação de proximidade entre as instituições e profissionais dos países que integram a AFPLP continua a ser o principal desiderato desta associação.

    Mas, na prática, o que tem sido feito para esta reformulação AFPLP 2.0?
    Saiba mais aqui…


    Notícias

    9 de setembro de 2020

    AFPLP disponibiliza um programa de Webinars temáticos em parceria com ANF

    Inscrições: aqui

    No quadro da implementação do eixo de intervenção do Plano Estratégico da AFPLP referente à formação contínua, foi estabelecida uma parceria com a ANF (Associação Nacional das Farmácias) e a OF (Ordem dos Farmacêuticos de Portugal) que irá possibilitar o acesso a um programa de webinars e módulos com conteúdo técnico-científico nas áreas de intervenção do farmacêutico.

    Esta série de webinars temáticos sobre a necessidade de conhecer e lidar com a COVID-19 integra a primeira fase do plano de formação contínua pós-graduada a implementar. Os webinares decorrem às 21:00 (hora de Portugal).


    COVID-19, Gripe e Doenças Pneumocócicas
    - 10 de Setembro (21:00)
    - Orador Convidado: Dr. Filipe Froes

    COVID-19 - Até quando?
    - 17 de Setembro (21:00)
    - Orador Convidado: Dr. Ricardo Mexia

    Estado da Arte das Vacinas contra COVID
    - 28 de Setembro (21:00)
    - Orador Convidado: Prof. João Rocha

    O que sabemos dos doentes COVID-19?
    - 12 de Outubro (21:00)
    ​- Orador Convidado: Dr. Roberto Roncon


    Notícias

    22 de julho de 2020

    Formação online PALOP: “Colheita, tratamento de amostras, testes e interpretação de resultados na Covid-19”

    A Ordem dos Farmacêuticos irá realizar a formação online “Colheita, tratamento de amostras, testes e interpretação de resultados na Covid-19”, no próximo dia 23 de julho, pelas 11:00 (hora de Portugal Continental), através da plataforma Zoom (link de participação: https://videoconf-colibri.zoom.us/j/99119823352?pwd=NHFWbzNXSkM2d1RRay85VzJFVUFIdz09)

     

    Esta formação, com a duração de 2 horas, tem como objetivo capacitar os Profissionais de saúde envolvidos na atividade laboratorial de rastreio e diagnóstico de Covid-19 (farmacêuticos, médicos, enfermeiros, analistas clínicos, assistentes laboratoriais), com enfoque nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa. Esta formação será dinamizada pelo Presidente do Conselho do Colégio de Especialidade de Análises Clínicas e Genética Humana da Ordem dos Farmacêuticos de Portugal, Professor Doutor Rui Pinto.

     

    Esta formação, de acesso livre, será gravada e posteriormente disponibilizada publicamente. No dia 29 de julho terá lugar uma sessão de esclarecimento de dúvidas em tempo real, com a duração de 2 horas, com o objetivo de seguimento e follow-up após a formação online que decorre a 23 de julho.

     

    Solicitamos a divulgação por todos os interessados.

    Contamos com a participação de todos!


    Notícias

    26 de junho de 2020

    Webinar “Desafios à Investigação e Cooperação na África Lusófona”




    Instituto de Higiene e Medicina Tropical, da Universidade Nova de Lisboa (IHMT-NOVA) e a Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH) organizam no próximo dia 26 de junho um webinar especial dedicado à Diplomacia em Saúde na Era COVID-19 com o tema “Desafios à Investigação e Cooperação na África Lusófona”

    A iniciativa, que conta com o apoio do Centro de Ciência LP e da Comunidade Médica de Língua Portuguesa (CMLP), tem como objetivo avaliar e discutir o impacto da pandemia ao nível da diplomacia global, tendo como principais convidados embaixadores e outros altos dirigentes portugueses e estrangeiros.

    A série #1 de webinares, que contemplou seis sessões sobre “O que sabemos sobre a COVID-19”, já fechou, mas o ciclo de Webinares prossegue, a partir de julho com uma série #2 sobre “Como reorganizar os sistemas de saúde na era COVID-19“, com especial enfoque nos PALOP.
    As sessões, abertas ao público para perguntas, dirigem-se a profissionais de saúde, cientistas, estudantes e todos os interessados em saber mais sobre a pandemia que está a mudar o mundo.

    PROGRAMA [26 junho * 15h00]

    MENSAGEM DE ABERTURA

    Maria de Belém, Presidente do Conselho Consultivo do IHMT-NOVA

    MODERAÇÃO

    Maria Hermínia Cabral, Diretora para a Cooperação da Fundação Calouste Gulbenkian; e

    Maria Amélia Ferreira, Representante da Comunidade Médica de Língua Portuguesa [CMLP].

    ORADORES

    António de Carvalho*, Embaixador de Portugal na República da Guiné-Bissau;

    António Moniz, Embaixador de Portugal na República de Cabo Verde;

    Luís Gaspar da Silva*, Embaixador de Portugal na República Democrática de São Tomé e Príncipe;

    Maria Amélia Paiva, Embaixadora de Portugal na República de Moçambique; e

    Pedro Pessoa e Costa, Embaixador de Portugal na República de Angola.



    Para participar e colocar as suas questões neste Webinar Especial deve proceder à sua INSCRIÇÃO ou assistir LIVE no Facebook da APAH ou do IHMT-NOVA.
      


    Notícias

    15 de junho de 2020

    FFUL organiza Webminars RAMPS 2020 online gratuitos

    A Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa (FFUL) organiza, no âmbito do seu Mestrado em Regulação e Avaliação do Medicamento e Produtos de Saúde, os Webminares RAMPS 2020. 

    Estes eventos (online) têm como objetivo promover o debate sobre temas atuais no âmbito da Regulação de Medicamentos e Produtos de Saúde com especialistas de reconhecida experiência e competência científica nestas áreas do conhecimento.


    Programa


    19 de junho de 2020


    18h00-19h30 | “Pharmacovigilance systems in a globalized regulatory environment”

    Viola Macolic, MD PhD, European Medicines Agency, Former Head of HALMED – Croatian agency for medicinal products and medical devices

    Acesso livre através da plataforma Zoom



    20h00-21h30 | “Progress in Cell and Gene Therapy and current environment”

    Miguel Forte MD PhD, CEO, Bone Therapeutics, Invited Professor, FFULisboa

    Acesso livre através da plataforma Zoom



     

    20 de junho de 2020


    09h00-10h30 | “International Regulation and expectation management: the impact”

    Diogo Sousa-Martins, PharmD PhD, CEO, ELS Solutions, President of the commission for the Health and Pharmaceutical Sector, Compliance and Regulatory Portuguese Observatory (OPCR), Invited Professor, FFULisboa

    Acesso livre através da plataforma Zoom



    11h00-12h30 | “Role of patients and patients’ associations within the European Regulatory System for medicines”

    Isabel Boaventura MD, Corporate Affairs, Celgene

    Acesso livre através da plataforma Zoom


    Contacto: posgraduados@ff.ulisboa.pt



    Notícias

    28 de maio de 2020

    Webinar Covid-19 Learn4Moz

    A Health4Moz, uma associação de direito privado, sem fins lucrativos, que tem como seu foco principal contribuir para o desenvolvimento humanitário em Moçambique na área de saúde, incluindo educação, assistência médica, medicamentosa e alimentar, está a organizar webinars gratuitos sobre o COVID-19, em colaboração com a Ordem dos Médicos de Portugal e a Ordem dos Médicos de Moçambique. A esta inciativa, a Ordem dos Farmacêuticos de Portugal e a Associação de Farmacêuticos de Moçambique expressam o seu apoio.

    O Programa Learn4Moz apresenta no dia 28-05-2020 a 10ª e última sessão do 1º Ciclo de Webinars, com o tema "Factos e mitos: o HIV, a malária e o clima são protectores?".

    A sessão decorrerá às 22:00 de Moçambique, e poderá ser acedida através do endereço 
    bit.ly/webinarslearn4moz_10


    Notícias

    11 de maio de 2020

    FIP disponibiliza repositório de informação mundial acerca da pandemia Covid-19 em língua portuguesa

    A Federação Internacional Farmacêutica disponibiliza um repositório de informação mundial acerca da pandemia COVID-19, com orientações de tratamento e informações clínicas. Num esforço conjunto entre a Ordem dos Farmacêuticos e a Associação Nacional das Farmácias, os 4 documentos relativos às Recomendações de Saúde da FIP e os 10 Resumos das Orientações estão agora disponíveis em língua portuguesa no website da FIP.

    As Orientações da FIP estão divididas em quatro seções, que ajudam as equipas farmacêuticas como um todo. As orientações especificamente para os setores da farmácia comunitária, hospitalar e de análises clínicas podem ser encontradas na Seção 2 "Diretrizes para farmacêuticos e equipa da farmácia”. A orientação do FIP é baseada nas evidências disponíveis e nas recomendações de organizações idóneas, como a Organização Mundial de Saúde, os Estados Unidos e os Centro Europeu de Controlo e Prevenção de Doenças, entre outros, conforme citados no momento da publicação. O conhecimento disponível sobre o COVID-19 altera-se rapidamente e estas recomendações podem mudar de acordo com a situação atual. Embora o FIP se esforce para manter essas diretrizes atualizadas, recomenda-se a consulta dos sites dessas organizações e todas as novas evidências disponíveis para as atualizações mais recentes.

