História

História


A AFPLP foi constituída em Junho de 1993, adoptando na altura a designação de Associação Internacional de Farmacêuticos de Língua Oficial Portuguesa.

Em Novembro de 1996, por ocasião do III Congresso Mundial de Farmacêuticos de Língua Portuguesa, foi aprovada em Assembleia Geral a alteração de estatutos que consagram, para além da alteração da sua denominação, a vontade de dotar a associação de maior operacionalidade e salvaguardar os interesses de todos os países-membros.


As suas actividades têm vindo a alicerçar-se em quatro pilares fundamentais:

1. o envolvimento do farmacêutico no sistema de saúde, enquanto profissional de saúde determinante para o seu desenvolvimento;

2. a formação de associações de classe nos países de língua portuguesa, por forma a constituírem-se como interlocutores legítimos no diálogo com as autoridades de saúde;

3. o desenvolvimento de acções que visem o fortalecimento dos laços de amizade entre os farmacêuticos dos países de língua portuguesa;

4. o desenvolvimento de acções de formação farmacêutica pré e pós-graduada, com o objectivo de, por um lado, dotar cada um dos países de um número de farmacêuticos mais adequado às necessidades e, por outro, contribuir para a actualização de conhecimentos dos actuais profissionais.



Como melhorar a comunicação com os farmacêuticos lusófonos?