Newsletter da AFPLP
Se não conseguir ler este email, carregue aqui para abrir no seu browser.
Text
25 de setembro de 2021
Text

Notícias da AFPLP

Text
Farmácia em Português

AFPLP adia XIV Congresso Mundial dos Farmacêuticos de Língua Portuguesa

A Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa (AFPLP) decidiu adiar a realização do XIV Congresso Mundial dos Farmacêuticos de Língua Portuguesa, que estava agendado para o dia 7 de maio, no Centro de Congressos de Lisboa, a par do Congresso Nacional dos Farmacêuticos 2020.

Seguindo as recomendações das autoridades de saúde, justifica-se então alguma precaução na realização e participação em encontros e reuniões com intenso aglomerado de pessoas, como medida para contenção do risco de contágio pelo Covid-19.
Neste contexto, a Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa (AFPLP) considera prudente o adiamento do seu Congresso Mundial para novas datas, a anunciar em breve, tendo em conta a evolução epidemiológica da situação.
Text
Farmácia em Português

AFPLP divulga informações para farmacêuticos sobre o coronavírus SARS-CoV-2

No âmbito da pandemia de COVID-19 (doença provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2), a Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa disponibiliza recursos e informações relacionadas com este grave problema de saúde pública.

Os recursos, disponíveis em língua portuguesa e inglesa, são disponibilizados pela Federação Internacional Farmacêutica, a Ordem dos Farmacêuticos de Portugal e outras autoridades com responsabilidade na área da saúde pública, da farmácia e do medicamento.



Para aceder aos conteúdos, clique aqui
Text
Portugal e Brasil dinstinguidos com prémios mundiais

Países da Lusofonia premiados pela Federação Internacional Farmacêutica (FIP)

A Federação Internacional Farmacêutica (FIP), atribui todos os anos, por ocasião do seu congresso mundial, duas distinções às associações membros que se destacam no campo da promoção da saúde pública e do desenvolvimento e avanço da prática profissional.

Na Cerimónia de Abertura do 79° Congresso Mundial de Farmácia e das Ciências Farmacêuticas da FIP, o Presidente, Dominique Jordan, anunciou que o Prémio de Avanço na Prática Profissional (FIP Pharmacy Practice Improvement Award) do ano de 2019 foi atribuído ao projeto Abem, da Associação Nacional das Farmácias, dinamizado pela associação Dignitude, de Portugal. Já o Prémio de Promoção da Saúde (FIP Health Promotion Award), foi atribuído ao Conselho Federal de Farmácia do Brasil, com o projeto “Farmacêuticos em Ação no Bem Estar Global”.

A AFPLP felicita as duas associações que foram distinguidas a nível mundial, pelo avanço da prática profissional e a promoção da saúde pública. Esta é a primeira vez que países lusófonos recebem ambos os prémios que a FIP atribui às suas associações membro. Destaque-se que o último prémio atribuído a uma associação-membro pertencente à Lusofonia se deu em 2016, com a campanha de saúde pública “Uso do Medicamento – Somos Todos Responsáveis”, da Ordem dos Farmacêuticos de Portugal.


O 79° Congresso Mundial da Federação Internacional Farmacêutica decorre de 22 a 26 de Setembro, em Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos, em que participam 61 farmacêuticos de língua portuguesa, num total de 2.652 participantes de 115 países.


Text
Farmácia em Português

Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa elege Helder Mota Filipe para Presidente

A Assembleia Geral da Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa (AFPLP), reunida no Porto, Portugal, no dia 30 de outubro, elegeu o farmacêutico Português Helder Mota Filipe para Presidente da AFPLP no Biénio 2019-2021.

Helder Mota Filipe é atualmente Professor Associado da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa, e Presidente do Conselho para a Cooperação da Ordem dos Farmacêuticos de Portugal.

Licenciado em Ciências Farmacêuticas pela Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa em 1990, Helder Mota Filipe completou em 1996 o seu Doutoramento em Farmacologia, pela Universidade de Lisboa.

É atualmente Membro da Comissão de Ética para a Investigação Clínica (CEIC), Membro da Comissão de Avaliação de Tecnologias de Saúde (CATS) e Membro da Comissão de Avaliação de Medicamentos (CAM).

É Especialista em Assuntos Regulamentares pela Ordem dos Farmacêuticos, e Perito da Agência Europeia do Medicamento (EMA). Foi Presidente do INFARMED I.P. entre 2015 e 2016, Vice-Presidente entre 2005 e 2015, cumprindo mais de 12 anos no Conselho Diretivo da Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, I. P.

É responsável pela orientação de sete teses de doutoramento e mais de uma dezena de teses de mestrado, e autor de mais de uma centena de publicações em revistas científicas internacionais com arbitragem científica nas áreas da farmacologia, da medicina experimental, da utilização de medicamentos e da ciência regulamentar.
Text
Farmácia em Português

AFPLP aprova resolução sobre Os Farmacêuticos na Sustentabilidade dos Sistemas de Saúde

É com enorme orgulho que foi aprovada ontem, dia 30 de Outubro de 2019, na cidade do Porto, em Portugal, na Assembleia Geral da AFPLP, com aclamação, a resolução: “Os Farmacêuticos na Sustentabilidade dos Sistemas de Saúde”, que detalha e realça a importância de incentivar os Farmacêuticos a participar nas Políticas de Saúde, para que em colaboração com outros profissionais e autoridades, possam agir de forma a informar, aconselhar e educar a população a promover a saúde e a prevenir as doenças.