    Consulte abaixo os documentos orientadores da FIP em língua portuguesa:

    Recomendação n.º 1 – COVID-19: Informações Clínicas e Orientações de Tratamento

    Recomendação n.º 2 – COVID-19: Diretrizes para farmacêuticos e equipa da farmácia

    ​Recomendação n.º 3 – COVID-19: Perguntas frequentes e falsos mitos

    Recomendação n.º 4 – COVID-19: Informação adicional



    Resumo das Orientações n.º 1 – Modos de transmissão e período de incubação

    Resumo das Orientações n.º 2 – Intervenção das farmácias comunitárias e aconselhamento de doentes

    Resumo das Orientações n.º 3 – Operações e instalações da farmácia: garantir a segurança para todos e a continuidade do serviço

    Resumo das Orientações n.º 4 – Procedimentos da farmácia comunitária

    Resumo das Orientações n.º 5 – Planos de contingência de farmácias comunitárias

    Resumo das Orientações n.º 6 – Isolamento e encaminhamento do doente

    Resumo das Orientações n.º 7 – Gestão da limpeza e desinfeção

    Resumo das Orientações n.º 8 – Orientações de tratamento e medicamentos que devem ser armazenados

    Resumo das Orientações n.º 9 – Uso de máscaras

    ​Resumo das Orientações n.º 10 – Aviso aos doentes e utentes da farmácia comunitária


    Notícias

    29 de abril de 2020

    Health4Moz organiza webinars gratuitos sobre COVID-19

    Health4Moz, uma associação de direito privado, sem fins lucrativos, que tem como seu foco principal contribuir para o desenvolvimento humanitário em Moçambique na área de saúde, incluindo educação, assistência médica, medicamentosa e alimentar, está a organizar webinars gratuitos sobre o COVID-19, em colaboração com a Ordem dos Médicos de Portugal e a Ordem dos Médicos de Moçambique. A esta inciativa, a Ordem dos Farmacêuticos de Portugal e a Associação de Farmacêuticos de Moçambique expressam o seu apoio.


    As formações online sobre o COVID-19 do programa Learn4Moz decorrem até ao dia 30 de maio, na periodicidade de duas vezes por semana, em temas distintos e relevantes para o combate à pandemia do COVID-19.


    Mais informações em www.health4moz.com/


    Notícias

    24 de março de 2020

    AFPLP adia XIV Congresso Mundial dos Farmacêuticos de Língua Portuguesa

    A Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa (AFPLP) decidiu adiar a realização do XIV Congresso Mundial dos Farmacêuticos de Língua Portuguesa, que estava agendado para o dia 7 de maio, no Centro de Congressos de Lisboa, a par do Congresso Nacional dos Farmacêuticos 2020.

    Seguindo as recomendações das autoridades de saúde, justifica-se então alguma precaução na realização e participação em encontros e reuniões com intenso aglomerado de pessoas, como medida para contenção do risco de contágio pelo Covid-19.
    Neste contexto, a Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa (AFPLP) considera prudente o adiamento do seu Congresso Mundial para novas datas, a anunciar em breve, tendo em conta a evolução epidemiológica da situação.


    Notícias

    24 de março de 2020

    Informações para farmacêuticos sobre o coronavírus SARS-CoV-2

    A Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa disponibiliza recursos e informações relacionadas com a pandemia COVID-19.


    Recursos produzidos pela FIP (Federação Internacional Farmacêutica) para apoiar os farmacêuticos e pessoal de apoio (em farmácia comunitária e hospitalar e laboratórios de análises clínicas) na resposta à epidemia do novo coronavírus:

    ​- Informações e diretrizes provisórias para farmacêuticos e colaboradores da farmácia em Português

    ​Information and interim guidelines for pharmacists and the pharmacy workforce - UPDATED


    Como podem os Farmacêuticos aconselhar?
    data-cke-saved-src=



    Recursos produzidos pelas autoridades Portuguesas:



    Plano Nacional de Preparação e Resposta à Doença por novo coronavírus (COVID-19)

    Plano de Contingência COVID-19 - Farmácia

    Plano de Contingência da Farmácia Hospitalar

    Recomendações Específicas para os Laboratórios de Análises Clínicas



    Normas Orientadoras, Circulares Normativas e Orientações emanadas pela Direção Geral da Saúde de Portugal e o INFARMED:



    ​Norma nº 004/2020 de 23/03/2020: COVID-19: FASE DE MITIGAÇÃO – Abordagem do Doente com Suspeita ou Infeção por SARS-CoV-2  

    Norma nº 003/2020 de 19/03/2020 atualizada a 22/03/2020: Infeção por SARS-CoV-2 (COVID-19) – Farmácias comunitárias

    Norma nº 002/2020, de 16/03/2020: COVID-19: Infeção por SARS-CoV-2 (COVID-19) – Cuidados post mortem, autópsia e casas mortuárias

    Norma nº 001/2020, de 16/03/2020: COVID-19: Primeira Fase de Mitigação – Medidas Transversais de Preparação ​



    ​Circular Informativa de 05/03/2020 Orientação sobre o reforço imediato de stocks no Serviço Nacional de Saúde para COVID-19 de Medicamentos, Dispositivos Médicos e Equipamentos de Proteção Individual

    ​Circular Normativa n.º 001/CD/20/200 - Orientações técnicas para as farmácias no âmbito da pandemia COVID-19

    ​- Nota Informativa - Ausência de evidência entre o agravamento da infeção por COVID-19 e o ibuprofeno 



    Informação nº 006/2020 de 28/02/2020 COVID-19: Recomendações para eventos públicos e eventos de massas 

    Informação nº 005/2020 de 27/02/2020 Cidadãos regressados de uma área com transmissão comunitária ativa do novo coronavírus 

    Informação nº 004/2020 de 23/02/2020 Novo Coronavírus, COVID-19 – Áreas afetadas – Itália 

    Informação nº 003/2020 de 20/02/2020 Recomendações para viajantes 

    Informação nº 002/2020 de 18/02/2020 Cidadãos regressados da China ou de áreas afetadas 

    ​- Informação nº 001/2020 de 18/02/2020 Medidas sociais para pessoas regressadas da China ou de áreas afetadas



    Orientação nº 015/2020 de 23/03/2020 COVID-19: Diagnóstico Laboratorial

    Orientação nº 014/2020 de 21/03/2020 Infeção por SARS-CoV-2 (COVID-19) – Limpeza e desinfeção de superfícies em estabelecimentos de atendimento ao público ou similares

    Orientação nº 013/2020 de 21/03/2020 Profissionais de Saúde com Exposição a SARS-CoV-2 (COVID-19)

    Orientação nº 009/2020 de 11/03/2020 atualizada a 20/03/2020 Infeção por SARS-COV-2 (COVID-19) Procedimentos para Estruturas Residenciais para Idosos /ERPI), Unidades de Cuidados Continuados Integrados (UCCI) da Rede Nacional de Cuidados Continuados (RNCCI) e outras respostas dedicadas a pessoas idosas

    Orientação nº 012/2020 de 19/03/2020 Infeção por SARS-CoV-2 (COVID-19) – Recolha, Transporte e Tratamento dos Resíduos Hospitalares

    Orientação nº 007/2020 de 10/03/2020 (atualizada a 16/03/2020) Infeção pelo novo Coronavírus (SARS-CoV-2) – COVID-19 – Eventos de Massas

    Orientação nº 011/2020 de 17/03/2020 Infeção por SARS-CoV-2 (COVID-19) – Medidas de prevenção da transmissão em estabelecimentos de atendimento ao público

    Orientação nº 010/2020 de 16/03/2020 Isolamento por SARS-COV-2 (COVID-19) – Distanciamento Social e Isolamento

    Orientação nº 009/2020 de 11/03/2020 Infeção por SARS-CoV-2 (COVID-19) – Procedimentos para Estruturas Residenciais para Idosos (ERPI) e outras respostas dedicadas a pessoas idosas

    Orientação nº 007/2020 de 10/03/2020 Infeção por SARS-CoV-2 (COVID-19) – Eventos de Massa

    Orientação nº 006/2020 de 26/02/2020 Infeção por SARS-CoV-2 (COVID-19) – Procedimentos de prevenção, controlo e vigilância em empresas

    Orientação nº 004/2020 de 01/02/2020 Infeção por novo Coronavírus (2019-nCoV) – Procedimentos de vigilância de aeroportos e viajantes por via aérea

    Orientação nº 003/2020 de 30/01/2020 Prevenção e Controlo de Infeção por novo Coronavírus (2019-nCoV)

    Orientação nº 002A/2020 de 25/01/2020 (atualizada a 09/03/2020) Doença pelo novo Coronavírus (COVID-19) – Nova definição de caso

    Orientação nº 002/2020 de 25/01/2020 (atualizada a 10/02/2020) Infeção pelo novo Coronavírus (2019-nCoV)



    Mais informações em www.ordemfarmaceuticos.pt/coronavirus/


    Notícias

    24 de março de 2020

    Projeto BERC-Luso organiza formação sobre investigação biomédica e ensaios clínicos em Cabo Verde

    O projecto BERC-Luso (Biomedical Ethics and Regulatory Capacity Building Partnership for Portuguese-Speaking African Countries) organizou, de 17 a 22 de fevereiro, no Hotel Oásis Atlântico Praiamar, na Cidade da Praia, em Cabo Verde, a formação “Investigação Biomédica e Ensaios Clínicos: capacitação regulamentar e ética”.

    Dirigida a profissionais com responsabilidades regulamentares nas áreas da investigação clínica e bioética, a ação de formação registou a participação de 25 de profissionais (formandos oficiais do projeto) de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e S. Tomé e Príncipe, aos quais se associaram cerca de dez profissionais de Cabo Verde. A iniciativa está integrada no segundo de cinco Programas de Acção do Projecto BERC-Luso – intitulado "Educativo” –, que tem como objetivo a capacitação formal dos formandos de cada país nas áreas da revisão regulamentar e apreciação ética de ensaios clínicos.

    Organizado em parceria com duas instituições cabo-verdianas: a Entidade Reguladora Independente da Saúde e o Comité Nacional de Ética em Pesquisa em Saúde, o evento contou também com a participação de especialistas portugueses na área de revisão ética e regulamentar (Cátedra UNESCO de Bioética da Universidade Católica do Porto, Comissão de Ética para a Investigação Clínica, INFARMED e Ordem dos Farmacêuticos) e de representantes da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), que apresentaram o trabalho que as suas organizações desenvolvem no âmbito da revisão ética e apoio regulamentar para o desenvolvimento de ensaios clínicos.

    Os formandos também apresentaram um relatório sobre a investigação clínica nos respetivos países, mencionando os principais instrumentos ético-jurídico, disposições legais, entidades envolvidas e o seu funcionamento. Este trabalho forneceu visão geral sobre investigação biomédica nos cinco países parceiros do projeto BERC-Luso.

    No encerramento do evento, o ministro da Saúde e Segurança Social de Cabo Verde, Arlindo Nascimento do Rosário, assumiu o compromisso de promover o desenvolvimento da investigação clínica no país, através de legislação robusta e capacitação das instituições e profissionais.

    A OMS e UNESCO entregaram também aos formandos alguns documentos de apoio ao desenvolvimento, implementação e capacitação das comissões nacionais de bioética e de reforço regulamentar. Por sua vez, os formados comprometeram-se com um plano de ação nacional e individual, para implementação de ações concretas analisadas no âmbito desta ação de formação, com o objetivo de robustecer a investigação científica nos seus países.

    O projeto BERC-Luso cumpre agora a primeira metade do tempo previsto para a sua duração. Os próximos passos passam pela implementação das ações a nível individual e institucional nos vários países, como resultado da ação de formação. Em setembro, estes mesmos formandos vão realizar um estágio em Portugal, no Infarmed e na Comissão de Ética para a Investigação Clínica, para que possam observar na prática diária a implementação das boas práticas internacionais.

    O primeiro Programa de Acção, decorrido entre 2018 e 2019, desenvolveu um estudo comparado da legislação dos países parceiros com as melhores práticas internacionais em matéria de investigação biomédica, no sentido de vir a robustecer a legislação vigente e assim permitir que a investigação clínica decorra em benefício das populações, protegendo os participantes nos ensaios clínicos, contribuindo também para o desenvolvimento científico e económico dos países parceiros.
    Visite a página eletrónica do projeto BERC-Luso para mais informações, disponível em www.berc-luso.com.


    Notícias

    24 de março de 2020

    Livro comemorativo dos 25 anos da AFPLP

     A AFPLP editou a obra «25 Anos a Abrir Caminhos», o livro comemorativo do aniversário da Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa (AFPLP). Este livro foi lançado a 30 de outubro, pelas 20h, no Museu da Farmácia do Porto, por ocasião da Assembleia Geral da AFPLP.

    A obra, coordenada pelo jornalista Paulo Martins, conta com prefácio do antigo ministro dos Negócios Estrangeiros Luís Amado e nota introdutória de Maria da Luz Leite, primeira bastonária da Ordem dos Farmacêuticos de Cabo Verde, que presidiu à AFPLP no mandato 2017-2019.

    O livro reúne ainda os documentos aprovados pela organização desde 1993 e um conjunto de dados estatísticos que ajudam a compreender o impacto da actividade da AFPLP nos países que nela estão representados – Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe.​

    Aceda abaixo aos capítulos to Livro Comemorativo "25 anos a abrir caminhos".


    Notícias

    31 de outubro de 2019

    AFPLP aprova resolução sobre Os Farmacêuticos na Sustentabilidade dos Sistemas de Saúde

    É com enorme orgulho que foi aprovada ontem, dia 30 de Outubro de 2019, na cidade do Porto, em Portugal, na Assembleia Geral da AFPLP, com aclamação, a resolução: “Os Farmacêuticos na Sustentabilidade dos Sistemas de Saúde”, que detalha e realça a importância de incentivar os Farmacêuticos a participar nas Políticas de Saúde, para que em colaboração com outros profissionais e autoridades, possam agir de forma a informar, aconselhar e educar a população a promover a saúde e a prevenir as doenças.

    Este documento eleva a relevância de convergir esforços que visem uma educação de alta qualidade e a aprendizagem ao longo da vida para que todos os profissionais das Ciências Farmacêuticas tenham habilitações que atendam às necessidades de saúde das populações e possam trabalhar com todo o seu potencial. O valor em fomentar as competências dos Farmacêuticos em todas as suas vertentes e acelerar o avanço da cobertura universal de saúde, é também um dos temas que é abordado.

    É apanágio da AFPLP promover a cooperação entre países e organizações profissionais com vista a investir na expansão e transformação de profissionais na área da saúde e, através de campanhas, tomadas de posição, promoção de políticas que realcem a importância da actividade dos Farmacêuticos.


    Notícias

    31 de outubro de 2019

    Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa elege Helder Mota Filipe para Presidente

    A Assembleia Geral da Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa (AFPLP), reunida no Porto, Portugal, no dia 30 de outubro, elegeu o farmacêutico Português Helder Mota Filipe para Presidente da AFPLP no Biénio 2019-2021.

    Helder Mota Filipe é atualmente Professor Associado da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa, e Presidente do Conselho para a Cooperação da Ordem dos Farmacêuticos de Portugal.

    Licenciado em Ciências Farmacêuticas pela Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa em 1990, Helder Mota Filipe completou em 1996 o seu Doutoramento em Farmacologia, pela Universidade de Lisboa.

    É atualmente Membro da Comissão de Ética para a Investigação Clínica (CEIC), Membro da Comissão de Avaliação de Tecnologias de Saúde (CATS) e Membro da Comissão de Avaliação de Medicamentos (CAM).

    É Especialista em Assuntos Regulamentares pela Ordem dos Farmacêuticos, e Perito da Agência Europeia do Medicamento (EMA). Foi Presidente do INFARMED I.P. entre 2015 e 2016, Vice-Presidente entre 2005 e 2015, cumprindo mais de 12 anos no Conselho Diretivo da Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, I. P.

    É responsável pela orientação de sete teses de doutoramento e mais de uma dezena de teses de mestrado, e autor de mais de uma centena de publicações em revistas científicas internacionais com arbitragem científica nas áreas da farmacologia, da medicina experimental, da utilização de medicamentos e da ciência regulamentar.


    Notícias

    24 de setembro de 2019

    Países da Lusofonia premiados pela Federação Internacional Farmacêutica (FIP)

    A Federação Internacional Farmacêutica (FIP), atribui todos os anos, por ocasião do seu congresso mundial, duas distinções às associações membros que se destacam no campo da promoção da saúde pública e do desenvolvimento e avanço da prática profissional.

    Na Cerimónia de Abertura do 79º Congresso Mundial de Farmácia e das Ciências Farmacêuticas da FIP, o Presidente, Dominique Jordan, anunciou que o Prémio de Avanço na Prática Profissional (FIP Pharmacy Practice Improvement Award) do ano de 2019 foi atribuído ao projeto Abem, da Associação Nacional das Farmácias, dinamizado pela associação Dignitude, de Portugal. Já o Prémio de Promoção da Saúde (FIP Health Promotion Award), foi atribuído ao Conselho Federal de Farmácia do Brasil, com o projeto “Farmacêuticos em Ação no Bem Estar Global”.

    A AFPLP felicita as duas associações que foram distinguidas a nível mundial, pelo avanço da prática profissional e a promoção da saúde pública. Esta é a primeira vez que países lusófonos recebem ambos os prémios que a FIP atribui às suas associações membro. Destaque-se que o último prémio atribuído a uma associação-membro pertencente à Lusofonia se deu em 2016, com a campanha de saúde pública “Uso do Medicamento – Somos Todos Responsáveis”, da Ordem dos Farmacêuticos de Portugal.


    O 79º Congresso Mundial da Federação Internacional Farmacêutica decorre de 22 a 26 de Setembro, em Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos, em que participam 61 farmacêuticos de língua portuguesa, num total de 2.652 participantes de 115 países.