Este documento eleva a relevância de convergir esforços que visem uma educação de alta qualidade e a aprendizagem ao longo da vida para que todos os profissionais das Ciências Farmacêuticas tenham habilitações que atendam às necessidades de saúde das populações e possam trabalhar com todo o seu potencial. O valor em fomentar as competências dos Farmacêuticos em todas as suas vertentes e acelerar o avanço da cobertura universal de saúde, é também um dos temas que é abordado.

É apanágio da AFPLP promover a cooperação entre países e organizações profissionais com vista a investir na expansão e transformação de profissionais na área da saúde e, através de campanhas, tomadas de posição, promoção de políticas que realcem a importância da actividade dos Farmacêuticos.

Text
Farmácia em Português

Livro comemorativo dos 25 anos da AFPLP

 A AFPLP editou a obra «25 Anos a Abrir Caminhos», o livro comemorativo do aniversário da Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa (AFPLP). Este livro foi lançado a 30 de outubro, pelas 20h, no Museu da Farmácia do Porto, por ocasião da Assembleia Geral da AFPLP.

A obra, coordenada pelo jornalista Paulo Martins, conta com prefácio do antigo ministro dos Negócios Estrangeiros Luís Amado e nota introdutória de Maria da Luz Leite, primeira bastonária da Ordem dos Farmacêuticos de Cabo Verde, que presidiu à AFPLP no mandato 2017-2019.

O livro reúne ainda os documentos aprovados pela organização desde 1993 e um conjunto de dados estatísticos que ajudam a compreender o impacto da actividade da AFPLP nos países que nela estão representados – Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe.​

Aceda abaixo aos capítulos to Livro Comemorativo "25 anos a abrir caminhos".

Text

Notícias dos Membros

Text
Farmácia em Português

Projeto BERC-Luso organiza formação sobre investigação biomédica e ensaios clínicos em Cabo Verde

O projecto BERC-Luso (Biomedical Ethics and Regulatory Capacity Building Partnership for Portuguese-Speaking African Countries) organizou, de 17 a 22 de fevereiro, no Hotel Oásis Atlântico Praiamar, na Cidade da Praia, em Cabo Verde, a formação “Investigação Biomédica e Ensaios Clínicos: capacitação regulamentar e ética”.

Dirigida a profissionais com responsabilidades regulamentares nas áreas da investigação clínica e bioética, a ação de formação registou a participação de 25 de profissionais (formandos oficiais do projeto) de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e S. Tomé e Príncipe, aos quais se associaram cerca de dez profissionais de Cabo Verde. A iniciativa está integrada no segundo de cinco Programas de Acção do Projecto BERC-Luso – intitulado "Educativo” –, que tem como objetivo a capacitação formal dos formandos de cada país nas áreas da revisão regulamentar e apreciação ética de ensaios clínicos.

Organizado em parceria com duas instituições cabo-verdianas: a Entidade Reguladora Independente da Saúde e o Comité Nacional de Ética em Pesquisa em Saúde, o evento contou também com a participação de especialistas portugueses na área de revisão ética e regulamentar (Cátedra UNESCO de Bioética da Universidade Católica do Porto, Comissão de Ética para a Investigação Clínica, INFARMED e Ordem dos Farmacêuticos) e de representantes da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), que apresentaram o trabalho que as suas organizações desenvolvem no âmbito da revisão ética e apoio regulamentar para o desenvolvimento de ensaios clínicos.

Os formandos também apresentaram um relatório sobre a investigação clínica nos respetivos países, mencionando os principais instrumentos ético-jurídico, disposições legais, entidades envolvidas e o seu funcionamento. Este trabalho forneceu visão geral sobre investigação biomédica nos cinco países parceiros do projeto BERC-Luso.

No encerramento do evento, o ministro da Saúde e Segurança Social de Cabo Verde, Arlindo Nascimento do Rosário, assumiu o compromisso de promover o desenvolvimento da investigação clínica no país, através de legislação robusta e capacitação das instituições e profissionais.

A OMS e UNESCO entregaram também aos formandos alguns documentos de apoio ao desenvolvimento, implementação e capacitação das comissões nacionais de bioética e de reforço regulamentar. Por sua vez, os formados comprometeram-se com um plano de ação nacional e individual, para implementação de ações concretas analisadas no âmbito desta ação de formação, com o objetivo de robustecer a investigação científica nos seus países.

O projeto BERC-Luso cumpre agora a primeira metade do tempo previsto para a sua duração. Os próximos passos passam pela implementação das ações a nível individual e institucional nos vários países, como resultado da ação de formação. Em setembro, estes mesmos formandos vão realizar um estágio em Portugal, no Infarmed e na Comissão de Ética para a Investigação Clínica, para que possam observar na prática diária a implementação das boas práticas internacionais.

O primeiro Programa de Acção, decorrido entre 2018 e 2019, desenvolveu um estudo comparado da legislação dos países parceiros com as melhores práticas internacionais em matéria de investigação biomédica, no sentido de vir a robustecer a legislação vigente e assim permitir que a investigação clínica decorra em benefício das populações, protegendo os participantes nos ensaios clínicos, contribuindo também para o desenvolvimento científico e económico dos países parceiros.
Visite a página eletrónica do projeto BERC-Luso para mais informações, disponível em www.berc-luso.com.
Rua Marechal Saldanha, 1
1249-069 Lisboa
Portugal
Text
Tel: + 351 213 400 635
E-mail: geral@afplp.org
Text