    Notícias

    2 de agosto de 2019

    OFCV elege novos órgãos sociais para o triénio 2019-2022

    No dia 06 de abril de 2019, os Farmacêuticos cabo-verdianos escolheram, através de ato eleitoral, os órgãos sociais da Ordem dos Farmacêuticos de Cabo Verde (OFCV) para o triénio 2019-2022.

    O sufrágio elegeu a Dr.ª Marcília Baticy Fernandes, a nova Bastonária da OFCV, encabeçando a lista única que se apresentou às eleições realizadas no dia 06 de abril.

    Recorde-se que, na história recente da OFCV, esta é a segunda vez que os Farmacêuticos cabo-verdianos são chamados à urna, após a eleição realizada em 2016, que elegeu a primeira Bastonária, Dr.ª Maria da Luz Leite.



    Notícias

    2 de agosto de 2019

    Assembleia Geral da AFPLP a 30 de outubro, no Porto, Portugal

    A Próxima Assembleia Geral da Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa decorre já no próximo dia 30 de outubro de 2019, pelas 15:00, na Sede da Secção Regional do Norte da Ordem dos Farmacêuticos (Porto), em Portugal.

    Esta Assembleia Geral terá como objetivo a Eleição para os órgãos sociais da AFPLP para o biénio 2019-2021, ditando a liderança da Associação para os próximos 2 anos. Da Ordem de Trabalhos, consta ainda a apresentação do relatório do Conselho de Administração 2017-2019, a análise e votação da proposta de Resolução “Contributo dos Farmacêuticos nas Políticas de Saúde”, e ponto da situação do associativismo profissional e da actividade farmacêutica nos países da AFPLP.

    No dia 31 de outubro, a Ordem dos Farmacêuticos (OF) organizará o evento SNS 40 anos, na Sede da Secção Regional do Norte da OF, que pretende relevar o papel do Serviço Nacional de Saúde, no ano em que comemora o seu 40º aniversário.


    Notícias

    2 de agosto de 2019

    XIV congresso AFPLP com data marcada!

    O XIV Congresso Mundial dos Farmacêuticos de Língua Portuguesa já tem data marcada: dias 7, 8 e 9 de maio 2020, em Lisboa, Portugal.

    O XIV Congresso Mundial da AFPLP decorre a par com a edição 2020 do Congresso Nacional dos Farmacêuticos, organizado pela Ordem dos Farmacêuticos de Portugal.

    Durante três dias, o Centro de Congressos de Lisboa recebe o maior evento português do setor farmacêutico. O tema "Abrir horizontes. Fazer acontecer." dará o mote para um debate sobre os desafios da profissão e dos sistemas de saúde na próxima década.

    Integrado neste evento, o XIV Congresso Mundial dos Farmacêuticos de Língua Portuguesa contará com um Simpósio de alto nível, a Assembleia Geral da AFPLP, e sessões paralelas relativas aos vários setores de atividade da profissão farmacêutica no espaço da lusofonia.

    Fique atento – as novidades estão a chegar!


    Notícias

    2 de agosto de 2019

    Eleições na Ordem dos Farmacêuticos

    Ana Paula Martins foi reeleita Bastonária da Ordem dos Farmacêuticos (OF) para o triénio 2019-2021, naquele que será o seu segundo mandato como representante dos farmacêuticos portugueses.

    O processo eleitoral para escolha dos novos órgãos sociais da OF – Órgãos Nacionais, Regionais e Colégios de Especialidade – que teve lugar a 9 de fevereiro, primou este ano pela diferença, tendo sido introduzido pela primeira vez a possibilidade do voto eletrónico (que mereceu a preferência de 80% dos farmacêuticos que participaram neste ato eleitoral).


    Notícias

    2 de agosto de 2019

    OFA organiza 4ª semana da Farmácia Angolana

    A 4ª Semana da Farmácia Angolana realiza-se em Luanda, de 23 a 27 de setembro de 2019. O evento, promovido pela Ordem dos Farmacêuticos de Angola (OFA), com o apoio do Ministério da Saúde / Direcção Nacional de Medicamentos e Equipamentos e da Associação dos Profissionais de Farmácia de Angola (Assofarma), reunirá, na capital, centenas de farmacêuticos, profissionais de farmácia e outros técnicos de saúde provenientes de todo o país, e ainda convidados do mundo lusófono.

    A Semana constitui um grande fórum de interacção entre a comunidade farmacêutica, para troca de experiências profissionais e científicas.


    Notícias

    2 de agosto de 2019

    Farmacêuticos já têm Código Deontológico

    No quadro das suas atribuições, publicadas em seus Estatutos, Lei nº 87/VIII/ 2015, de 14 de abril, cumpre à Ordem dos Farmacêuticos de Cabo Verde (OFCV) a defesa e a promoção da ética da deontologia e a qualidade profissional dos farmacêuticos.

    Assim, atendendo que exercício da atividade farmacêutica, como qualquer exercício profissional, possui uma dimensão ética que deve ser regulada por um Código Deontológico, a OFCV elaborou e propos ao Governo o Código Deontológico que rege a profissão farmacêutica em Cabo Verde, publicado através do Decreto-lei nº 12/2018, B. O. nº 16, de 07 de março.

    O Código Deontológico traduz-se num conjunto de normas de comportamentos cuja realização não só é recomendável como deve servir de orientação e motivação no decorrer no exercício da profissão, tendo sempre presente o elevado grau de responsabilidade que nele se encerra e o dever ético de a exercer com maior diligência, zelo e competência.


    Notícias

    2 de agosto de 2019

    São Tomé e Príncipe regista 300 novos casos de malária por ano

    Ministro da Saúde considera a situação “preocupante”, prometendo investimento do governo no combate e prevenção da doença. Fim de apoio de Taiwan ajudou ao aumento.

    Os casos de malária em São Tomé e Príncipe aumentaram nos últimos quatro anos, registando-se três centenas de casos por ano, disse aos jornalistas o ministro da saúde, Edgar Neves.

    "Desde 2014, [a malária] tem aumentado. Nós temos o trabalho feito, conhecemos os números e em média foi aumentando 290 a 300 casos por ano”, disse Edgar Neves, no final de um encontro no sábado com responsáveis de vários setores.



    Notícias

    2 de agosto de 2019

    Guiné-Bissau: Hepatites representam “grave problema de saúde pública”

    Na Guiné-Bissau, as Hepatites representam “um grave problema de saúde pública”, por não existir até à data, um “programa específico” de controlo dessa doença, disse a Ministra da Saúde Pública, Magda Robalo, na sua mensagem a 28 de julho, por ocasião da celebração do dia Mundial das Hepatites.

    Para colmatar essa lacuna, Magda Robalo informou que se perspectiva a readequação dos serviços do Ministério, através de unidades de infeciologia, de modo a gerir e dar respostas que permitam melhorar as suas intervenções e perseguir as metas da eliminação da doença até 2020.


    Notícias

    2 de agosto de 2019

    Setor farmacêutico português apoia vítimas do furacão Idai

    A Ordem dos Farmacêuticos (OF) é uma das entidades envolvidas na “Operação Emergência Abem: Moçambique”, coordenada pela Associação Dignitude, para garantir cuidados de saúde e acesso a medicamentos à população afetada pelo furacão Idai.

    "Depois da fase de emergência imediata, vem agora a fase mais exigente de controlo da epidemias e prestação de cuidados aos sobreviventes afetados pelo Idai. Neste momento estamos em fase de identificação de necessidades e coordenação com entidades responsáveis em Portugal e Moçambique”, explicou o porta-voz da operação, Hélder Mota Filipe, presidente do Conselho para a Cooperação da OF.

    Entre as entidades envolvidas nesta operação estão também a Cáritas Portuguesa, a Plataforma Saúde em Diálogo, a Health4MOZ, a Cruz Vermelha Portuguesa, a Fundação Ageas Portugal, a Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica e a Associação Nacional das Farmácias, estando aberta à participação de outras organizações dos sectores social e da saúde.


    Notícias

    2 de agosto de 2019

    Projecto BERC-Luso desenvolve estudo lusófono de capacitação ética e regulamentar

    O projeto BERC-Luso (Biomedical Ethics and Regulatory Capacity Building Partnership for Portuguese Speaking African Countries), que visa a capacitação ética e regulamentar na área do medicamento nos países lusófonos, organizou um primeiro simpósio internacional no passado dia 6 de junho, para debater as melhores práticas internacionais em matéria de investigação clínica. O evento juntou representantes dos parceiros do projeto – Cátedra UNESCO de Bioética, Comissão de Ética para a Investigação Clínica, Infarmed e Ordem dos Farmacêuticos –, juristas e embaixadores dos países africanos de língua oficial portuguesa envolvidos – Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau e Moçambique – para debater o quadro ético e regulamentar das respetivas comissões de ética e autoridades nacionais do medicamento.


    Notícias

    2 de agosto de 2019

    Educação farmacêutica em debate resulta no livro “Formação Farmacêutica no Brasil”

    "Inovar e integrar para bem formar" foi o tema da X Conferência Nacional de Educação Farmacêutica e do X Encontro Nacional de Coordenadores de Cursos de Farmácia que tiveram início no dia 5 de junho em Foz do Iguaçu (PR). O objetivo do evento passou por discutir, com professores, estudantes e coordenadores de curso, a inovação e a integração dos eixos: Cuidado em Saúde, Tecnologia e Inovação em Saúde e Gestão em Saúde considerados estruturantes para os cursos de Farmácia e que devem ser implantados até outubro de 2019, conforme as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs).


    Notícias

    19 de novembro de 2018

    Portugal assina protocolo com a Guiné-Bissau na área da saúde

    A Secretária de Estado da Saúde de Portugal à data, Rosa Valente de Matos, e a Ministra da Saúde Pública, Família e Coesão Social da Guiné-Bissau, Maria Inácia Có Sanhá, assinaram, em Mansoa, um protocolo de colaboração técnica na área da saúde, que vai permitir consolidar a cooperação de Portugal com este país.


    Notícias

    19 de novembro de 2018

    Portugal e Moçambique organizam Encontro Luso-Moçambicano do Setor Farmacêutico

    O I Encontro Luso-Moçambicano do Setor Farmacêutico, organizado conjuntamente pela Ordem dos Farmacêuticos de Portugal e pela Associação de Farmacêuticos de Moçambique (Afarmo), levou aos colegas farmacêuticos moçambicanos a experiência portuguesa na regulação do setor farmacêutico, uma discussão particularmente pertinente devido ao início do processo de transformação da associação em Ordem profissional.


    Notícias

    19 de novembro de 2018

    XIII Congresso Mundial de Farmacêuticos de Língua Portuguesa reuniu mais de 200 participantes


    A décima terceira edição do Congresso Mundial de Farmacêuticos de Língua Portuguesa juntou na capital cabo-verdiana mais de 200 farmacêuticos lusófonos, naquela que foi uma das edições mais concorridas do evento organizado pela Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa (AFPLP), que comemorou o seu 25.º aniversario. Cabo Verde, a par de Angola, são os únicos países africanos lusófonos em que a profissão farmacêutica é regulada por um Ordem profissional, tal como acontece em Portugal. O desenvolvimento da profissão é, no entanto, uma realidade transversal aos restantes países da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), patente também nos trabalhos apresentados neste Congresso, sob a forma de póster, por farmacêuticos de diferentes nacionalidades e áreas profissionais.

    O primeiro dia do evento foi preenchido com sessões da Academia AFPLP, composta por três workshops sobre indicação farmacêutica, resultados em saúde e sobre a atividade dos laboratórios clínicos. Decorreu igualmente neste dia a 18.ª Assembleia Geral da Associação, durante a qual foi aprovada uma revisão da resolução sobre a intervenção dos farmacêuticos no combate às resistências antimicrobianas.


    Notícias

    19 de novembro de 2018

    Assembleia Geral aprovou resolução sobre Intervenção Farmacêutica no âmbito da Resistência Antimicrobiana

    Os membros da Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa (AFPLP) aprovaram, por unanimidade, uma revisão da resolução emitida em 2003 sobre a intervenção farmacêutica no combate às resistências antimicrobiana. Reunidos em Cabo Verde, à margem do XIII Congresso Mundial de Farmacêuticos de Língua Portuguesa, durante o qual são assinalados os 25 anos da AFPLP, os farmacêuticos de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe renovaram o compromisso de apoiar campanhas nacionais e internacionais, promover a cooperação entre países e organizações profissionais, e apoiar as associações membro no desenvolvimento de ações neste domínio.


    Notícias

    19 de novembro de 2018

    Pósteres Técnico Científicos no XIII Congresso Mundial da AFPLP reforçam investigação científica

    Durante o XIII Congresso Mundial de Farmacêuticos de Língua Portuguesa, que decorreu entre os dias 3 e 5 de outubro de 2018, na Cidade da Praia, em Cabo Verde, com o tema "O Farmacêutico nos Sistemas de Saúde", teve lugar uma exposição de Pósteres Científicos.


    Neste âmbito, a AFPLP promoveu um espaço para apresentação e discussão de Pósteres Técnico-Científicos da autoria de farmacêuticos dos vários países membros da AFPLP, nas suas diferentes áreas de intervenção profissional.


    Esta iniciativa teve como objetivo a divulgação de trabalhos técnico-científicos dos farmacêuticos dos vários países de língua portuguesa, nas diferentes áreas de intervenção profissional, que constituem uma mais-valia que a Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa procurou dinamizar na esfera das suas atividades.


    Foram rececionados 34 trabalhos para exposição no XIII Congresso Mundial, nas seguintes áreas: Farmácia Prática (Farmácia Comunitária, Farmácia Hospitalar, Distribuição Farmacêutica, Indústria Farmacêutica); Galénica e Tecnologia Farmacêutica; Análises Clínicas, e outras áreas técnico-científicas.


    Notícias

    19 de novembro de 2018

    Visita Oficial da Ordem dos Farmacêuticos a Moçambique

    A bastonária da Ordem dos Farmacêuticos liderou uma delegação de farmacêuticos portugueses que foi recebida, em audiência, pela ministra da Saúde de Moçambique, Nazira Abdula naquela que foi a primeira ação da representante dos farmacêuticos portugueses em território moçambicano. A comitiva esteve também reunida com a embaixadora de Portugal no país, Maria Amélia Paiva, e visitou várias instituições, unidades de saúde e empresas do setor farmacêutico.

    O programa da visita oficial a Moçambique permitiu uma visão alargada da organização do setor farmacêutico no país e suas principais carências. A OF tem uma relação histórica com o Ministério da Saúde e várias outras instituições ligadas ao setor farmacêutico e à saúde, em geral, facto que foi realçado nas reuniões com diversos interlocutores.

    Além da colaboração na formação académica dos jovens farmacêuticos moçambicanos, a OF apoiou projetos de desenvolvimento de unidades e serviços farmacêuticos, de que o Hospital Central de Maputo é apenas um exemplo.

    Ao longo das várias ações realizadas durante esta deslocação a Moçambique a bastonária contactou de perto com alguns colegas a exercer nos hospitais, nas farmácias comunitárias, na indústria e na distribuição farmacêutico, bem como nos laboratórios de análises clínicas e no ensino.


    ​Assista à Reportagem Especial aqui


    Notícias

    19 de novembro de 2018

    Fórum Farmacêutico Angolano

    O Fórum Farmacêutico Angolano realizou-se na Mediateca de Luanda no passado dia 25 de setembro de 2018. Este evento, composto por um programa científico de excelência, foi acompanhado em simultâneo da Exposição de Catálogos e Brochuras Técnicas, apresentados pela Indústria e Distribuidores Farmacêuticos de Angola.


    Notícias

    19 de novembro de 2018

    Aprovada resolução sobre o cuidado farmacêutico relativo aos suplementos alimentares


    O Plenário do Conselho Federal de Farmácia (CFF) aprovou no dia 25 de outubro, na sua 475ª Reunião Plenária, a resolução que dispõe sobre o cuidado farmacêutico relacionado aos suplementos alimentares. A norma é fruto de um processo desencadeado pelo presidente do Conselho Federal de Farmácia, Walter da Silva Jorge João, que, no ano passado, designou um Grupo de Trabalho para elaborar a norma e para, junto da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e de outros conselhos profissionais, colaborar na revisão da regulamentação de toda a cadeia dos suplementos alimentares. Após a revisão da normativa sanitária, que abriu espaço para o farmacêutico nessa área, a nova resolução vem disciplinar essa atuação.


    Notícias

    19 de novembro de 2018

    OFCV promove campanha de saúde pública

    No quadro da estratégia de alargamento da fortificação domiciliária com Vitaferro, as farmácias comunitárias participam na disponibilização do multivitamínico nas ilhas de Santiago e Santo Antão.

    Coordenada pelo Programa Nacional de Nutrição (PNN) do Ministério da Saúde e da Segurança Social (MSSS), a fortificação domiciliária com Vitaferro decorre, desde 2017, nas ilhas de S. Vicente, S. Nicolau, Sal, Boa Vista, Maio, Fogo e Brava. No decurso do agravamento da situação de seca e as suas implicações na saúde da população, em 2018, a distribuição foi alargada para as ilhas de Santiago e Santo Antão, com a distribuição gratuita nos centros de saúde e venda nas farmácias comunitárias.

    De realçar que o Grupo Profissional das Farmácias Comunitárias da Ordem dos Farmacêuticos de Cabo Verde (OFCV), considerou importante abraçar esta causa, de modo a promover as farmácias e farmacêuticos enquanto agentes de saúde, disponibilizando os serviços e conhecimentos em prol da população e em estreita integração com outros profissionais do Sistema Nacional de Saúde.

    Fonte: aqui


    Notícias

    19 de novembro de 2018

    Pelo menos 90% dos medicamentos vendidos nas ruas de São Tomé são contrafeitos

    Pelo menos 90% dos medicamentos vendidos na rua em São Tomé e Príncipe e alguns dos comercializados hospitais e centros de saúde são contrafeitos, denunciou em setembro uma responsável do ministério da Saúde são-tomense.

    De acordo com Vânia Castro, farmacêutica do Ministério do Saúde, "mesmo dentro do sistema legal de saúde existem medicamentos contrafeitos", neste caso "importados".

    A responsável falava a jornalistas à margem de um ateliê organizado pelo Ministério da Saúde para assinalar o Dia Internacional do Farmacêutico, que se comemorou no passado dia 25 de setembro.


    Notícias

    19 de novembro de 2018

    Hospitais portugueses vão dar formação de gestão aos PALOP

    Os hospitais portugueses vão receber gestores dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) para estágios, troca de experiências e aprendizagem mútua, anunciou o presidente da Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH), no final de setembro.
    “Vamos abrir as portas dos hospitais portugueses para acolher gestores desses países e também dar apoio de consultoria para a gestão de serviços de saúde nesses países”, disse Alexandre Lourenço em entrevista à agência Lusa, a propósito do 27.º congresso da Associação Europeia dos Administradores Hospitalares, que decorreu no Centro de Congresso do Estoril, em Cascais.


    Notícias

    19 de novembro de 2018

    O primeiro congresso dos farmacêuticos em Moçambique

    Pela primeira vez, os farmacêuticos moçambicanos estiveram reunidos em congresso para debater o estado atual da profissão e os principais desafios do país em matérias de cuidados de saúde, assistência farmacêutica e medicamentosa. O 1.º Congresso dos Farmacêuticos de Moçambique, organizado pela Associação dos Farmacêuticos de Moçambique (Afarmo), foi uma oportunidade para atualização de conhecimentos e desenvolvimento profissional, mas, acima de tudo, um primeiro passo para afirmação de um grupo profissional essencial para o país.


    Notícias

    10 de outubro de 2018

    Maria Odette Santos Ferreira (1925-2018)

    A professora e investigadora portuguesa Maria Odette Santos Ferreira faleceu no dia 7 de outubro, em Lisboa, aos 93 anos. O funeral teve lugar no dia 9 de outubro, no Cemitério do Alto de São João.

    A Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa manifesta o seu profundo pesar pelo desaparecimento desta distinta farmacêutica, com relevância mundial e em particular nos países da Lusofonia. Odette Ferreira foi umas das mais proeminentes farmacêuticas portuguesas, com uma dedicação ímpar à profissão, à ciência e aos mais desfavorecidos. Sempre com enorme orgulho no seu título de farmacêutica, deixa uma marca indelével na profissão, pelo prestígio, pelo exemplo, pelos princípios e conhecimentos que transmitiu, enquanto professora, a várias gerações de farmacêuticos, que hoje a revêm como exemplo.

    Odette Ferreira cresceu na Guiné Bissau enquanto criança, e dedicou toda a sua vida à ciência, em particular à infeção pelo vírus do VIH/sida. De todas as suas descobertas, a mais emblemática é a da identificação do VIH-2, 2º vírus da sida, inicialmente isolado num doente guineense internado no Hospital Egas Moniz. Esta importante descoberta, que veio alterar por completo o paradigma desta doença, permitiu o avanço na identificação de novas terapêuticas, essenciais para o tratamento da infeção por VIH.

    Em nome de todos os farmacêuticos do espaço de língua portuguesa, a AFPLP dirige as mais sentidas condolências à família e amigos, e reitera a enorme gratidão por toda uma vida e obra que ficam perpetuadas no seio da classe farmacêutica.


    Notícias

    24 de agosto de 2018

    Novo site do XIII Congresso da AFPLP

    Já está disponível o site oficial do XIII Congresso Mundial de Farmacêuticos de Língua Portuguesa, que decorrerá entre os dias 3 e 5 de outubro de 2018, na Cidade da Praia, em Cabo Verde, com o tema "O Farmacêutico nos Sistemas de Saúde". Visite-o já em www.afplp.org/congresso2018.

    Neste site poderá consultar as informações relativas ao congresso, nomeadamente as sessões paralelas, as sessões plenárias, assim como informações relativas aos Pósteres Técnico-Científicos. Poderá também efetuar a sua inscrição no XIII Congresso Mundial da AFPLP através deste site, no menu “INSCRIÇÃO”.

    Agarre esta oportunidade e participe neste evento de extremo relevo e importância para o desenvolvimento da Farmácia em Português!


    Notícias

    23 de agosto de 2018

    ARFA submete à consulta pública a proposta de revisão do diploma que estabelece o regime de preços dos medicamentos de uso humano e o regulamento do processo de fixação de preços de medicamentos

    A Agência de Regulação e Supervisão dos Produtos Farmacêuticos e Alimentares (ARFA), em conformidade com os seus Estatutos e no cumprimento do seu papel de regulação e monitorização do mercado de medicamentos e produtos farmacêuticos, concebeu a proposta de revisão do diploma que estabelece o regime de preços dos medicamentos de uso humano e respetiva monitorização e revisão, bem como a fixação de categorias a que os mesmos devem obedecer, o Decreto-Lei nº 22/2009, de 06 de julho, e a proposta de Regulamento do Processo de Fixação de Preços de Medicamentos.

    Estas propostas vêm na sequência da realização de consultas técnica e pública realizadas até o momento, das recomendações emitidas pelo estudo de avaliação do impacto económico da proposta de revisão promovido pela ARFA, juntamente com os contributos recebidos na reunião de apresentação dos resultados do estudo, e pretendem corrigir um conjunto de fragilidades e lacunas que vem condicionando a boa implementação da regulação económica dos preços dos medicamentos em Cabo Verde.


    Notícias

    23 de agosto de 2018

    Relatório aponta que doenças não transmissíveis são ameaça ao desenvolvimento de Moçambique

    As doenças não transmissíveis (DNT) representam um terço das doenças em Moçambique e são uma ameaça ao desenvolvimento, refere o Relatório Nacional de 2018 sobre Doenças Crónicas e Não Transmissíveis publicado em junho pelo Ministério da Saúde (MISAU).

    Segundo o relatório, que se baseia em estudos nacionais e internacionais, mais de metade dos anos perdidos por incapacidades provocadas por doenças não transmissíveis em Moçambique ocorre antes dos 40 anos.


    Notícias

    23 de agosto de 2018

    Farmacêuticos angolanos pedem a criação de um Infarmed

    A Ordem dos Farmacêuticos de Angola aponta a necessidade de o país ter um laboratório nacional para controlo da qualidade e um sistema de registo e homologação dos medicamentos, para garantir a segurança do mercado.

    O posicionamento foi manifestado em julho, em Luanda, pelo bastonário da Ordem dos Farmacêuticos de Angola, Boaventura Moura, à margem de um encontro entre representantes do setor da saúde e do Governo angolano.

    Na ocasião, o responsável debruçou-se sobre "melhorias e insuficiências" que o setor enfrenta, sustentando que aqueles equipamentos são "indispensáveis" para a formação farmacêutica.

    "A classe farmacêutica do país tem estado a evoluir dia após dia, se ontem já fomos sete hoje somos 637. Temos de agradecer os esforços do Governo sobre a formação de alguns técnicos no exterior do país, agora precisamos trabalhar para melhorar a qualidade desta formação", disse o bastonário, em declarações aos jornalistas.


    Notícias

    23 de agosto de 2018

    Conselho Federal de Farmácia do Brasil inicia publicação de referenciais mínimos para reconhecimento de cursos livres

    O Conselho Federal de Farmácia (CFF) começou a publicar, no Portal da Transparência, os referenciais mínimos para o reconhecimento de cursos livres, sem caráter académico, para especialização profissional nas áreas de atuação do farmacêutico. As áreas de Análises Clínicas e de Estética tiveram os seus referenciais publicados no final do mês de julho, após aprovação, por unanimidade, pela 472ª Reunião Plenária da entidade. Os próximos serão das áreas de Homeopatia e Farmácia Clínica. Os referenciais regulamentam o reconhecimento de cursos livres oferecidos por entidades distintas das que estão sob regulamentação do Ministério da Educação (MEC), como pós-graduações Lato e Stricto sensu.


    Notícias

    23 de agosto de 2018

    Ordem dos Farmacêuticos de Portugal apresenta Nova Norma Geral sobre Preparação Individualizada da Medicação

    A Direção Nacional da Ordem dos Farmacêuticos (OF) aprovou uma nova norma de orientação profissional sobre Preparação Individualizada da Medicação (PIM), um dos novos serviços farmacêuticos que podem ser prestados nas farmácias comunitárias, ao abrigo da Portaria n.º 97/2018, em vigor desde o início de maio. A versão final do documento resulta de um trabalho de normalização de procedimentos, que foi alvo de importantes contributos e comentários, durante o período em que esteve em Consulta Pública, visando orientar os farmacêuticos comunitários na prestação deste novo serviço, diferenciador e de inquestionável utilidade para os cidadãos que tomam múltiplos medicamentos.


    Notícias

    23 de agosto de 2018

    Já é possível notificar efeitos indesejáveis e problemas de qualidade associados aos produtos cosméticos em Cabo Verde

    No âmbito da implementação do regime jurídico aplicável aos produtos cosméticos (RJAPC), estabelecido pelo Decreto-lei nº 21/2016, de 31 de março, a Agência de Regulação e Supervisão dos Produtos Farmacêuticos e Alimentares (ARFA), desenvolveu um formulário de notificação de efeitos indesejáveis e problemas de qualidade associados aos produtos cosméticos.

    A legislação nacional determina que a Pessoa Responsável pela colocação desses produtos no mercado (operador económico) acompanhe e relate todos os problemas relacionados aos produtos cosméticos. Entretanto, a segurança desses produtos depende também dos consumidores que deverão notificar imediatamente qualquer efeito indesejável e/ou problema de qualidade decorrente da utilização dos mesmos.

    Os consumidores poderão notificar à ARFA sempre que desenvolverem erupções cutâneas, vermelhidões, queimaduras, queda de cabelo, cefaleia, qualquer processo infecioso ou doença, no decorrer da utilização de um produto cosmético; ou ainda, detetarem mau cheiro, mudança de cor, sinais de contaminação ou a presença de material estranho num produto cosmético.


    Notícias

    23 de agosto de 2018

    1ª reunião da Comissão Nacional de Farmacovigilância de Cabo Verde

    A Agência de Regulação e Supervisão dos Produtos Farmacêuticos e Alimentares (ARFA) acolheu a 1ª reunião da Comissão Nacional de Farmacovigilância do Sistema Nacional de Farmacovigilância (SNF).

    Realizada no dia 13 de junho de 2018, a reunião contou com a participação dos membros da Comissão, empossados no dia 18 de outubro de 2017, designadamente os representantes da ARFA que a presidem, do Ministério da Saúde e da Segurança Social com um membro para as Políticas de Saúde e um membro para as Políticas da área do Medicamento, e ainda com os representantes dos Hospitais Centrais (Hospital Agostinho Neto), dos Gestores de Riscos, da Ordem dos Médicos Cabo-Verdianos e da Ordem dos Farmacêuticos de Cabo Verde.


    Notícias

    23 de agosto de 2018

    Portugal oferece medicamentos aos hospitais de São Tomé

    A cooperação portuguesa entregou no passado dia 14 de agosto ao Ministério da Saúde de São Tomé um lote de medicamentos e consumíveis avaliado em cerca de 40 mil euros, indicou fonte oficial.

    Esses medicamentos foram entregues no quadro do projeto Saúde para Todos e somam-se a outro lote já recebido, no âmbito de um apoio anual que totaliza mais de 78 mil euros. Fonte hospitalar disse aos jornalistas que, nos últimos meses, o principal hospital do país, Aires de Menezes, "tem-se confrontado com carências de medicamentos diversos".


    Notícias

    23 de agosto de 2018

    Luta contra o VIH em Portugal

    Portugal está entre o restrito grupo de países europeus com mais pessoas com vírus da imunodeficiência humana (VIH) diagnosticadas e com mais doentes em tratamento que deixaram de transmitir a infeção, revelou o responsável da Organização Mundial da Saúde (OMS) Masoud Dara.

    A afirmação foi feita no dia 4 de julho, pelo Coordenador do Programa de Doenças Transmissíveis da OMS, à margem de reunião com o Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, no sentido de ficar a conhecer mais aprofundadamente a realidade nacional no que toca ao combate ao VIH e aos resultados alcançados nesta matéria por Portugal.

    O encontro contou também com a participação do Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, e da Diretora do Programa Nacional para a Infeção VIH/Sida, Isabel Aldir.


    Notícias

    23 de agosto de 2018

    Segurança do paciente é tema de Fórum em Belo Horizonte

    “Se os hospitais não sabem, ao certo, a diferença entre erros com medicação e reações adversas; se não temos dados sobre indicadores de resultado; se ainda temos problemas com embalagens semelhantes de medicamentos, como vamos cumprir o desafio de reduzir, em 50%, os danos provocados por erros com medicamentos?” – Foi com essa questão que o farmacêutico Mário Borges, Presidente do ISMP Brasil, deu início ao VI Fórum Internacional sobre Segurança do Paciente, no passado dia 3 de agosto, em Belo Horizonte/Minas Gerais. Ao final da abertura, o mesmo completou, “por ser a realidade desafiadora é que precisamos agir e por isso estamos aqui, para discutir ações práticas, com metas específicas de promoção da segurança do paciente na sua relação com o medicamento”, disse.


    Notícias

    23 de agosto de 2018

    Brasil dá os primeiros passos na produção de radiofármacos

    O Governo Federal deu o primeiro passo para a construção do Reator Multipropósito Brasileiro (RMB), empreendimento capaz de produzir radiofármacos utilizados no tratamento de doenças como o cancro.

    A iniciativa contribuirá para o fim da dependência externa de radioisótopos e para o fornecimento de radiofármacos ao SUS (Sistema Único de Saúde) a preço de custo. A pedra fundamental da obra foi lançada sexta-feira, dia 8 de junho, em Iperó (São Paulo), pelo presidente da República Michel Temer. O ministro da Saúde, Gilberto Occhi participou no evento e reafirmou que o investimento de R$ 750 milhões está previsto no orçamento da Pasta.


    Notícias

    23 de maio de 2018

    Governo angolano autoriza farmácias a realizarem testes rápidos

    A ministra da Saúde angolana, Sílvia Lutukuta, autorizou que vários tipos de testes rápidos, como medição da tensão arterial ou de controlo de glicemia, passem a ser feitos nas farmácias do país, libertando desta forma recursos nas unidades de saúde.


    Notícias

    23 de maio de 2018

    ARFA, ASAE e BfR promovem Workshop sobre Avaliação de Riscos em Segurança Sanitária de Alimentos

    A Agência de Regulação e Supervisão dos Produtos Farmacêuticos e Alimentares (ARFA), a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) e o Instituto Federal de Avaliação de Riscos (BfR), realizaram de 10 a 12 de abril de 2018 o 2º Workshop sobre "Desafios Atuais da Avaliação de Risco em Segurança Sanitária de Alimentos".


    Notícias

    23 de maio de 2018

    Moçambique prevê vacinar seis milhões contra sarampo e rubéola em sete dias

    O Ministério da Saúde de Moçambique espera vacinar seis milhões de crianças dos seis meses aos 14 anos até dia 27 de maio, na segunda fase da campanha de vacinação contra sarampo e rubéola, que começou no dia 21 de maio.


    Notícias

    23 de maio de 2018

    Governo da Guiné-Bissau lança campanha de vacinação contra poliomielite

    O Ministério da Saúde da Guiné-Bissau lançou durante o mês de abril uma campanha de vacinação contra a poliomielite, que pretende ver erradicada do país até ao final deste ano. A campanha, que decorreu em simultâneo nos países da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), realizou-se durante parte do mês de abril, em todo o território nacional. "A campanha é organizada porta-a-porta e abrange crianças a partir dos zero meses", disse o Diretor-Geral da Prevenção e Promoção de Saúde, Agostinho N´Dumba, que pediu às pessoas para participarem.


    Notícias

    23 de maio de 2018

    Campanha Nacional para Comemoração do Dia Nacional do Uso Racional de Medicamentos

    Os danos causados por medicamentos, além de graves, custam R$ 60 bilhões ao ano para o Sistema Único de Saúde – SUS. A cada real investido no fornecimento de medicamentos, o governo gasta cinco reais para tratar as morbilidades relacionadas a medicamentos (MRMs). As mais onerosas são as causadas por reações adversas (39,3% dos gastos), pela não adesão ao tratamento (36,9%) e pelo uso de doses incorretas (16,9%). Metade dos casos poderia ser evitada com uma supervisão mais cuidadosa e efetiva dos tratamentos (UFRGS/2017). Atentos ao problema, os conselhos de Farmácia uniram-se numa campanha nacional de promoção da adesão às terapias medicamentosas e ao seu uso seguro e racional. A iniciativa enquadrou-se na comemoração do Dia Nacional do Uso Racional de Medicamentos, comemorado a 5 de maio.


    Notícias

    23 de maio de 2018

    Farmácias e laboratórios de análises clínicas vão realizar testes rápidos para o VIH, VHB e VHC

    As farmácias comunitárias e os laboratórios de análises clínicas vão começar a disponibilizar testes rápidos para rastreio de infeções pelo vírus da imunodeficiência humana (VIH), da hepatite B (VHB) e da hepatite C (VHC). O Despacho publicado no dia 12 de março em Diário da República autoriza a realização de testes rápidos para orientação diagnóstica nestas unidades de saúde, sem prescrição médica obrigatória, como medida de reforço e promoção do diagnóstico precoce. A Ordem dos Farmacêuticos (OF) defendeu o alargamento da medida à rede de cerca de seis mil farmácias, laboratórios e postos de colheita espalhados pelo país. A OF vai também assegurar a qualificação dos farmacêuticos para a prestação deste serviço.


    Notícias

    23 de maio de 2018

    Controlo da celulite necrotizante em São Tomé e Príncipe

    A Fundação Calouste Gulbenkian está a coordenar um projeto para o controlo da celulite necrotizante em São Tomé e Príncipe. Este projeto pretende identificar a causa do surgimento anormal desta infeção dos tecidos moles (geralmente nos membros inferiores), originada por agentes microbianos e que pode provocar lesões irreversíveis e debilitantes se não for rapidamente diagnosticada e tratada.


    Notícias

    23 de maio de 2018

    1º Congresso dos Farmacêuticos de Moçambique

    O 1º Congresso dos Farmacêuticos de Moçambique foi criado a pensar nos farmacêuticos Moçambicanos e visa fornecer uma oportunidade para o desenvolvimento profissional e networking. Terá lugar no dia 2 de novembro, no Montebelo Indy Maputo Congress Hotel.


    Notícias

    22 de maio de 2018

    Dr. Boaventura Moura reeleito Bastonário da Ordem dos Farmacêuticos de Angola e Presidente do Conselho Nacional

    No passado dia 29 de março de 2018, os farmacêuticos angolanos estiveram reunidos em Assembleia Geral, no Instituto Superior de Ciências da Saúde de Angola, em Luanda. Esta reunião formal dos farmacêuticos de Angola teve como ponto alto a eleição dos Órgãos Sociais da Ordem dos Farmacêuticos de Angola para o próximo mandato, no período 2018-2021. Para o cargo de Bastonário e Presidente do Conselho Nacional, os farmacêuticos angolanos elegeram Boaventura Moura, que mantém o cargo ocupado até então.


    Notícias

    22 de maio de 2018

    Portaria define novos serviços farmacêuticos em farmácia comunitária

    Foi publicada em Diário da República a Portaria n.º 97/2018, que define os serviços farmacêuticos e outros serviços de promoção da saúde e bem-estar dos utentes que podem ser prestados nas farmácias comunitárias em Portugal. O Ministério da Saúde publicou a primeira alteração à Portaria n. º 1429/2007, que definiu, pela primeira vez, o conjunto de serviços que as farmácias podem prestar aos seus utentes. A tutela justifica a presente alteração com a evolução do setor das farmácias nestes últimos dez anos, procurando agora englobar novos serviços de promoção da saúde.

    Com o presente diploma, as farmácias vêm alargado o leque de serviços que podem disponibilizar aos utentes. Por um lado, mantêm-se os serviços de apoio domiciliário, administração primeiros socorros, administração de medicamentos, utilização de meios auxiliares de diagnóstico e terapêutica, administração de vacinas não incluídas no Plano Nacional de Vacinação e programas de cuidados farmacêuticos. A estes serviços, juntam-se agora as consultas de nutrição, programas de adesão à terapêutica, de reconciliação da terapêutica e de preparação individualizada de medicamentos, assim como programas de educação sobre a utilização de dispositivos médicos.


    Notícias

    22 de maio de 2018

    Conselho Federal de Farmácia define regras para atuação do farmacêutico na imunização

    O Plenário do Conselho Federal de Farmácia (CFF) aprovou no dia 22 de fevereiro uma resolução com regras para a atuação do farmacêutico na prestação do serviço de vacinação. A regulamentação estabelece critérios que os conselhos deverão seguir para autorizar a atuação dos farmacêuticos na vacinação, considerando as publicações da Lei nº 13.021/14, que autoriza a vacinação em farmácias, e da RDC Anvisa nº 197/2017, que define os requisitos para funcionamento de serviços de vacinação humana no país.


    Notícias

    21 de maio de 2018

    Ordem dos Farmacêuticos de Cabo Verde promove campanha nacional de saúde nas Farmácias Comunitárias

    No dia 7 de abril, comemorou-se o Dia Mundial da Saúde, tendo a data sido instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS) com o intuito de consciencializar as pessoas sobre a importância da preservação da saúde para uma melhor qualidade de vida.

    Com o slogan "Saúde para Todos”, em 2018, a OFCV organizou uma campanha mundial para a celebração deste dia, tendo como tema "Cobertura de saúde universal: todos, em todos os lugares” e pretendeu destacar a importância da cobertura de saúde para o bem-estar das pessoas e das nações, assim como para a garantia de que todos, em qualquer lugar, possam aceder a serviços essenciais de saúde de qualidade sem enfrentar dificuldades financeiras.


    Notícias

    28 de abril de 2017

    Publicados novos regulamentos da Ordem dos Farmacêuticos de Portugal

    Foram publicados a 12 de abril, em Diário da República, quatro regulamentos da Ordem dos Farmacêuticos que entraram em vigor no dia seguinte: Regulamento Disciplinar, Regulamento de Admissão, Regulamento de Quotas e Taxas e Regulamento do Prémio de Investigação Científica Professora Doutora Maria Odette Santos-Ferreira.


    Notícias

    28 de abril de 2017

    Conheça a resolução da AFPLP e a checklist de inspeção visual

    A falsificação de medicamentos, foi um dos pontos da agenda da última assembleia geral da AFPLP. Nesta reunião foi aprovada uma resolução em que a associação define sua política de atuação na área e expressa o seu apoio e colaboração com as iniciativas internacionais de combate ao problema, entre as quais, as campanhas da Federação Farmacêutica Internacional (FIP). Além da resolução a AFPLP disponibiliza também uma ferramenta para inspeção visual de medicamentos, por meio do qual os farmacêuticos poderão colaborar na identificação dos produtos falsificados.


    Notícias

    28 de abril de 2017

    Ordem dos Farmacêuticos analisa testes à vitamina D

    Em apenas dois anos, a despesa do Serviço Nacional de Saúde com vitamina D aumentou 600%. Um cenário que acontece depois de publicitado um estudo que dá como certo que a maioria dos portugueses têm falta de vitamina. No entanto, um outro estudo feito com as mesmas pessoas e com kits diferentes dá outros resultados.
    A Ordem dos Farmacêuticos está a analisar a forma como são feitos os testes à vitamina D.


    Notícias

    28 de abril de 2017

    Acordo: Enfermeiros prestam serviços nas farmácias

    A Ordem dos Enfermeiros (OE) e a Associação Nacional das Farmácias (ANF) assinaram um memorando de cooperação com o objectivo de implementar cuidados de enfermagem na rede nacional das farmácias.


    Notícias

    28 de abril de 2017

    Malária é problema de saúde pública em Moçambique e Angola

    Moçambique e Angola estão entre os oito países com mais mortes por malária no mundo, representando, juntos, 7 por cento das vítimas, de acordo com o relatório anual da Organização Mundial da Saúde divulgado em Dezembro de 2016.


    Notícias

    28 de abril de 2017

    CFF abre encontro sobre logística reversa e descarte de medicamentos

    Foi aberto, em Brasília, pelo Conselho Federal de Farmácia (CFF), o Encontro Interinstitucional sobre a Logística Reversa de Resíduos de Medicamentos no Brasil. O evento, que reuniu representantes de órgãos governamentais e de entidades profissionais e da sociedade civil organizada, foi coordenado pelo do Grupo de Trabalho (GT) sobre Descarte de Medicamentos e Logística Reversa do CFF. O objetivo foi debater e apontar soluções ao problema do descarte inadequado de medicamentos no país.


    Notícias

    28 de abril de 2017

    Cidade da Praia acolhe o “I Encontro Luso-Cabo-Verdiano do Sector Farmacêutico”

    No dia 4 de abril de 2017, a cidade da Praia acolheu o I Encontro Luso-Cabo-verdiano do Setor Farmacêutico, sob o lema “Reflexões sobre a Profissão Farmacêutica ao Serviço da Saúde Pública”. O evento foi realizado no âmbito da visita oficial da Ordem dos Farmacêuticos de Portugal (OFP) ao sector farmacêutico de Cabo Verde que decorreu nos dois dias antecedentes.


    Notícias

    28 de abril de 2017

    Medicação segura: CFF adere ao desafio global da OMS para 2017

    No dia 5 de maio é comemorado o Dia Nacional pelo Uso Racional de Medicamentos. Para lembrar a data, o Conselho Federal de Farmácia (CFF), em parceria com os conselhos regionais dos 26 estados e do Distrito Federal, adere ao Desafio Global lançado no dia 29 de março pela Organização Mundial da Saúde (OMS). As entidades conclamam os farmacêuticos e demais profissionais da saúde de todo o país a trabalhar pela meta de reduzir em 50% os danos graves e evitáveis associados a medicamentos, nos próximos 5 anos.


    Notícias

    26 de julho de 2016

    Farmacêuticos de moçambique elegem novos corpos sociais
    Lucien Pierre eleito novo presidente da AFARMO

    No passado dia 18 de Julho de 2016, os farmacêuticos moçambicanos elegeram, por voto direto e secreto, os novos órgãos sociais da AFARMO – Associação de Farmacêuticos de Moçambique, com urnas em Maputo e em todas as províncias do país. Apresentou-se a sufrágio uma lista única, sob o lema “Unidos pela classe que queremos”, liderada por Lucien Pierre Nkunda Lukusa, farmacêutico formado no ISCTEM e a trabalhar na área da indústria farmacêutica.


    Notícias

    28 de junho de 2016

    3ª Semana da Farmácia Angolana – OFA

    Realizar-se-á entre os dia 19 e 23 de Setembro a 3ª Semana da Farmácia Angolana.


    Notícias

    3 de julho de 2015

    2ª Semana da Farmácia Angolana

    14 a 21 de Setembro de 2015
    Centro de Convenções de Talatona · Luanda


    Notícias

    6 de fevereiro de 2015

    Cabo Verde aprova lei que cria Ordem dos Farmacêuticos

    Foi dado mais um passo importante na edificação da futura Ordem dos Farmacêuticos (OF) de Cabo Verde. No dia 28 de Janeiro, a Assembleia da República cabo-verdiana aprovou na generalidade, por unanimidade, a proposta de lei que cria a Ordem e estabelece o Código Deontológico dos farmacêuticos.